Influências da Terceira Regência da Espanha na Opinião pública

O financiamento ao Procurador General de la Nación y del Rey durante as Cortes de Cádis

Autores

  • Bruno Sobrinho Departamento de História. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Universidade de São Paulo. https://orcid.org/0000-0002-7067-7215

Palavras-chave:

Imprensa, Cortes de Cádis, Antiliberalismo, Liberalismo

Resumo

Durante o período da ocupação francesa na Espanha, diversas forças políticas buscaram ocupar o vazio de poder ocasionado pela captura do legítimo monarca, Fernando VII, por Napoleão Bonaparte. Projetos eram discutidos e apresentados em novos espaços, criados a partir da crise do Antigo Regime. Em consequência, grupos contrarrevolucionários também fizeram uso das novas ferramentas criadas pelos defensores da inovação política. A proposta do presente artigo é analisar como o embate entre a Terceira Regência da Espanha e as Cortes de Cádis influenciaram as publicações do periódico servil El Procurador General. Este periódico recebeu financiamento da Terceira Regência durante parte de suas publicações e a proposta desse texto é apontar as situações em que, possivelmente, esse vínculo esteve mais evidente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-03-13

Como Citar

Sobrinho, B. (2021). Influências da Terceira Regência da Espanha na Opinião pública: O financiamento ao Procurador General de la Nación y del Rey durante as Cortes de Cádis. Almanack, (27), 1–35. Recuperado de https://periodicos.unifesp.br/index.php/alm/article/view/9845

Edição

Seção

Artigos