Independência e revolução: temas da política, da história e da cultura visual

  • Cecília Helena Salles Oliveira Universidade de São Paulo - USP
Palavras-chave: Independência; historiografia; revolução; cultura visual

Resumo

Visando colaborar com as questões sugeridas pelo Fórum “Às vésperas dos 200 anos da Independência do Brasil: o que e como discutir?”, este artigo procura abordar o tema central das discussões elegendo como eixo analítico as relações entre política, cultura e historiografia. Na primeira parte, recupera e desdobra argumentos em torno da compreensão da Independência como tema da política e como movimento revolucionário que pautou o pensamento e a ação dos protagonistas que vivenciaram a separação de Portugal e a formação do Império no século XIX. Na segunda parte, procura articular o debate político e historiográfico desenvolvido ao longo do século XIX e a emergência de representações e recriações visuais  do tema, bem como dos episódios e personagens a ele conectados. O objetivo primordial é o de lançar interrogações sobre escritas da História e narrativas visuais que ainda hoje povoam a fala de historiadores e o imaginário da sociedade brasileira, visando a descobrir seus fundamentos e as razões de sua força persuasiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-10-12
Como Citar
Oliveira, C. H. S. (2020). Independência e revolução: temas da política, da história e da cultura visual. Almanack, 1(25), 1-52. Recuperado de https://periodicos.unifesp.br/index.php/alm/article/view/10509
Seção
Fórum