Uma proposta de valoração do turismo de mergulho e surf nas Unidades de Conservação marinhas do Arquipélago de Fernando de Noronha (PE)

Autores

  • José Martins da Silva-Júnior Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade
  • Lume Garcia Monteiro de Souza Projeto Golfinho Rotador
  • Flávia Queiroz Weysfield Projeto Golfinho Rotador
  • Mariana Andrade Martins Projeto Golfinho Rotador
  • Flávio José de Lima Silva Projeto Golfinho Rotador

DOI:

https://doi.org/10.34024/rbecotur.2021.v14.11118

Palavras-chave:

Ecoturismo Marinho, Economia do Turismo, Turismo Esportivo, Gestão Costeira

Resumo

O turismo vem crescendo nas últimas décadas assim como a visitação a Unidades de Conservação (UCs). O incremento do turismo em UCs pode ajudar economicamente a região a se estruturar e investir na conservação. É fundamental realizar estudos para identificar o perfil do turista que visita as UCs, principalmente quanto à sua consciência ambiental. O ecoturismo, turismo de esportes e o de aventura têm grande potencial de serem atividades turísticas sustentáveis. Desta maneira, o presente estudo tem como objetivo realizar a valoração do turismo de surf e mergulho em Fernando de Noronha. A metodologia usada foi o método custo de viagem.  Foram realizadas análises de dados pretéritos, metadados e de entrevistas com surfistas e mergulhadores visitantes no ano de 2019. Foi verificado que esse público é composto majoritariamente por adultos jovens com alto valor aquisitivo. Os gastos médios totais das viagens dos surfistas e dos mergulhadores foram R$ 7.912,47 e R$ 8.331,34, respectivamente. Os principais gastos para surfistas e mergulhadores foram com hospedagem, passagem e alimentação. Os gastos com mergulho representaram apenas 8% do total da viagem dos mergulhadores e foi o gasto com maior nível de satisfação. Já para os surfistas, o gasto que mais valeu a pena foi com o aluguel de automóvel (12% do total da viagem) para levar seus equipamentos a diversas praias. Outros gastos com alto nível de satisfação foram os relacionados ao contato com a natureza, como passeio de barco e canoa havaiana. Foi perceptível, que esse público injeta significativo capital na ilha. Desta maneira, fica claro que este público tem potencial em auxiliar na manutenção de um turismo econômico e ambientalmente sustentáveis, desde que também sejam oferecidos cursos de formação para prestadores de serviços turísticos e orientações para visitantes, para que o surf e mergulho não se tornem predatórios.    

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALVES, M.S.; DE-BORTOLI, A.L.; KIRST, F.V.; MESSIAS, S.M.C.; DE-BORTOLI, R. Normalização do Ecoturismo e Turismo de Aventura no Brasil. Revista Brasileira de Ecoturismo, São Paulo, v.9, n.3, pp.433-444.

BAMWESIGYE, D. Expressed preference methods of environmental valuation: Non-market resource valuation tools. 2019.

BHAT, M.Y.; BHATT, M. S. Economic Valuation of Dachigam National Park: An Operational Tool for Sustainable Development. In: GUPTA, A.M., DALEI, N.N. (eds). Energy, Environmentand Globalization: Recent Trends, Opportunities and Challenges in India. Springer: Singapore, p. 203-216, 2019.

BISHOP, R.C.; BOYLE, K.J. Reliability and validity in nonmarket valuation. Environmental and Resource Economics, v. 72, n. 2, p. 559-582, 2019.

BENI, M.C. Análise Estrutural do Turismo. São Paulo: Senac, 1998.

BRASIL, Ministério do Turismo. Ecoturismo: orientações básicas. 2a Edição - Brasília: Ministério do Turismo, 2010.

BRASIL, Ministério do Turismo. Turismo de Aventura: orientações básicas. 3a Edição - Brasília, 2010.

BRUMATTI, P.N.M. O papel do turismo de observação da vida selvagem para a conservação da natureza. Anais do IX Congresso Nacional de Ecoturismo e do V Encontro Interdisciplinar de Turismo em Unidades de Conservação. Revista Brasileira de Ecoturismo, São Paulo, v.6, n.4, nov-2013, pp.191-206.

COOPER, C.; FLETCHER, J.; WANHILL, S.; GILBERT, D.; SHEPERD, R. Turismo: Princípios e Prática. 2° ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.

CORIOLANO, L.N.M.T. Turismo e meio ambiente: Interfaces e Perspectivas. In: O turismo e a relação sociedade-natureza: realidades, conflitos e resistências. Fortaleza: EdUECE , v. 1, p. 19-43. 2007

COTTRELL, S.P.; MEISEL, C. Predictors of personal responsibility to protect the marine environment among divers. In: NORTHEASTERN RECREATION RESEARCH SYMPOSIUM, 2003, Newtown Square. Proceedings. Department of Agriculture, Forest Service, Northeastern Research Station, p. 252-261, 2003.

