Tráfico e escravidão: cuidar da saúde e da doença dos africanos escravizados

Palavras-chave: doença de escravo, qualidade de vida, saúde do escravo

Resumo

A História da Escravidão e a História das Ciências se unem com o objetivo de elucidar o tratamento dispensado aos escravos no campo do cuidado da saúde e da doença. O intuito desse artigo é assinalar a informação relativa às condições de saúde e doenças dos escravos existentes nas Santas Casas de Misericórdia, nos presídios, nos registros de óbitos dos cemitérios e nas avaliações de escravos existentes nos testamentos. Tal esforço pretende contribuir para identificar a possível existência de um “sistema de saúde do escravo”.

Biografia do Autor

Jorge Luiz Prata de Sousa, Professor da pós-graduação do Programa de Doutorado da Universidade Salgado de Oliveira - UNIVERSO.

Bacharel e Licenciado em História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1982), Mestre em Estudios Latinoamericanos História - Universidad Nacional Autónoma de México (1984) e Doutor em História Social pela Universidade de São Paulo (1999). Pós-doutorado na Escola Nacional de Saúde Pública/FIOCRUZ (2008). Atualmente é professor nível C estatutário - Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro, coordenador do Mestrado em História do Brasil da Universidade Salgado de Oliveira (2005-2013) professor titular da mesma universidade. Professor designado para a graduação na Universidade do Estado de Minas Gerais - UEMG (2013-2014), unidade Leopoldina.Coeditor da REDE-A Revista de Estudos Afro-americanos.Lider do Grupo de Pesquisa/CNPq "Sociedade, cultura e trabalho da zona da Mata mineira, século XVIII a XX". Atuando, principalmente, nos seguintes temas: escravidão urbana, tráfico ilícito, trabalho escravo, Guerra do Paraguai, demografia histórica, história social da doença.

Publicado
2019-09-18
Como Citar
Sousa, J. L. P. de. (2019). Tráfico e escravidão: cuidar da saúde e da doença dos africanos escravizados. Almanack, (22), 153-206. Recuperado de https://periodicos.unifesp.br/index.php/alm/article/view/1380
Seção
Dossiê História das Doenças e das Práticas de Curar no Oitocentos