Paradoxos do turismo sustentável: implicações de ordem ambiental e econômica do tráfego de veículos nas dunas e à beira-mar de Jacumã (RN)

Autores

  • Jonas Sérgio do Rêgo Pinto-Júnior Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN
  • Camila Kayssa Targino-Dutra Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN
  • Ana Beatriz Gomes-Ferreira Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN
  • Juliana Garcia Vidal-Rodrigues Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN
  • Sueli Aparecida Moreira Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN

DOI:

https://doi.org/10.34024/rbecotur.2017.v10.6630

Palavras-chave:

Turismo Ecológico, Áreas de Preservação Permanente, Turismo Sustentável, Dunas Potiguares.

Resumo

O presente estudo busca verificar os danos e/ou impactos ambientais decorrentes do tráfego de viaturas e veículos movidos à combustão nas dunas de Jacumã/RN, bem como os benefícios econômicos que os mesmos oferecem e disponibilizam com a prática de passeios turísticos e passeios de aventura sem fins lucrativos. A metodologia é de natureza qualitativa, por meio da obtenção de depoimentos de representantes de instituições: IBAMA, IDEMA, JEEP CLUBE NATAL, Secretaria Estadual de Turismo, Projeto Tamar, comerciantes locais e o Sindicato dos Buggueiros. Os depoimentos compreenderam questões sobre impactos negativos ao meio ambiente e sobre a importância do turismo de aventura (tráfego de veículos) do ponto de vista econômico. O principal impacto observado foi em relação à circulação de veículos à beira mar e sobre a restinga. O passeio restrito sobre dunas não oferece tanto impacto à natureza. O passeio de buggy é consolidado como atrativo único e tem boa aprovação pela comunidade local. O planejamento turístico de modo sustentável pode conciliar estratégias de redução de impacto ambiental atreladas ao desenvolvimento econômico e melhor inserção da comunidade na atividade turística. Paradoxes of sustainable tourism: implications of environmental and economic dimension on vehicle traffic in the dunes and seafront of Jacumã (RN, Brazil) ABSTRACT This study aimed to verify the environmental impacts of vehicular traffic and vehicles powered by combustion in the Jacumã / RN dunes, as well as to understand the economic benefits derived from the practice of non-profit tours and adventure tours. The methodology is qualitative, with statements from representatives of institutions: IBAMA, IDEMA, JEEP CLUBE NATAL, State Secretary of Tourism, Tamar Project, local merchants and the Buggueiros Union. The statements included questions about negative impacts on the environment and the importance of adventure tourism (vehicle traffic) from an economic point of view. The main impact was observed in relation to the circulation of vehicles at the seaside and on the restinga vegetation. The buggy ride is consolidated as a good tourist attraction and has good approval by the local community. It is therefore concluded that tourism planning in a sustainable way can conciliate strategies of reduction of environmental impact linked to the economic development and better insertion of the community in the tourist activity. KEYWORDS: Ecological Tourism, Permanent Preservation Areas, Sustainable Tourism; Potiguar Dunes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jonas Sérgio do Rêgo Pinto-Júnior, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN

Bacharel em Turismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN;

Camila Kayssa Targino-Dutra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN

Bacharel em Direito; Mestre pelo Programa Regional de Desenvolvimento e Meio Ambiente - PRODEMA - UFRN;

Ana Beatriz Gomes-Ferreira, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN

Licenciatura em Ciências Biológicas.

Juliana Garcia Vidal-Rodrigues, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN

Bacharel em Direito; Especialista em Direito Ambiental e Mestre pelo Programa Regional em Desenvolvimento e Meio Ambiente - PRODEMA - UFRN.

Sueli Aparecida Moreira, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN

Nutricionista, Mestre em Saúde Pública pela FSP/USP e Doutora em Ecologia Aplicada pelo CENA/ESALQ-USP.

Downloads

Publicado

2017-11-24

Como Citar

Pinto-Júnior, J. S. do R., Targino-Dutra, C. K., Gomes-Ferreira, A. B., Vidal-Rodrigues, J. G., & Moreira, S. A. (2017). Paradoxos do turismo sustentável: implicações de ordem ambiental e econômica do tráfego de veículos nas dunas e à beira-mar de Jacumã (RN). Revista Brasileira De Ecoturismo (RBEcotur), 10(4). https://doi.org/10.34024/rbecotur.2017.v10.6630

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)