E o Turismo do Mandacaru com o farol (temporariamente) fechado?!? Percepções da comunidade - atores da atividade

  • Marcelo Aragão Saldanha Instituto Federal do Maranhão, Barreirinhas, MA
  • Leonardo Augusto Lobato Bello Universidade da Amazônia, Belém, PA
  • Sílvia Helena Ribeiro Cruz Universidade Federal do Pará, Belém, PA
  • Monique Oliveira Serra Instituto Federal do Maranhão, Barreirinhas, MA
Palavras-chave: Farol; Mandacaru; Barreirinhas; Percepções da comunidade; Turismo

Resumo

O trabalho objetiva inicialmente, caracterizar o importante atrativo turístico/cultural farol das Preguiças, popularmente chamado de farol do Mandacaru, construído pela Marinha do Brasil em 1940, e estabelecido na cidade de Barreirinhas/MA, junto ao povoado ribeirinho de mesmo nome. Encontrando-se temporariamente fechado, visto o comprometido estado da sua construção, tem afetado diretamente os ganhos inerentes a atividade turística – sendo ele, já por muitos anos, uma habitual parada do circuito Pequenos Lençóis. No que tange a busca de respostas para a compreensão das percepções da comunidade, visto as dificuldades ora vividas, se aplica um questionário estruturado (de características mais qualitativas), provido de 10 (dez) indagações, entre abertas e fechada. Quanto aos resultados obtidos, estes apontam para as evidências de uma significativa interrupção na dinâmica da economia do lugarejo, que tem no Turismo, a sua oportunidade motriz.

Referências

FFEITOSA, A.C. Lençóis Maranhenses, relação homem-ambiente na comunidade Ponta do Mangue, Barreirinhas – Maranhão: evolução geomorfológica da paisagem costeira leste do Maranhão, papel dos agentes naturais na modelagem do ambiente na foz do rio Preguiças. São Luís: Edufma, 2015.

FIBRAS e tramas de Barreirinhas. Rio de Janeiro: IPHAN, CNFCP, 2012. (sala do artista popular, n. 178)

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Brasília, 2018. Disponível em: . Acesso em: 14 set. 2019.

LIMA, J.M.B. As belezas e os mistérios do rio Preguiças: Lençóis Maranhenses, explosão de vida. Barreirinhas: 2006. Segunda edição.

RAMOS, B. História de Barreirinhas: portal dos Lençóis Maranhenses. São Luís, 2008.

RAMOS, B. História de Barreirinhas: portal dos Lençóis Maranhenses. São Luís, 2019. Segunda edição.

SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA DO ESTADO DO MARANHÃO. Relatório Técnico de Vistoria do Farol das Preguiças. Maranhão: Governo do Maranhão/SINFRA/SEAPROJ, 2019.

SECRETARIA DE TURISMO DO ESTADO DO MARANHÃO. Relatório de Zoneamento e Plano Estratégico de Desenvolvimento do Turismo do estado do Maranhão. São Luís: Governo do estado do Maranhão, 2010.

SILVA, D.L.B. Turismo em unidades de conservação: Contribuições para a prática de uma atividade turística sustentável no parque nacional dos Lençóis Maranhenses. Brasília: Universidade de Brasília, 2008.

TSUJI, T. Região dos Lençóis Maranhenses: Cenários futuros de ecoturismo e desenvolvimento sustentável. Curitiba: Juruá, 2004.

YÁZIGI, E. A alma do lugar: turismo, planejamento e cotidiano em litorais e montanhas. São Paulo: Contexto, 2003.

Publicado
2020-07-17
Como Citar
Saldanha, M. A., Bello, L. A. L., Cruz, S. H. R., & Serra, M. O. (2020). E o Turismo do Mandacaru com o farol (temporariamente) fechado?!? Percepções da comunidade - atores da atividade. Revista Brasileira De Ecoturismo (RBEcotur), 13(3). https://doi.org/10.34024/rbecotur.2020.v13.10166

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##