Um canal para o rio São Francisco: debates e particularidades do projeto no século XIX

  • Gabriel Pereira de Oliveira Professor Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN); Doutorando PPGHIS-UFRJ.
Palavras-chave: Canal do São Francisco, Brasil Império, História Ambiental

Resumo

Tema de debates polêmicos nos últimos anos, a transposição do São Francisco não é de todo um projeto novo. Sobretudo em meados do século XIX, a chamada ideia de canalizar águas desse rio foi objeto de discussões intensas. Neste artigo, investigo as proposições de canais para o rio São Francisco ao longo do século XIX. Em tal período, o referido projeto relacionou-se de modo bastante peculiar com temas como os transportes e a seca. Contudo, tais assuntos estiveram muito distantes de ser resolvidos consensualmente, de modo que as propostas de canais se fizeram imersas em disputas acirradas fosse pelo percurso do canal, fosse com outros projetos. Por meio da análise de fontes como mapas e discursos parlamentares, este estudo compreende as referidas projeções hidráulicas em meio a conflitos pelo controle do São Francisco como via navegável ou em torno da questão das secas. Apesar de a obra – apresentada como símbolo de modernidade – não ter sido realizada na época, o conhecimento de suas discussões é fundamental para aprofundar as reflexões sobre as relações entre seres humanos e meio biofísico, bem como sobre disputas e arranjos políticos no Brasil oitocentista e mesmo sobre a transposição atual do São Francisco.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-10-12
Como Citar
Oliveira, G. P. de. (2020). Um canal para o rio São Francisco: debates e particularidades do projeto no século XIX. Almanack, 1(25), 1-31. Recuperado de https://periodicos.unifesp.br/index.php/alm/article/view/1397
Seção
Artigos