Turismo de Base Comunitária na Amazônia Legal brasileira: organização da atividade ou estratégia de marketing?

  • Abel Pojo Oliveira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará, Bragança, PA
  • Bárbara Pereira Carmona dos Santos Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará, Conceição do Araguaia, PA
Palavras-chave: Turismo de Base Comunitária, Marketing, Amazônia Legal

Resumo

O Turismo de Base Comunitária (TBC) vem sendo debatido como uma potencial boa maneira de desenvolvimento da atividade, sendo uma das frentes de contraposição ao chamado turismo de massa. Diante disso, este estudo busca discutir o conceito do TBC e os desdobramentos de sua prática enquanto organização da atividade e estratégia de marketing. Para tanto, foi realizada revisão bibliográfica e pesquisa de gabinete sobre experiências de TBC na Amazônia Legal brasileira. Dentre os resultados, percebeu-se que o TBC é eminentemente uma forma de organização da atividade turística, onde predomina o protagonismo de comunidades no planejamento e desenvolvimento da atividade, com fins a geração de renda e melhoria de sua qualidade vida, em seu território. Identificaram-se ainda nove destinos na Amazônia Legal mencionados como experiências que usam esse tipo de organização. Além disso, três desses: Pousada Uacari (AM), Ecoturismo comunitário no Polo Tapajós (PA) e Pousada Aldeia dos Lagos (AM) trabalham a base comunitária na perspectiva de estratégia de marketing. Estes divulgam maior estrutura para atendimento de turistas, inclusive com pousadas comunitárias e material promocional bilíngue (português e inglês), bem como inserção em sites de internet (próprios e/ou de parceiros) e redes sociais.

Referências

BRASIL. IBGE. Amazônia Legal. Disponível em: . Acesso em: 22 ago. 2018a.

BRASIL. Ministério do Turismo. Glossário do turismo: compilação de termos publicados por Ministério do Turismo e Embratur nos últimos 15 anos. 1ªedição. Brasília: Ministério do Turismo, 2018b.

COBRA, Marcos. Administração de Marketing. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1992.

COSTA NOVO, C. B. M. Turismo Comunitário na Região Metropolitana de Manaus (AM): caracterização e análise crítica. 2011. 141f. Dissertação (Mestrado). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.

CRUZ, Rita de Cássia Ariza da. Introdução à Geografia do Turismo. 2ª Ed. São Paulo: Roca, 2003.

HOLANDA, Luciana Araújo. Empresarização do turismo de base comunitária. Caderno Virtual de Turismo. Rio de Janeiro, v. 16, n. 2, p. 249-262, ago. 2016.

IRVING, Marta de Azevedo. Reinventando a reflexão sobre turismo de base comunitária: inovar é possível? In: BARTHOLO, Roberto; SANSOLO, Davis Gruber; BURSZTYN, Ivan. Turismo de Base Comunitária: diversidade de olhares e experiências brasileiras. Rio de Janeiro: Letra e Imagem, 2009. P. 108-121.

KOTLER, Philip. Marketing. Edição compacta. Tradução: H. de Barros. São Paulo: Editora Atlas, 1980.

____________, Phillip. Marketing para o século XXI: Como criar, conquistar e dominar mercados / Tradução Bazán Tecnologia e lingüística. São Paulo: Futura,2000.305p

MALDONADO, Carlos. O turismo rural comunitário na América Latina: gênesis, características e políticas. In: BARTHOLO, Roberto; SANSOLO, Davis Gruber; BURSZTYN, Ivan. Turismo de Base Comunitária: diversidade de olhares e experiências brasileiras. Rio de Janeiro: Letra e Imagem, 2009. P. 25-44.

MONTEJANO, Jordi Montaner. Estrutura do Mercado turístico. 2º ed. São Paulo: Roca, 2001.

REDTURS. Red de Turismo Comunitario de America Latina. Disponível em: < http://www.redturs.org/>. Acesso em 22 jan 2019.

RIES, A.; TROUT, J. (1989): Posicionamento: a batalha por sua mente. 20a ed. São Paulo: Makron Books.

RUSCHMANN, Doris. Turismo e Planejamento Sustentável: a proteção do meio ambiente. Campinas, SP: Papirus, 1997.

SANSOLO, Davis Gruber; BURSZTYN, Ivan. Turismo de base comunitária: pontencialidade no espaço rural brasileiro. In: BARTHOLO, Roberto; SANSOLO, Davis Gruber; BURSZTYN, Ivan. Turismo de Base Comunitária: diversidade de olhares e experiências brasileiras. Rio de Janeiro: Letra e Imagem, 2009. P. 142-161.

SWARBROOKE, John. Turismo Sustentável: conceitos e impacto ambiental. São Paulo: Aleph, 2000.

UNWTO. World Tourism Organization. Glossary of tourism terms. Disponível em: < http://statistics.unwto.org/sites/all/files/docpdf/glossaryterms.pdf>. Acesso em: 29 jan 2019.
Publicado
2019-08-20
Como Citar
Oliveira, A. P., & Santos, B. P. C. dos. (2019). Turismo de Base Comunitária na Amazônia Legal brasileira: organização da atividade ou estratégia de marketing?. Revista Brasileira De Ecoturismo (RBEcotur), 12(4). https://doi.org/10.34024/rbecotur.2019.v12.6787