Ecoturismo: a conservação da natureza como alternativa aos Grandes Projetos de Investimento (GPIs) no Rio de Janeiro

  • Rodrigo Machado Vilani Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ
Palavras-chave: Ecoturismo, Desenvolvimento, Rio de Janeiro, Grandes Projetos de Investimento, Conservação.

Resumo

O presente artigo tem como objetivo discutir e produzir apontamentos sobre o uso das Unidades de Conservação, federais e estaduais, localizadas no Rio de Janeiro, como unidades territoriais de planejamento governamental, relevando o ecoturismo como alternativa ao padrão primário-exportador de desenvolvimento, pautado em grandes projetos de investimento. Esse padrão degrada os biomas brasileiros, fragmenta o território e acentua desigualdades sociais e regionais. Estudos sobre o ecoturismo têm o papel de contribuir para a consolidação de uma alternativa a esse padrão de desenvolvimento. Para tanto, metodologicamente, optou-se por uma pesquisa exploratória-descritiva e por uma abordagem interdisciplinar, integrando conhecimentos, conceitos e métodos aplicados ao recorte proposto, com ênfase nas contribuições das áreas do Turismo, das Ciências Ambientais e do Planejamento Regional. Foram tecidas considerações gerais e específicas quanto aos desafios e às possibilidades de consolidação do ecoturismo como a atividade central para se avançar em um padrão de desenvolvimento integrado, participativo e de longo prazo. Ecotourism: Nature Conservation as an Alternative to Large Investment Projects (LIPs) in Rio de Janeiro State, Brazil The objective of this paper is to discuss and produce notes on the use of federal and state Protect Areas located in Rio de Janeiro as territorial units for governmental planning, highlighting ecotourism as an alternative to the primary exporting pattern of development, based on large investment projects. This pattern degrades the Brazilian biomes, fragments the territory and accentuates social and regional inequalities. Studies on ecotourism have the role of contributing to the consolidation of an alternative to this pattern of development. For that, methodologically, an exploratory-descriptive research and a interdisciplinary approach were chosen, integrating knowledge, concepts and methods applied to the proposed cut, with emphasis on the contributions of the areas of Tourism, Environmental Sciences and Regional Planning. General and specific considerations regarding the challenges and possibilities for the consolidation of ecotourism as a central activity were developed to advance an integrated, participatory and long-term development pattern. KEYWORDS: Ecotourism; Development; Rio de Janeiro; Major Investment Projects; Conservation.

Biografia do Autor

Rodrigo Machado Vilani, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ
Doutor em Meio Ambiente (Universidade do Estado do Rio de Janeiro). Professor do Departamento de Turismo e Patrimônio e do Programa de Pós-Graduação em Ecoturismo e Conservação da UNIRIO; Professor colaborador do Doutorado em Planejamento Regional e Gestão da Cidade da Universidade Candido Mendes (UCAM-Campos dos Goytacazes).
Publicado
2018-11-30
Como Citar
Vilani, R. M. (2018). Ecoturismo: a conservação da natureza como alternativa aos Grandes Projetos de Investimento (GPIs) no Rio de Janeiro. Revista Brasileira De Ecoturismo (RBEcotur), 11(4). https://doi.org/10.34024/rbecotur.2018.v11.6694