Turismo de Base Local no distrito de Dondo (Moçambique): discutindo fatores de sustentabilidade

Autores

  • Francisco Fransualdo Azevedo Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN
  • Felicidade da Juliana Chicico Universidade Eduardo Mondlane, Maputo,

DOI:

https://doi.org/10.34024/rbecotur.2013.v6.6140

Resumo

O atual debate sobre desenvolvimento rural focaliza a abordagem territorial, reconhecendo o caráter multifuncional do espaço rural. Enfatiza o aproveitamento das forças endógenas, a necessidade de implementação de políticas que valorizem as especificidades locais, a participação dos atores sociais na dinamização e revitalização do espaço rural. É neste contexto que o turismo de base local entra como um dos possíveis meios para induzir uma nova dinâmica no espaço rural, visto que a atividade é tida como um canal para a revalorização dos recursos naturais e culturais, bem como do modo de vida do lugar. Este estudo trata do turismo de base local como indutor de desenvolvimento rural, traduzindo-se numa análise da realidade e das potencialidades no distrito de Dondo em Moçambique. Nele se propôs analisar as potencialidades para a implantação do turismo de base local no Distrito de Dondo, avaliando até que ponto a realidade local possibilita a inclusão da comunidade na gestão dos recursos turísticos locais. Para tal mostrou-se a inserção do turismo de base local no atual contexto de desenvolvimento rural; identificou-se e organizou-se sistematicamente os fatores que condicionam a implementação do turismo de base comunitária na área de estudo; e verificou-se até que ponto a área estudada corresponde aos condicionantes identificados, mostrando como o turismo de base local pode ser melhor incentivado. Adotou-se um percurso metodológico a partir de uma abordagem qualitativa, tanto quanto aos procedimentos e tratamento de dados, como também, pela abordagem crítica. Os procedimentos de investigação abrangem pesquisa bibliográfica, documental, entrevistas semi-estruturadas direcionadas ao grupo de gestores públicos que atuam em turismo e lideres comunitários. A análise critica foi feita com base nos princípios de sustentabilidade, nomeadamente sustentabilidade ecológica, social, cultural, econômica e espacial, para além da análise dos aspectos político-institucionais. Os resultados da pesquisa mostram que o distrito de Dondo apresenta um potencial para implementação de um modelo de desenvolvimento de turismo de base local, pois ele é rico em recursos naturais e culturais, beneficia-se de uma boa rede de acessibilidade no contexto do mercado da região, a população vive segundo os seus hábitos e costumes e valorizam a sua identidade. Constata-se também um certo nível de cooperação entre os membros da comunidade, fato que se observa através do nível de participação da comunidade em associações, cooperativas e núcleos atuando em áreas como agricultura, pesca, extração de carvão vegetal, ambiente, educação cívica, etc. Apesar de obstáculos como inexistência de políticas e planos locais para o desenvolvimento do turismo, falta de consciência em relação ao turismo, insuficiência em infra-estruturas básicas, bem como em equipamentos e meios de apoio ao turismo, denota-se que estes problemas podem ser solucionados por meio de um comprometimento tanto do setor público, como da comunidade através de uma planificação conjunta e participativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francisco Fransualdo Azevedo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN

Geógrafo, Economista, Mestre e Doutor em Geografia Humana. Professor do Departamento de Geografia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Docente dos Programas de Pós-Graduação em Geografia e em Turismo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Downloads

Publicado

31.05.2013

Como Citar

Azevedo, F. F., & Chicico, F. da J. (2013). Turismo de Base Local no distrito de Dondo (Moçambique): discutindo fatores de sustentabilidade. Revista Brasileira De Ecoturismo (RBEcotur), 6(2). https://doi.org/10.34024/rbecotur.2013.v6.6140

Edição

Seção

Artigos
##plugins.generic.dates.received## 2012-05-31
##plugins.generic.dates.accepted## 2012-12-10
##plugins.generic.dates.published## 2013-05-31