O Parque Nacional de Jericoacoara na percepção dos discentes do curso de Turismo da UFPA

Autores

  • Fabrício Lemos Siqueira Mendes Universidade Federal do Pará, Belém, PA
  • Raul Ivan Raiol de Campos Universidade Federal do Pará, Belém, PA
  • Sílvia Helena Ribeiro Cruz Universidade Federal do Pará, Belém, PA
  • Helena Doris de Almeida Barbosa Quaresma Universidade Federal do Pará, Belém, PA

DOI:

https://doi.org/10.34024/rbecotur.2017.v10.6565

Palavras-chave:

Ecoturismo, Percepção, Jericoacoara.

Resumo

O ecoturismo é considerado uma atividade geralmente de baixo impacto ambiental, orientado às localidades onde haja área de significativo valor ambiental e cultural. E, que pode, conforme suas atividades recreacionais e educativas, contribuir para a conservação da biodiversidade e sociodiversidade local. Neste sentido, o conceito de ecoturismo é apresentado como visita a ambientes naturais, tendo o mínimo de impacto por seus visitantes sobre a diversidade local. Exemplo disso é Jericoacoara, localizado à 320 km da capital Fortaleza (CE), onde sua diversidade, como um todo, é extremamente propícia a este segmento do turismo. Nele, se destaca o Parque Nacional de Jericoacoara (PNJ) apresentando uma área de 8.850,00 hectares que abrange oito ecossistemas. O objetivo deste trabalho é descrever a percepção dos discentes do Curso de Turismo da Universidade Federal do Pará (UFPA) a partir da visita técnica, como parte de suas atividades acadêmicas desenvolvidos durante o curso. A metodologia utilizada foi a partir da aplicação de questionário com perguntas semiestruturada e fechadas. Este foi direcionado à trilha realizada no PNJ. O público-alvo foram 27 discentes do Curso de Turismo da Universidade Federal do Pará (UFPA). A visita técnica foi realizada no mês de novembro de 2015. Após a coleta dos dados, estes foram inseridos na planilha do Office Excel. Posteriormente, os dados foram tabulados em valores absolutos, seguidamente calculados os valores relativos. Os resultados apontam que a maioria dos discentes nunca realizaram uma trilha, e informaram que a principal dificuldade encontrada durante a caminhada foram a elevada temperatura e o percurso longo. Dentre o principal aspecto natural que mais chamou a atenção foi a vegetação local, e que o local oferece risco de acidentes durante o percurso. Com relação ao lixo e saneamento local, a maioria informou que não percebeu nada de anormal durante a caminhada na trilha. Porém, com relação aos ruídos e vandalismo, as respostas foram positivas. E, para finalizar os discentes responderam que, do ponto ecoturístico, o local é bom para o desenvolvimento deste segmento. Deste modo, concluiu-se que os discentes do Curso de Turismo da UFPA apresentam boa percepção da trilha do PNJ, uma vez que durante o percurso a observação para diversos aspectos foram notadas, sejam elas positivas ou negativas; comprovando deste modo que o trabalho teórico realizado durante o curso tem aguçado a percepção dos discentes durante essas vistas técnicas. The perception of the Jericoacoara National Park by UFPA tourism students ABSTRACT Ecotourism is considered a low environmental impact activity, guided to locations where there is area of significant environmental and cultural values. And it can contribute to the conservation of local biodiversity and social diversity, due to its recreational and educational activities. In this direction, the concept of ecotourism is presented as visiting natural environments, having minimal visitor impact on local diversity. An example of this is Jericoacoara, located 320 km from the capital Fortaleza (CE), where its diversity is extremely favorable to tourism activities. Inside of it, is also located the Jericoacoara National Park (JNP) an area of 8850.00 hectares consisting of eight ecosystems. The objective of this study is to describe the perception of tourism students of Federal University of Pará (UFPA), based upon a technical field trip, as part of their academic activities developed during their coursework. The methodology included a questionnaire with semi-structured and closed questions, which was applied during the trail at the JNP. The audience was 27 tourism students of UFPA. The field trip took place in November 2015. The collected data were inserted in the Excel Office spreadsheet, then tabulated and calculated their absolute and relative values. The results indicate that most of the students never walked on a trail and they reported that the main difficulties encountered during the walk were high temperature and the long itinerary. The natural aspect that drew the most attention was the local vegetation, but the environment offers risk of accidents during the itinerary. Regarding the waste and local sanitation, most of the students said that they did not see anything unusual while walking on the trail. However, with regard to noise and vandalism, the answers were affirmative. Finally, the students answered, based upon ecotourism perspective, that the area is adequate to the development of this activity. Thus, it was concluded that the students have a good perception of the JNP trail, because during the walk observations of many aspects were noted, whether positive or negative, proving thereby that the theoretical study done during the coursework has sharpened the perception of students during the field trip. KEYWORDS: Ecotourism; Perception; Jericoacoara.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabrício Lemos Siqueira Mendes, Universidade Federal do Pará, Belém, PA

