Viagens ao Amanã: experiências, relatos e propostas de base comunitária na Amazônia

Autores

  • Eduardo de Ávila Coelho Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG
  • Bernardo Machado Gontijo Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG

DOI:

https://doi.org/10.34024/rbecotur.2021.v14.11044

Palavras-chave:

Viagens experimentais, Relatos de Viagens, Turismo de Base Comunitária, Reserva Amanã, Amazônia

Resumo

Comunidades locais se organizam para trabalhar com o turismo em áreas protegidas na Amazônia. Esta realidade é cada vez mais frequente, com exemplos no Brasil, Peru, Equador, entre outros. Desde 2006, é também realidade na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Amanã, no estado do Amazonas, onde técnicos e pesquisadores trabalham junto às comunidades do lago Amanã, trazendo o tema do turismo para discussão, oferecendo apoio e coletando informações para ajudá-los a desenvolver o turismo em seus territórios. Para conferir aos moradores experiencia prática e autonomia na tomada de decisão, a partir de 2010 foram realizadas viagens experimentais, levando turistas para visitarem a região. As viagens tiveram diversos níveis de envolvimento dos habitantes, utilizaram distintas estruturas logísticas e propiciaram diferentes tipos de experiências para os envolvidos. E assim, serviram para apoiar ideias e conceitos em questões práticas, que por sua vez possibilitam aos moradores tomar decisões sobre um formato de turismo a ser implementado (ou não) pelas comunidades. Com base nessas experiências e nos relatos das ‘Viagens ao Amanã’, são discutidas diversas questões sobre o turismo de base comunitária, enfatizando a visão dos visitantes e as proposições dos comunitários sobre o tipo de turismo que pretendem desenvolver.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA, F. Viagens turísticas como experiências de fronteiras. Revista Brasileira de Ecoturismo, São Paulo, v.6, n.1, 2013, p. 13-28.

AMAZONAS. Decreto nº 19.021, de 04 de agosto de 1998. Cria a Unidade de Conservação denominada Reserva de Desenvolvimento Sustentável Amanã, RDS Amanã, e dá outras providências. Diário Oficial do Estado do Amazonas, Poder Executivo, Manaus, 6 ago. 1998. v. 104, n. 28978.

ARAÚJO, G., GELBCKE, D. Turismo Comunitário: Uma perspectiva ética e educativa de desenvolvimento. Revista Turismo Visão e Ação, v.10, n.3, 2008, p. 357-378.

BALLESTEROS, E.; RAMÍREZ, M. Tourism that Empowers? Commodification and Appropriation in Ecuador’s Turismo Comunitario. Critique of Anthropology. n.30, n.2, 2010, p. 201-229.

BERNARDON, B.; BERNARDON, G. Relatório de estudo sobre potencialidade para o turismo de observação de aves nas Reservas de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá e Amanã, Amazonas, Brasil. Relatório interno, IDSM, Tefé, 2012.

BRUNER, E. Transformation of self in tourism. Annals of Tourism Research, v.18, 1991, p. 238-250.

CEZAR, T. Entre antigos e modernos: a escrita da história em Chateaubriand. Ensaio sobre historiografia e relatos de viagem. Almanack Braziliense. São Paulo, n.11, 2010, p. 26-33.

CODA, J.; DITT, E.H.; UEZU, A. Avaliação do Projeto de Turismo com Base Comunitária do IPÊ, no Baixo Rio Negro (AM). Revista Brasileira de Ecoturismo, São Paulo, v.4, n.3, 2011, p. 417-440.

COELHO, E. Viabilidade do Turismo de Base Comunitária na RDS Amanã. Relatório técnico final das atividades de bolsa/CNPq. Programa de Turismo de Base Comunitária. IDSM: Tefé, 2012.

COELHO, E. Refletindo sobre turismo de base comunitária em Unidades de Conservação através de uma perspectiva amazônica. Revista Brasileira de Ecoturismo, São Paulo, v.6, n.1, 2013, p. 313-326.

COHEN, E. Toward A Sociology of International Tourism. Social Research, v.39, n.1, 1972, p. 164-182.

DOLEZAL, C.; NOVELLI, M. Power in community-based tourism: empowerment and partnership in Bali, Journal of Sustainable Tourism, 2020, p. 1-19.

IRVING, M. Reinventando a reflexão sobre turismo de base comunitária: inovar é possível? In.: BARTHOLO, R,; SANSOLO, D.G.; BURSZTYN, I. (orgs.). Turismo de base comunitária: diversidade de olhares e experiências brasileiras. Rio de Janeiro: Letra e Imagem, 2009, p. 108-121.

MALDONADO, C. O turismo rural comunitário na América Latina: gênesis, características e políticas. In.: BARTHOLO, R,; SANSOLO, D.G.; BURSZTYN, I. (Orgs.). Turismo de base comunitária: diversidade de olhares e experiências brasileiras. Rio de Janeiro: Letra e Imagem, 2009, p. 45-54.

OZORIO, R. Inventário da oferta turística potencial da RDS Amanã. Relatório técnico final das atividades de bolsa/CNPq. Programa de Turismo de Base Comunitária. Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, Tefé, 2009.

REYES, F. Identidad territorial y el turismo vivencial: Caso departamento de Ancash. Investigaciones Sociales, Lima (PE), v.15, n.27, 2011, p.105-119.

SAMPAIO, C. Turismo como Fenômeno Humano: princípios para pensar a ecossocioeconomia do turismo e sua prática sob a denominação turismo comunitário. Turismo em Análise, v.18, n.2, 2007, p. 148-165.

SANSOLO, D.; BURSZTYN, I. Turismo de base comunitária: potencialidade no espaço rural brasileiro. In.: BARTHOLO, R,; SANSOLO, D.G.; BURSZTYN, I. (Orgs.). Turismo de base comunitária: diversidade de olhares e experiências brasileiras. Rio de Janeiro: Letra e Imagem, 2009, p. 142-161.

SEMA (Secretaria Estadual de Meio Ambiente – AM). Plano de Gestão da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Amanã. Série Técnica Planos de Gestão. Tefé, 2019.

TODOROV, T. A viagem e seu relato. Revista de Letras, São Paulo, v.46, n.1, 2006. p. 231-244.

VILLELA, J. Resenha de: Corpo e Alma – Notas Etnográficas de um Aprendiz de Boxe. Mana, Rio de Janeiro, v.8, n.2, 2002, p. 220-222.

WEARING, S., NEIL, J. Ecoturismo: Impactos, potencialidades e possibilidades. Barueri: Manole, 2001.

ZAOUAL, H. Do turismo de massa ao turismo situado: quais as transições? In.: BARTHOLO, R,; SANSOLO, D.G.; BURSZTYN, I. (Orgs.). Turismo de base comunitária: diversidade de olhares e experiências brasileiras. Rio de Janeiro: Letra e Imagem, 2009, p. 55-75.

Downloads

Publicado

2021-11-01

Como Citar

Coelho, E. de Ávila, & Gontijo, B. M. (2021). Viagens ao Amanã: experiências, relatos e propostas de base comunitária na Amazônia. Revista Brasileira De Ecoturismo (RBEcotur), 14(4). https://doi.org/10.34024/rbecotur.2021.v14.11044
Recebido em 2020-08-07
Aceito em 2021-05-14
Publicado em 2021-11-01