Portos e Cidades Portuárias: Algumas Considerações Historiográficas

  • CEZAR TEIXERA HONORATO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE
Palavras-chave: Portos, Cidades e Mundo Atlântico

Resumo

Ao longo de mais de duas décadas tenho me dedicado à reflexão da relação entre porto e cidade no Brasil. Inicialmente em minha tese de doutorado e, posteriormente nos vários grupos de pesquisa os quais participo, dentre eles o nosso “Grupo de Pesquisa Estudos do Atlântico e da Diáspora africana”.
Para este Congresso, achei por bem trazer algumas das reflexões teórico-metodológicas que temos desenvolvido com minha equipe da UFF e um pouco da maneira como tenho com elas lidado. Mas ainda, pela percepção de que estes aspectos acabam sendo supostos e não debatidos como deveriam.
Primeiramente, temos que definir mais claramente o período e a realidade a qual devemos dar atenção. Afinal, tanto o porto quando as cidades são realidades dinâmicas, em que constantes construções, reconstruções não só são devido às suas realidades intrínsecas, às exteriores e à própria dialética existente entre eles.
Ressalve-se que estamos falando de portos e cidades portuárias, não apenas de cidades litorâneas, mas daquelas onde a atividade portuária interfere diretamente na configuração da cidade e na sua dinâmica urbana, econômica, social e cultural. Isto por si só, reduz a nossa problemática a algumas cidades brasileiras onde realmente o porto é intrínseco a sua própria existência.
Para o historiador de ofício isto já é um grande problema: estamos lidando com uma realidade em constante processo de mudança e, dependendo do período, muito rápidas. É como se tivéssemos uma equação com várias incógnitas – variáveis – e que, como em toda equação, forma um sistema dialético onde dependendo do valor de cada uma delas, altera-se o resultado final.
No caso de um porto capitalista tal realidade é ainda mais complexa por envolver diretamente interesses locais, nacionais e internacionais na sua operação, além, é claro, do surgimento de outros setores econômicos e sociais que dependem, direta ou indiretamente, da atividade portuária.
Exatamente por tais aspectos que agora apenas apontamos, podemos perceber a necessidade do historiador definir com clareza qual o seu foco temático, o período cronológico, a metodologia a ser utilizada e as fontes de pesquisa a serem trabalhadas.
Tentando avançar um pouco mais para podermos explorar uma questão com tantas variáveis - sem nos descolarmos de uma perspectiva de uma história global -temos que “congelar” um tempo, ou seja, definir uma cronologia que dê conta, ao mesmo tempo da especificidade do objeto e da própria conjuntura mais geral.

Biografia do Autor

CEZAR TEIXERA HONORATO, UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

Professor Titular em História Econômica e Social do Instituto de História da UFF, possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal Fluminense (1983), mestrado em História pela Universidade Federal Fluminense (1987) e doutorado em História Econômica pela Universidade de São Paulo (1994). Atualmente Professor da Universidade Federal Fluminense Lider do Grupo de Pesquisa O BRASIL E O MUNDO ATLÂNTICO: PORTOS, NEGÓCIOS E CIDADES, Coordenador Adjunto do PROJETO INTERNACIONAL EMPRESAS, PUERTOS Y CIUDADES (ESPANHA/CUBA/BRASIL) - www.estudiosatlanticos.com - e Membro do Grupo de Pesquisa Polis ? Laboratório de História Econômico-Social - Forum do Rio de Janeiro, Coordenador do Projeto Internacional Empresas, Puertos y Ciudades (Espanha/Cuba/Brasil), Presidente do Observatório Urbano Estado do Rio de Janeiro, consultor internacional - Habitat Organização das Nações Unidas Escritório Regional Para América Latina e PNUD, professor visitante da Universidade Federal do Amazonas, - revista historia e economia, - Analecta (UNICENTRO) , - INTERCIENCIA - REVISTA DE CIENCIA Y TECNOLOGIA DE AMERICA, - Revista Rio de Janeiro, - Em Pauta (Rio De Janeiro) , - Revista de Economia Política e História Econômica (São Paulo). Tem experiência na área de Ciência Política, com ênfase em Políticas Públicas, atuando principalmente nos seguintes temas: , historia econômica, historia urbana e industrial e História Portuária

Publicado
2019-05-30
Como Citar
HONORATO, C. T. (2019). Portos e Cidades Portuárias: Algumas Considerações Historiográficas. Almanack, (21), 63-97. Recuperado de https://periodicos.unifesp.br/index.php/alm/article/view/1357
Seção
Dossiê História Marítima e Portuária