Pescadores profissionais urbanos de Corumbá/MS e suas relações com a atividade turística sustentável

Autores

  • Milton Augusto Pasquotto Mariani
  • Francisco Leonor de Amarilio
  • Dyego de Oliveira Arruda

DOI:

https://doi.org/10.34024/rbecotur.2009.v2.5849

Resumo

A pesca, seja em sua forma profissional ou amadora, é uma das principais atividades econômicas do Pantanal Sul, empregando e gerando renda para grande contingente de pessoas. No entanto, ela vem passando por um período de re-estruturação. Contemporaneamente, há estudos tratam de um prospecto de diminuição da pesca amadora, seja pela rigidez das leis ambientais ou pela diminuição dos estoques de pescado dos rios da região. Isso faz com que muitos pescadores profissionais se ressintam do fato, uma vez que eles, em certa medida, também dependem da pesca amadora. Desta feita, este estudo teve como objetivo elaborar um perfil dos anseios e percepções dos pescadores profissionais, de modo a estipular iniciativas que visem a atender suas principais demandas. Tendo isto em vista, foram aplicados 300 questionários semi-estruturados na área urbana de Corumbá com um grupo de pescadores profissionais, de modo que se constatou que é grande a possibilidade que esses indivíduos têm de se integrar a atividade do Ecoturismo, que apresenta visíveis meios de desenvolverse vertiginosamente na localidade em voga, gerando renda para a cidade, o que perfaz uma das principais demandas dos pescadores profissionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

21.09.2009

Como Citar

Pasquotto Mariani, M. A., Amarilio, F. L. de, & Arruda, D. de O. (2009). Pescadores profissionais urbanos de Corumbá/MS e suas relações com a atividade turística sustentável. Revista Brasileira De Ecoturismo (RBEcotur), 2(3). https://doi.org/10.34024/rbecotur.2009.v2.5849
##plugins.generic.dates.received## 2008-11-07
##plugins.generic.dates.accepted## 2009-07-08
##plugins.generic.dates.published## 2009-09-21