Estudo da capacidade de carga em trilha no Parque Estadual da Mata do Limoeiro, Itabira (MG)

Autores

  • Amanda Costa de Oliveira Universidade Federal de Itajubá, Itabira, MG
  • Ana Cecília Gomes de Paula Universidade Federal de Itajubá, Itabira, MG
  • Clarisse Carvalho Miranda Universidade Federal de Itajubá, Itabira, MG
  • Gabriel Henrique Soares Almeida Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, MG
  • Edson Maurício Marques Ferrari Universidade Federal de Itajubá, Itabira, MG
  • Bianca Cabral Caldeira Universidade Federal de Itajubá, Itabira, MG

DOI:

https://doi.org/10.34024/rbecotur.2017.v10.6616

Palavras-chave:

Capacidade de Carga, Parque Estadual Mata do Limoeiro, Uso Público, Manejo de Recursos Naturais, Turismo Sustentável.

Resumo

As Unidades de Conservação (UCs) detêm papel fundamental na proteção e preservação do meio ambiente e da biodiversidade local. Para a conservação destas áreas, é necessário adequar os atrativos e atividades promovidas à gestão dos recursos nas unidades, principalmente àquelas voltadas ao uso público. Com o presente trabalho, visa-se elaborar o estudo de capacidade da trilha da Gruta do Limoeiro, adequando a gestão de recursos locais às atividades de uso público, sem comprometer a capacidade da trilha. O presente artigo determinou a capacidade de carga da trilha da Gruta do Limoeiro pertencente ao Parque Estadual Mata do Limoeiro (PEML), a fim de garantir o manejo adequado da trilha, evitando o seu comprometimento físico. A partir da capacidade de carga, foi determinado a quantidade de visitantes ideal para a trilha por meio de cálculos baseados na metodologia descrita por Cifuentes (1992) e na adaptação feita por Cordeiro, Körössy e Selva (2013). Foi obtido o limite total de 1056 visitantes de maneira a não acarretar maiores impactos sobre a trilha da Gruta do Limoeiro. Study of the Carrying Capacity on track in the State Park of Mata do Limoeiro, Itabira (MG, Brazil) ABSTRACT Protect Areas have an important role in protecting and preserving the environment and local biodiversity. For the conservation of these areas, it is necessary to adjust the attractions and activities promoted to the management of resources, especially those aimed at public use. This article aims to develop the ability to study the Gruta do Limoeiro track, adapting the management of local resources to public use activities without compromising the track capacity. This article has determined the carrying capacity of Gruta do Limoeiro track belonging to the Mata do Limoeiro State Park in order to ensure proper management of the track, avoiding their physical impairment. The charge capacity it was determined the number of visitors to the ideal path by calculation based on the method described by Cifuentes (1992) and adaptation made by Cordeiro, Körössy and Selva (2013). It was obtained a total limit of 1056 visitors in order to not cause major impacts on the Gruta do Limoeiro track. KEYWORDS: Carrying Capacity; Mata do Limoeiro State Park; Public Use; Natural Resource Management; Sustainable Tourism.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Amanda Costa de Oliveira, Universidade Federal de Itajubá, Itabira, MG

Graduanda em Engenharia Ambiental pela Universidade Federal de Itajubá – Campus Itabira, Itabira-MG

Ana Cecília Gomes de Paula, Universidade Federal de Itajubá, Itabira, MG

Graduanda em Engenharia Ambiental pela Universidade Federal de Itajubá – Campus Itabira, Itabira-MG

Clarisse Carvalho Miranda, Universidade Federal de Itajubá, Itabira, MG

Universidade Federal de Itajubá, Itabira, MG

Gabriel Henrique Soares Almeida, Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, MG

Engenheiro Ambiental pela Universidade Federal de Itajubá - Campus Itabira, Mestrando em Engenharia Civil - Área de Concentração Sanitária e Ambiental pela Universidade Federal de Viçosa (UFV)

Edson Maurício Marques Ferrari, Universidade Federal de Itajubá, Itabira, MG

Graduando em Engenharia Ambiental pela Universidade Federal de Itajubá – Campus Itabira, Itabira-MG

Bianca Cabral Caldeira, Universidade Federal de Itajubá, Itabira, MG

Licenciatura em Ciências Biológicas pelo Centro Universitário do Leste de Minas Gerais. Mestrado em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). Professora titular do Curso de Engenharia Ambiental pela Universidade Federal de Itajubá - Campus Itabira

Downloads

Publicado

2017-11-30

Como Citar

Oliveira, A. C. de, Paula, A. C. G. de, Miranda, C. C., Almeida, G. H. S., Ferrari, E. M. M., & Caldeira, B. C. (2017). Estudo da capacidade de carga em trilha no Parque Estadual da Mata do Limoeiro, Itabira (MG). Revista Brasileira De Ecoturismo (RBEcotur), 10(4). https://doi.org/10.34024/rbecotur.2017.v10.6616
Recebido em 2016-10-31
Aceito em 2017-09-21
Publicado em 2017-11-30