Turismo Sustentável: reflexões, avanços e perspectivas

  • Marcos Tonet Damas Universidade Federal do Paraná, Curitiba, PR
Palavras-chave: Turismo, Sustentabilidade, Ecoturismo, Turismo de Base Comunitária

Resumo

O presente artigo tem por finalidade apresentar reflexões, avanços e perspectivas do turismo sustentável, sob o viés do ecoturismo e o turismo de base comunitária. No entanto como primeira etapa, buscou-se por fontes bibliográficas visando buscar entendimentos sobre a relação homem-natureza. Na segunda etapa, buscou-se por estudos científicos relacionados ao ecoturismo como também ao turismo de base comunitária, objetivando verificar como de fato tais ações sustentáveis vêm sendo estabelecidas. Como terceira etapa foi realizada uma análise geral dos temas propostos. O presente trabalho concluiu que muitos avanços vêm sendo desenvolvidos entre as diversas abordagens e estudos, porém, muito ainda precisa ser feito principalmente na complexa relação entre teoria e prática, principalmente no que relaciona-se aos interesses econômicos e a falta de sensibilidade para a questão ambiental, que acaba por interferir muitas vezes mais negativamente do que positivamente no turismo e em seus efeitos relacionados aos recursos naturais. No entanto com a era tecnológica em que se vive, a comunicação, os movimentos sociais, a conscientização tanto de preservação e conservação sobre recursos naturais passa a ter maior abrangência nesse contexto, contribuindo a passos moderados com o real sentido de valorização que o meio ambiente de fato precisa e merece, principalmente no que relaciona ao turismo e suas relações ambientais.

 

Referências

AFROZ, N.; MAHMUD, S. Analyzing The Problem And Prospects Of Ecotourism: A Review On Bangladesh. IOSR Journal of Business and Management.v.19, n.2, p.59-65. 2017.

ABRANJA, N.A.; ALMEIDA, I.D. Turismo e sustentabilidade. COGITUR. p. 15-31. 2009.

ALMEIDA, A.R.B. Ecoturismo e turismo de base comunitária na comunidade de Forte Velho, PB: diagnóstico e proposições. Programa Regional de Pós-graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal da Paraíba. 2016.

AZEVEDO, F.F; PINHEIRO, B.R.A.; SOARES, A.S. A relação homem- natureza e a práxis do turismo: um (re) encontro para a preservação. Revista Brasileira de Ecoturismo. v.3, n. 2, p. 331-340. 2010.

BARRETO, E.O.; LOBATO, A.S.; PEREIRA, P.V.V.; SERRA, D.R.O. Caracterização do Turismo de Base Comunitária em Polos Turísticos do Estado do Pará. Revista Brasileira de Ecoturismo. São Paulo, v.10, n.1. fev./abr. p.113-127, 2017.

BENI, M.C. Análise estrutural do turismo. 5 ed. São Paulo: Editora SENAC São Paulo, 2001.

BETTI, P. Turismo de base comunitária e desenvolvimento local em unidades de conservação: estudo de caso na área de proteção ambiental de Guaraqueçaba e no Parque Nacional do Superagui, Guaraqueçaba – Paraná. Pós-graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento. Dissertação (Mestrado) Universidade Federal do Paraná. 2014.

BOOKCHIN, M. Towards an Ecological Society. Montreal: Black Rose Book. 1980.

BRUMATTI, P.N.M. Sociedade, cultura e natureza: Influências do ambientalismo no desenvolvimento do ecoturismo. Caderno Virtual do Turismo. v.14, n.3, p. 280-297, Dezembro, 2014.

CAMARGO, A. Da terra ao mar: Turismo de Base Comunitária no espaço vivido de Superagüi - Guaraqueçaba, Paraná. Dissertação (Mestrado em Turismo). Programa de Pós-Graduação em Turismo. Universidade Federal do Paraná. UFPR. 2015.

CAVALCANTI, C. Sustentabilidade: Mantra ou escolha moral? Uma abordagem ecológico-econômica. Revista Estudos Avançados. v. 26, n.74, p. 35-50, 2012.

D’CRUZE, N.; MACHADO, F.C.; MATTHEWS, N.; BALASKAS, M.; CARDER, G.; RICHARDSON, V.; VIETO, R. A review of wildlife ecotourism in Manaus, Brazil. Nature Conservation v.22, p. 1–16, 2017.

