Eu e a Brisa: reflexões sobre a experiência da viagem no turismo

Autores

  • Zysman Neiman
  • Viviane Melo de Mendonça
  • Marcelo Nivert Schlindwein

DOI:

https://doi.org/10.34024/rbecotur.2008.v1.5842

Resumo

Este artigo discute a atividade turística do ponto de vista da psicologia fenomenológica e da psicologia evolutiva. A prática do turismo, seu planejamento e execução são confrontados quanto aos seus objetivos econômicos, estéticos e como ferramenta de conservação da diversidade biológica. O texto sugere que apenas com "o perceber" e a capacidade de se sensibilizar com as diferentes dimensões da diversidade que o ambiente possui nos leva a desenvolver uma prática turística instigante e renovadora, propondo, de forma provocadora, que o bom turismo deveria ser encarado como uma forma de arte. Este procedimento levaria esta prática turística a ter um diálogo com que denominados de Turismo Sustentável.

Downloads

Publicado

20.09.2008

Como Citar

Neiman, Z., Mendonça, V. M. de, & Schlindwein, M. N. (2008). Eu e a Brisa: reflexões sobre a experiência da viagem no turismo. Revista Brasileira De Ecoturismo (RBEcotur), 1(1). https://doi.org/10.34024/rbecotur.2008.v1.5842
##plugins.generic.dates.received## 2008-05-10
##plugins.generic.dates.accepted## 2008-09-15
##plugins.generic.dates.published## 2008-09-20

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Obs .: Este plugin requer que pelo menos um plugin de estatísticas / relatório esteja ativado. Se seus plugins de estatísticas fornecerem mais de uma métrica, selecione também uma métrica principal na página de configurações do site do administrador e / ou nas páginas de configurações do gerente da revista.