Parque Estadual da Serra do Conduru: perfil, percepções e sugestões dos visitantes

Autores

  • Marco Aurélio Avila Universidade Estadual de Santa Cruz, Ilhéus, BA
  • Claudio Damião Rosa Universidade Estadual de Santa Cruz, Ilhéus, BA

DOI:

https://doi.org/10.34024/rbecotur.2018.v11.6672

Palavras-chave:

Atividade Física, Ecoturismo, Lazer, Planejamento, Recreação.

Resumo

Unidades de Conservação (UCs) colaboram com a preservação da biodiversidade, manutenção da água e do clima, e oferecem oportunidades para experiências prazerosas em contato com a natureza. No presente estudo, nós analisamos o perfil e percepções dos visitantes do Parque Estadual da Serra do Conduru (PESC), a acessibilidade para o parque, a infraestrutura, e os principais elementos que atraem a visita das pessoas para essa UC do sul da Bahia. Usando questões abertas e objetivas nós registramos o perfil e as percepções de 35 visitantes. A acessibilidade, infraestrutura e atrativos do parque foram observados in loco. Participantes tinham alta escolaridade e visitavam frequentemente outras UCs. De acordo com nossos resultados os participantes não somente entendiam que estavam em uma área protegida como também esse fato influenciou sua escolha de visitar o local. Isso suporta argumentos que UCs podem atrair um público específico. Em adição, a opinião de parentes e amigos, e a divulgação pela internet foram influentes na escolha da visita. Desse modo, utilizar redes sociais para divulgação e aperfeiçoar o site do parque podem colaborar com o aumento do volume de visitação. A qualidade do serviço parece ter garantido a satisfação dos visitantes, apesar da pouca variedade de atrativos. Nossos resultados apontam que pequenas ações direcionadas a sinalização e oferta de informações podem melhorar o acesso e a experiência de lazer no parque. Por meio da observação da infraestrutura e número de participantes que se alojaram no PESC percebemos que o alojamento é um ponto forte cujo poderia ser mais bem aproveitado. 33 sugestões foram fornecidas pelos participantes acerca de melhorias na infraestrutura, atrativos, sinalização, divulgação, acesso, educação ambiental e captação de recursos e podem auxiliar a gestão do PESC e de outras UCs brasileiras. As sugestões dos visitantes demostram, principalmente, o desejo deles por maior variedade de atrativos e oportunidades de lazer no parqueUnidades de conservação (UCs) não somente colaboram com a preservação da biodiversidade, manutenção dos recursos hídricos e mitigação das mudanças climáticas, como também são locais oportunos para experiências agradáveis em contato com a natureza. No presente estudo, nós analisamos não apenas o perfil e as percepções dos visitantes do Parque Estadual da Serra do Conduru (PESC), mas também o acesso, infraestrutura e atrativos dessa UC sul baiana. A análise do perfil e percepção dos visitantes foi baseada em dados de 35 visitantes que responderam a um questionário com questões abertas e fechadas. O acesso, infraestrutura e atrativos do parque foram observados in loco. Os 35 visitantes que participaram da pesquisa, em geral, tinham alta escolaridade e costumavam visitar outras UCs. Esses participantes não somente entendiam que estavam em uma área protegida como também esse fato influenciou sua escolha de visitar o local, o que suporta argumentos que UCs podem atrair um público específico. Em adição, a opinião de parentes e amigos, e a divulgação pela internet foram influentes na escolha da visita. Desse modo, utilizar redes sociais para divulgação e aperfeiçoar o site do parque podem colaborar com o aumento do volume de visitação. A qualidade do serviço parece ter garantido a satisfação dos visitantes, apesar da pouca variedade de atrativos. Nossos resultados apontam que pequenas ações direcionadas a sinalização e oferta de informações podem melhorar o acesso e a experiência de lazer no parque. Por meio da observação da infraestrutura e número de participantes que se alojaram no PESC percebemos que o alojamento é um ponto forte cujo poderia ser mais bem aproveitado. 32 sugestões foram fornecidas pelos participantes acerca de melhorias na infraestrutura, atrativos, sinalização, divulgação, acesso, educação ambiental e captação de recursos e podem auxiliar a gestão do PESC e de outras UCs brasileiras. As sugestões dos visitantes demostram, principalmente, o desejo deles por maior variedade de atrativos e oportunidades de lazer no parque. State Park of Serra do Conduru: profile, perceptions and suggestions of visitors ABSTRACT Conservation Units (CUs) collaborate with biodiversity preservation, water resources maintenance and climate change mitigation. They also provide opportunities for pleasant experiences in contact with nature. In the present study, we analyzed the profile and perceptions of the visitors of the State Park of Serra do Conduru (SPSC), as well as the accessibility to the park, the quality of the infrastructure, and the main elements that attract people to visit this South Bahia CU. Using a mixed methodology, we registered visitors’ profile and perception through a questionnaire filled in by 35 visitors. The accessibility, infrastructure, and elements that attract visitors to the park were observed in situ. Participants were well-educated and reported frequently visiting other CUs. According to our results, participants were aware of the fact that they were visiting a protected area, and this was one of their motivations for their visit. This result supports the idea that CUs can appeal to a specific audience. In addition, the opinions of relatives and friends about this specific CU, together with information gathered through the Internet were essential when choosing to visit the park. Thus, using social networks to promote the park and improving the park’s website could help to increase the number of visitors. The quality of the service seems to have guaranteed satisfaction of visitors, despite the low variety of attractions. In sum, our results point out that small actions aimed at signaling and providing information can improve access and leisure experience in the park. By observing the infrastructure and the number of participants who have accommodated in the SPSC we realize that the accommodation is a strong point which could be better utilized. 33 suggestions were provided by participants about improvements in infrastructure, attractiveness, signaling, divulgation, access, environmental education and fundraising and can assist the management of SPSC and other Brazilian CUs. The visitors’ suggestions mainly show their desire for a greater variety of attractions and leisure opportunities in the park. KEYWORDS: Physical Activity; Ecotourism; Leisure; Planning; Recreation.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marco Aurélio Avila, Universidade Estadual de Santa Cruz, Ilhéus, BA

Doutor em Turismo y Desarrollo Sostenible - Universidad de Las Palmas de Gran Canaria (2004). Professor Pleno da Universidade Estadual de Santa Cruz. Líder do Grupo de pesquisa Esporte, Lazer e Turismo: Políticas e Planejamento.

Claudio Damião Rosa, Universidade Estadual de Santa Cruz, Ilhéus, BA

Licenciado em Educação Física. Especialista em Treinamento Personalizado. Mestrando em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente. Membro do Grupo de pesquisa Interações Socioambientais e do Grupo Esporte, Lazer e Turismo

Downloads

Publicado

2018-08-30

Como Citar

Avila, M. A., & Rosa, C. D. (2018). Parque Estadual da Serra do Conduru: perfil, percepções e sugestões dos visitantes. Revista Brasileira De Ecoturismo (RBEcotur), 11(3). https://doi.org/10.34024/rbecotur.2018.v11.6672
Recebido em 2018-01-27
Aceito em 2018-05-30
Publicado em 2018-08-30