FACHIN, O. Fundamentos da metodologia. 5. ed. São Paulo: Saraiva, 2006.

FERNANDEZ, B.P.M. Ecodesenvolvimento, Desenvolvimento Sustentável e Economia Ecológica: em que sentido representam alternativas ao paradigma de desenvolvimento tradicional? Editora UFPR. Desenvolvimento e meio ambiente, n.23, p.109-120, jan./jun. 2011.

FONTELES, J.O. Turismo e impactos socioambientais. São Paulo: Aleph, 2004.

FREIRE, P.M.O.; ALMEIDA, F.A.B. Ecoturismo, Educação Ambiental crítica e formação de sujeitos ecológicos: convergências e desafios. Revista Brasileira de Ecoturismo, São Paulo, v.11, n.4, ago./jan. p. 561-587, 2019.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5. ed. São Paulo: Atlas,1999.

GRIMM, I. Jurema.; LOOSE, E. Beling.; SAMPAIO, C. A. C. Turismo, comunicação e sustentabilidade: reflexões e possibilidades. Cadernos de Estudos e Pesquisas no Turismo. v.2, p.26-42. Jan/Dez, 2013.

IRVING, M. A. Reinventando a reflexão sobre turismo de base comunitária. In: BARTHOLO, R.; BURSZTYN, I.; SANSOLO, D. G. (Orgs). Turismo de base comunitária: diversidade de olhares e experiências brasileiras. Rio de Janeiro: Letra e Imagem, 2009.

IRVING, M.A.; BURSZTYN, I.; MELO, G.M.; SANCHO, A.P. Revisitando significados em sustentabilidade no planejamento turístico. Caderno Virtual de Turismo. v. 5, n.4, p.01-07. 2005.

KINKER, S. Ecoturismo e conservação da natureza em parques nacionais. 2ª edição. Campinas, SP: Papirus, 2005.

LEFF, E. Complexidade, interdisciplinaridade e saber ambiental. Revista Olhar do Professor. v.14. p. 309-335, 2011.

MALDONADO, C. O turismo rural comunitário na América Latina. In: BARTHOLO, R.; BURSZTYN, I.; SANSOLO, D.G. (Orgs). Turismo de base comunitária: diversidade de olhares e experiências brasileiras. Rio de Janeiro: Letra e Imagem, 2009.

MARANHÃO C.H.S.; AZEVEDO, F.F. A Representatividade do Ecoturismo para a gestão pública do turismo no Brasil: uma análise do Plano Nacional de Turismo 2018-2022. Revista Brasileira de Ecoturismo, São Paulo, v.12, n.1, p.09-35, 2019.

MARTINS, M.R.; NEIMAN, Z. A Questão da Qualidade na Formação dos Profissionais para o Turismo Sustentável. Caderno Virtual de Turismo, vol. 9, núm. 1, Rio de Janeiro, 2009.

MENDONÇA, R.; NEIMAN, Z. Ecoturismo: discurso, desejo e realidade. Turismo em Análise, São Paulo, V.11, N.2, p. 98-110, 2000.

NITSCHE, L.B. Desvendando o espaço vivido na comunidade de Guajuvira e sua relação com o turismo, em Araucária, Paraná (PR). Tese (Doutorado em Geografia). Universidade Federal do Paraná. Curitiba, 2012.

PEDRINI, A.G. A Educação Ambiental com a biodiversidade no Brasil: Um ensaio. Ambiente & Educação, vol. 11, 2006.

REIS, L. G. Produção de monografia da teoria à prática: o método educar pela pesquisa (MEP). 5ª edição. Brasília. Senac-DF, 2015.

ROCKTAESCHEL, B. M. M. M. Terceirização em áreas naturais protegidas. São Paulo: SENAC, 2006.

SAMPAIO, C.A.C. Turismo como do fenômeno humano: princípios para se pensar a socioeconomia e sua prática sob a denominação turismo comunitário. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2005.

SCHERER-WARREN, I. Das mobilizações às redes de movimentos sociais.2006. Sociedade e Estado, Brasília, v. 21, n.1, p. 109-130, 2006.

Publicado
2020-04-29
Como Citar
Damas, M. T. (2020). Turismo Sustentável: reflexões, avanços e perspectivas. Revista Brasileira De Ecoturismo (RBEcotur), 13(2). https://doi.org/10.34024/rbecotur.2020.v13.9578
Seção
Artigos