As Dimensões do Desenvolvimento Sustentável e suas implicações na Educação Ambiental no Ensino Médio Integrado à Educação Profissional

  • Janiele de Brito de Souza Universidade Federal do Cariri
  • Marcelo Martins de Moura-Fé Universidade Regional do Cariri
  • Marcus Vinícius de Oliveira Brasil Universidade Federal do Cariri
  • Jeniffer de Nadae Universidade Federal do Cariri
  • Mônica Virna de Aguiar Pinheiro Universidade Regional do Cariri
Palavras-chave: Sustentabilidade, Política Nacional de Educação Ambiental, Ensino Básico, Educação Profissional Técnica, Mercado de Trabalho

Resumo

Este estudo tem como objetivo analisar as dimensões do Desenvolvimento Sustentável (DS) e suas implicações nas atividades teóricas e práticas de Educação Ambiental (EA) no ensino médio integrado à educação profissional. Metodologicamente, adotou-se uma abordagem qualitativa e objetivos exploratório-descritivos e uma revisão de literatura e documental acerca da institucionalização da EA no Brasil. Verificou-se que as dimensões da sustentabilidade são constituintes do conceito de desenvolvimento; que a legislação nacional reconhece o papel da EA para o DS brasileiro; e que, por isso, as dimensões do DS (social, cultural, ambiental, territorial, econômica e política) perpassam o campo de atuação da EA nessas instituições de ensino.

Biografia do Autor

Janiele de Brito de Souza, Universidade Federal do Cariri

Economista (URCA). Mestranda - PRODER/UFCA. Professora Substituta do Curso de Administração (UFCA). E-mail: janiele.brito@gmail.com

Marcelo Martins de Moura-Fé, Universidade Regional do Cariri

Geógrafo. Doutor em Geografia (PPGG-UFC). Professor do Departamento de Geociências da Universidade Regional do Cariri (DEGEO-URCA). Docente do Proder (UFCA). E-mail: marcelo.mourafe@urca.br   

Marcus Vinícius de Oliveira Brasil, Universidade Federal do Cariri

Doutor em Administração de Empresas. Professor do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional Sustentável (PRODER) da Universidade Federal do Cariri (UFCA). E-mail: marcus.brasil@ufca.edu.br

Jeniffer de Nadae, Universidade Federal do Cariri

Administradora. Doutora em Engenharia de Produção (POLI-USP). Professora do Centro de Ciências Sociais Aplicadas e PRODER (UFCA). E-mail: jeniffer.nadae@ufca.edu.br

Mônica Virna de Aguiar Pinheiro, Universidade Regional do Cariri

Geógrafa. Doutora em Ciências Marinhas Tropicais pela Universidade Federal do Ceará (Labomar/UFC, 2015). Professora Substituta - DEGEO/URCA. Vice coordenadora do NIGEP (URCA/CNPq). E-mail: monivirna@yahoo.com.br 

Referências

AMARO, R.R. Desenvolvimento – um conceito ultrapassado ou em renovação? Da teoria à prática e da prática à teoria. Lisboa. I.S.C.T.E, 2004.

BOFF, L. Saber cuidar: ética do humano – compaixão pela terra. 15 ed. Rio de Janeiro: Vozes, 1999.

BOFF, L. Sustentabilidade: o que é – o que não é. Petrópolis, RJ: Vozes, 2017.

BRASIL. [(Constituição Federal, 1988)]. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília, DF: Presidência da República, [2016].

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Plano Nacional de Educação: PNE 2014-2024. Brasília, 2014.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Censo da Educação Básica 2019: Resumo Técnico. Brasília, 2020.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Dispõe sobre as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. [1996].

BRASIL. Lei nº 9.795, de 27 de abril de 1999. Política Nacional de Educação Ambiental. [1999].

BRASIL. Ministério da Educação. Educação Ambiental: aprendizes de sustentabilidade. CADERNOS SECAD 1. Brasília – DF, mar. de 2007.

BRASIL. Programa Nacional de Educação Ambiental (ProNEA). Educação Ambiental: por um Brasil sustentável. 5 ed. Brasília, 2018.

BRASIL. Resolução nº 2, de 15 de junho de 2012. Dispõe sobre as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Ambiental. [2012a].

BRASIL. Resolução nº 6, de 20 de setembro de 2012. Dispõe sobre as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Profissional Técnica de Nível Médio. [2012b].

CIAVATTA, M.; RAMOS, M. Ensino Médio e Educação Profissional no Brasil: Dualidade e fragmentação. Revista Retratos da Escola. Brasília. v. 5, n. 8: p. 27-41, jan/jun. 2011. Disponível em: http://retratosdaescola.emnuvens.com.br/rde/article/viewFile/45/42. Acesso em: 12 dez. 2019.

FRIGOTTO, G. et al. Concepção e experiências de ensino Integrado. In: BRASIL. Ensino Médio Integrado à Educação Profissional. Boletim 07, 2006.