Possui Graduação em Licenciatura Plena em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Pará (UFPA) em 1995.2. Mestrado em Zoologia pelo Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG) em 1998.2 (conceito CAPES - 4). Realizou Estágio Doutoral no Museu Nacional de História Natural de Lisboa (MNHN) e no Museu Zoológico de História Natural (MZHN) da Universidade de Coimbra, em Portugal no ano de 2009.1. Possui Doutorado em Ciências: Desenvolvimento Socioambiental, no Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável dos Trópicos Úmidos (PPGDSTU) (conceito CAPES - 5) pelo Núcleo de Altos Estudos Amazônicos (NAEA) da Universidade Federal do Pará (UFPA), em 2010.1. Realizou Estágio Pós-Doutoral na Evangelische Hochschule (Freiburg in Breisgau, Alemanha) pela CAPES/DAAD, no ano de 2013.2. Participa como pesquisador no Grupo de Pesquisa: Biodiversidade, Gestão dos Recursos Naturais e Sociedade no Escudo das Guianas, da Universidade Federal do Pará. Atualmente é Professor Adjunto A da Universidade Federal do Pará (FACTUR/ICSA/UFPA). Tem experiência na Docência do Ensino Superior em Ecoturismo, Biologia Geral e Educação.

Raul Ivan Raiol de Campos, Universidade Federal do Pará, Belém, PA

Possui graduação em Bacharelado em Turismo pela Universidade Federal do Pará (1992), Especialização em Turismo Ecológico pelo Núcleo de Meio Ambiente da Universidade Federal do Pará (1993), Especialização em Gerenciamento de Coleções Arqueológicas no National Park Service (USA) com bolsa da Fulbright (1996), Mestrado em Museum Studies pela Escola de Columbia de Artes e Ciências da George Washington University (2001) com bolsa da Organização dos Estados Americanos (OEA) e Doutorado em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido pela Universidade Federal do Pará/Núcleo de Altos Estudos Amazônicos (2008). Foi Técnico de Pesquisa do Museu Paraense Emílio Goeldi de 1988 à abril de 2009, na Coordenação de Ciências Humanas/Área de Arqueologia. Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal do Pará da Faculdade de Turismo e do Curso de Museologia . Tem experiência na área de Turismo, com ênfase em Ecoturismo e Turismo Cultural e na área de Museologia e de Gestão de Patrimônio Cultural, principalmente arqueológico. Trabalha principalmente nos seguintes temas: gerenciamento de coleções arqueológicas, unidades de conservação, museologia, patrimônio cultural, e turismo cultural.

Sílvia Helena Ribeiro Cruz, Universidade Federal do Pará, Belém, PA

Possui graduação em Turismo pela Universidade Federal do Pará (1991) . Especialização em Planejamento Estratégico do Turismo pela ECA/USP(1992). Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (1999). Doutora no Programa Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido, da UFPA, desde 2010. Atualmente é professora Associada I , da Universidade Federal do Pará, na Faculdade de Turismo. Membro do Grupo de Pesquisa Biodiversidade, gestão dos recursos naturais e sociedade no escudo das Guianas/CNPq. Tem experiência na área de Turismo, com ênfase em Estudo dos Impactos do Turismo, Fronteira e Desenvolvimento, atuando principalmente nos seguintes temas: turismo, lazer, planejamento municipal, turismo de fronteira, percepção e desenvolvimento.

Helena Doris de Almeida Barbosa Quaresma, Universidade Federal do Pará, Belém, PA

Bacharel em Turismo pela Universidade Federal do Pará (1986), Licenciada Plena em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Pará (1991), Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Pará (1993), Especialista em Desenvolvimento de Áreas Amazônicas pelo Naea UFPA, Mestre em Planejamento do Desenvolvimento pela Universidade Federal do Pará (2000) e Doutora em Desenvolvimento Sócio-Ambiental pelo Programa de Pós-Gradução em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido do NAEA/UFPA (2009). Atualmente é Docente e Pesquisadora do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas/Faculdade de Turismo da Universidade Federal do Pará e pesquisadora colaboradora do Museu Paraense Emílio Goeldi . Tem experiência nas áreas de Antropologia e Turismo, com ênfase em Organização Social, atuando principalmente nos seguintes temas: turismo, cultura, áreas protegidas, desenvolvimento, planejamento, pesquisa, ecoturismo e populações pan-amazônicas.

Downloads

Publicado

02/28/2017

Como Citar

Mendes, F. L. S., Campos, R. I. R. de, Cruz, S. H. R., & Quaresma, H. D. de A. B. (2017). O Parque Nacional de Jericoacoara na percepção dos discentes do curso de Turismo da UFPA. Revista Brasileira De Ecoturismo (RBEcotur), 10(1). https://doi.org/10.34024/rbecotur.2017.v10.6565
Recebido: 2016-08-30
Aceito: 2016-12-21
Publicado: 2017-02-28

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)