Uma possibilidade para prática do Ecoturismo: um breve diagnóstico na Comunidade dos Pilões em Miracema (TO)

  • João Paulo Carneiro dos Reis Universidade Federal do Tocantins, Porto Nacional, TO
  • Rosane Balsan Universidade Federal do Tocantins, Porto Nacional, TO
  • Sandra de Oliveira Gomes Pereira Universidade Federal do Tocantins, Porto Nacional, TO
Palavras-chave: Ecoturismo, Expedição, Atrativo Turístico

Resumo

O presente artigo tem o objetivo diagnosticar a possibilidade da prática do ecoturismo na comunidade rural dos Pilões em Miracema- TO. A pesquisa inicialmente bibliográfica e empírica e ação participante. No qual, no primeiro momento discute a importância do ecoturismo e do turismo a maneira como devem pensar de maneira planejada. No segundo instante é apresentado o resultado da experiência de uma visitação a Serra do Bandeira na comunidade dos Pilões, na ocasião, um grupo formado por 11 pessoas, dentre elas, moradores e professores e representante do Ruraltins, se organizaram e resolveram fazer uma trilha de 05 quilômetros neste local em 09 de julho de 2017. Com objetivo o diagnosticar potencial turístico naturais da região, resultado inicial desta ação foi á produção de uma matéria jornalística também foi destacada nela as dificuldades encontradas na região o resultado foi produção uma matéria jornalística já divulgada.  E o segundo, em andamento fundação de uma associação na comunidade em outubro de 2017 almejando poder cobrar coletivamente e lutar por melhoria e a busca de recursos para esta comunidade de forma coletiva.

Referências

BACCHI, R.; QUEIROZ; O.T.M.M.; NEIMAN, Z. A Educação Ambiental no Ecoturismo e no Turismo de Aventura: estudo de caso do Parque Estadual da Serra do Mar, Núcleo Santa Virgínia (SP). Revista Brasileira de Ecoturismo, São Paulo, v.10, n. 2, maio/jul. 2017, p. 498-524.

BARRETO, M.V. Planejamento e organização em turismo. Campinas: Papirus,1991.

BENFÍRE, P.W.; CASTRO, C.T.; SILVA, M.V.; GALVÃO, P.L.; COSTA, S.P. Planejamento turístico: aspectos teóricos e conceituais e suas relações com o conceito de turismo, Revista Turismo Contemporâneo, v.4, 15 abr, 2016.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Diretoria de Educação Ambiental; Ministério da Educação. Coordenação Geral de Educação Ambiental. Programa Nacional de Educação Ambiental - ProNEA. 3. ed. Brasília, DF: Edições MMA, 2005. 102 p.

BENI, M.C. Política e estratégia do desenvolvimento regional: planejamento integrado e sustentável do turismo. Turismo em Análise, São Paulo, n. 1, mai. p.7-17, 1999.

BUENO, F.P.; PIRES, P.S. Ecoturismo e educação ambiental: possibilidades e potencialidades de conservação da natureza. Seminário De Pesquisa Em Turismo Do Mercosul 4., 2006, Caxias do Sul, RS. Anais... Caxias do Sul: Universidade de Caxias do Sul, 2006. Disponível em: https://www.ucs.br/ucs/tplSemMenus /eventos/seminarios_semintur/semin_tur_4/arquivos_4_seminario/GT08-5.pdf. Acesso em 04.Nov.2019.

FONSECA, J.J.S. Metodologia da Pesquisa Cientifica, UECE, 2002 127p.Disponível: em: <http://www.ia.ufrrj.br/ppgea/conteudo/conteudo-2012-1/1SF/Sandra/apostila Metodologia.pdf>. Acesso em 27 jun.2019.

MIRANDA, Rafael, Pinturas rupestres em Miracema-TO: um tesouro ainda pouco explorado. Disponível em: <http://www.primeirapagina.to/noticias/pinturas-rupestres-em-miracema-um-tesouro-ainda-pouco-explorado/>.Acesso em 27 jun.2019.

PIRES, P.S. A dimensão conceitual do ecoturismo. Turismo: visão e ação. Itajaí, v. 1, n. 1, p.75-92, jan./jun.1998.

RUSCHMANN, D.V.M. Planejamento Turístico. In ANSARAH, M.G.R. (org.). Turismo. Como aprender, como ensinar. São Paulo: Senac. v.2, 4. ed. 2001.

RABELO, D.L. O Ecoturismo como experiência e prática de liberdade. Revista Brasileira de Ecoturismo, São Paulo, v. 3, n. 1, jan. p.11-22, 2010.

THIOLENT, M. Metodologia da pesquisa-ação: São Paulo: Cortez, 13.ed 2004. 107p.

Publicado
2020-02-03
Como Citar
Reis, J. P. C. dos, Balsan, R., & Pereira, S. de O. G. (2020). Uma possibilidade para prática do Ecoturismo: um breve diagnóstico na Comunidade dos Pilões em Miracema (TO). Revista Brasileira De Ecoturismo (RBEcotur), 13(1). https://doi.org/10.34024/rbecotur.2020.v13.6789