GADOTTI, M. Pedagogia da Terra e Cultura de Sustentabilidade. Revista Lusófona de Educação, ano 6, p. 15-29, 2005.

GIL, A.C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GOLDENBERG, M. A arte de pesquisar: como fazer pesquisa qualitativa em ciências sociais. 8 ed. Rio de Janeiro: Record, 2004.

JACOBI, P. Educação Ambiental, cidadania e sustentabilidade. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 118, p. 189-205, março/ 2003. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cp/n118/16834.pdf. Acesso em: 10 jan. 2020.

MARANHÃO, R. A Política de EA que Temos e Queremos. In: GUERRA, A.F.S.; FIGUEIREDO, M.L. (Org). Diálogos de Saberes e Fazeres: uma releitura dos 25 anos da trajetória da Educação Ambiental brasileira. São José, ICEP: 2017. Disponível em: http://www.icepsc.com.br/aeditora/ebook/livro09/livro09.pdf. Acesso em: 30 jan. 2020.

OLIVEIRA, G.B.; LIMA, J.E.S. Elementos endógenos do desenvolvimento regional: considerações sobre o papel da sociedade local no processo de desenvolvimento sustentável. Revista FAE, Curitiba, v. 6, n. 2, p. 29-37, maio/dez. 2003.

RAMOS, M. Concepção do ensino médio integrado. Rio Grande do Norte, 2008. Disponível em: https://tecnicadmiwj.files.wordpress.com/2008/09/texto-concepcao-do-ensino-medio-integrado-marise-ramos1.pdf. Acesso em 07 jul. 2019.

RODRIGUES, G.S. et al. O estado da arte das práticas didático-pedagógicas em Educação Ambiental (período de 2010 a 2017) na Revista Brasileira de Educação Ambiental. Revbea, São Paulo, v. 14, n. 1: 09-28, 2019.

ROSSI, P.; MELLO, G. Choque recessivo e a maior crise da história: a economia brasileira em marcha à ré. Nota do Cecon, Centro de Estudos de Conjuntura e Política Econômica - IE/UNICAMP, n. 1, Abril/2017. Disponível em: https://www.eco.unicamp.br/images/arquivos/NotaCecon1_Choque_recessivo_2.pdf> Acesso em: 30 fev. 2020.

SÁ, M.A.; OLIVEIRA, M.A.; NOVAES, A.S.R. A importância da Educação Ambiental para o ensino médio. Revbea, São Paulo, v. 10, n. 3, p. 60-68, 2015.

SACHS, I. Caminhos para o desenvolvimento sustentável. Rio de Janeiro: Garamond, 2002.

SACHS, I. Desenvolvimento: includente, sustentável, sustentado. Rio de Janeiro: Garamond, 2008.

SEN, A. Desenvolvimento como liberdade. Tradução Laura Teixeira Motta. Revisão técnica Ricardo Doninelli Mendes. São Paulo. Companhia das letras, 2000.

SORRENTINO, M. Educação Ambiental: práticas e saberes na perspectiva contra hegemônica. In: GUERRA, A.F.S.; FIGUEIREDO, M.L. (Org). Diálogos de Saberes e Fazeres: uma releitura dos 25 anos da trajetória da Educação Ambiental brasileira. São José, ICEP: 2017. Disponível em: http://www.icepsc.com.br/aeditora/ebook/livro09/livro09.pdf. Acesso em: 30 jan. 2020.

SOUZA, M.C.S.; ARMADA, C.A.S. Desenvolvimento sustentável e sustentabilidade: evolução epistemológica na necessária diferenciação entre os conceitos. Revista de Direito e Sustentabilidade, Maranhão, v. 3, n. 2, p. 17 – 35, jul/dez. 2017.

TRAJBER, R. Educação Ambiental, mudanças climáticas e prevenção de desastres: por políticas públicas emergentes e emergenciais. In: GUERRA, A.F.S.; FIGUEIREDO, M.L. (Org). Diálogos de Saberes e Fazeres: uma releitura dos 25 anos da trajetória da Educação Ambiental brasileira. São José, ICEP: 2017. Disponível em: http://www.icepsc.com.br/aeditora/ebook/livro09/livro09.pdf. Acesso em: 30 jan. 2020.

VASCONCELLOS, M.A.S.; GARCIA, M.E. Fundamentos de Economia. 3 ed. Saraiva. São Paulo, 2008.

VEIGA, J.E.; ZATS, L. Desenvolvimento Sustentável: que bicho é esse? Campinas, SP. Autores Associados, 2008.

Publicado
2020-08-21
Como Citar
Souza, J. de B. de, Moura-Fé, M. M. de, Brasil, M. V. de O., Nadae, J. de, & Pinheiro, M. V. de A. (2020). As Dimensões do Desenvolvimento Sustentável e suas implicações na Educação Ambiental no Ensino Médio Integrado à Educação Profissional. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 15(5), 89-108. https://doi.org/10.34024/revbea.2020.v15.10553
Seção
Artigos