DIAS, P.P.; VITAL, T.W. O Ecoturismo no Estado de Pernambuco: uma visão do segmento a partir da oferta de serviços. Revista Turismo em Análise, v. 25, n. 2, p. 316-336, 2014.

FERNANDES, I.P.; COELHO, M.F. Economia do Turismo: teoria e prática. Rio de Janeiro: Elsevier, 2002.

GUIJARRO, F.; TSINASLANIDIS, P. Analysis of the Academic Literature on Environmental Valuation. International Journal of Environmental Researchand Public Health, v. 17, n. 7, p. 2386, 2020.

HE, X.Y.; POE, G.L. Exploring thes helf-life of travel cost methods of valuing recreation for benefits transfer. Resource and Energy Economics, p. 101123, 2020.

INCE, T.; BOWEN, D. Consumers at is faction and services: insights from dive tourism. The Service Industries Journal, v. 31, n. 11, p. 1769-1792, 2011.

LEUNG, Y.F.; SPENCELEY, A.; HVENEGAARD, G.; BUCKLEY, R. Turismo e gestão da visitação em áreas protegidas. Diretrizes para sustentabilidade. Série Diretrizes para melhores Práticas para Áreas Protegidas No. 27, Gland, Suiça: UICN. xii + 120 pp. 2019.

MENDELSOHN, R. An examination of recent revealed preference valuation methods and results. Review of Environmental Economics and Policy, v. 13, n. 2, p. 267-282, 2019.

MOREIRA, J.C.; HAURA, F.K.; BURNS, R.C.; CAIRES, A.M. Perfil, Percepção dos Visitantes e a Observação de Animais Silvestres: Estudo de Caso do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha-PE. Revista Anais Brasileiros de Estudos Turísticos-ABET, v. 9, n. 1, 2 e 3, 2019.

OMT. Introdução ao turismo. São Paulo: ROCA, 2001.

ONG, T.F.; MUSA, G. Examining the influences of experience, personality and attitude on SCUBA divers' underwater behaviour: A structural equation model. Tourism management, v. 33, n. 6, p. 1521-1534, 2012.

ORLOWSKI, J.; WICKER, P. Monetary valuation of non-market goods and services: a review of conceptual approaches and empirical applications in sports. European Sport Management Quarterly, v. 19, n. 4, p. 456-480, 2019.

PEREIRA, A.I.A..; SILVA, F.J.L.; SILVA-JÚNIOR, J.M. Influência dos cursos de capacitação do Projeto Golfinho Rotador na atuação profissional dos condutores de ecoturismo em Fernando de Noronha (PE): uma contribuição a sustentabilidade turística local. Revista Brasileira de Ecoturismo, São Paulo, v.8, n.1, pp.31-58. 2015.

PEREIRA, P.J.G. Turismo de Surf: estudo exploratório do perfil e motivações dos consumidores da modalidade em escolas de surf no litoral alentejano. Dissertação de Mestrado. Universidade de Évora. 2019.

ROWE, R.Y.G.; SANTOS, G.E.O. Turismo de mergulho: análise do comportamento de viagem dos mergulhadores brasileiros. Caderno Virtual de Turismo. Rio de Janeiro, v. 16, n. 3, p. 61-75, dez. 2016.

SILVA-JÚNIOR, J.M. Os golfinhos de Noronha. 1° Edição. São Paulo: Bambu, 2010.

SILVA-JÚNIOR, J.M. Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha: Uso Público, Importância Econômica e Proposta de Manejo. In: Anais do SIMPÓSIO DE ÁREAS PROTEGIDAS CONSERVAÇÃO NO ÂMBITO DO CONE SUL, 2.Pelotas: UCP, 2003.

SOCIETY, The Internatinal Ecoturism. Whatis Ecotourism? Fonte: The International Ecotourism Society: https://www.ecotourism.org/what-is-ecotourism, 2015. Acesso em 15/03/2020.

TRIGO, L.G.G. Turismo Básico. São Paulo, SP: SENAC, 1998.

Downloads

Publicado

2021-05-07

Como Citar

Silva-Júnior, J. M. da, Souza, L. G. M. de, Weysfield, F. Q., Martins, M. A., & Silva, F. J. de L. (2021). Uma proposta de valoração do turismo de mergulho e surf nas Unidades de Conservação marinhas do Arquipélago de Fernando de Noronha (PE). Revista Brasileira De Ecoturismo (RBEcotur), 14(2). https://doi.org/10.34024/rbecotur.2021.v14.11118

Edição

Seção

Artigos
Recebido em 2020-08-28
Aceito em 2020-11-08
Publicado em 2021-05-07