Modernização esquecida, construindo pontes e estradas no Brasil Imperial

engenheiros e artífices em uma região exportadora em Minas Gerais (1850-1875)

Autores

  • Télio Anísio Cravo Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.1590/2236-463320130609

Palavras-chave:

região da Mata mineira, século XIX, modernização

Resumo

Este artigo analisa a modernização da infraestrutura viária no terceiro
quartel do século XIX na região da Mata mineira, com base no Banco
de Dados dos Processos de Construção de Estradas e Pontes. Verifica-se
que a região da Mata presenciou (I) a intensa circulação de engenheiros
e, consequentemente, a junção de problemas técnicos e econômicos na
edificação de pontes e estradas; (II) a fragilidade do sistema de patentes
de 1830 na tentativa de construção e difusão de uma ponte pênsil no
Brasil; (III) a existência de rotas internas que atendiam à circulação
agropecuária mercantil. O artigo mostra as relações entre o mercado
(setor de exportação e abastecedor de gêneros alimentícios), o Estado e
os transportes.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Publicado

2022-01-03

Como Citar

Cravo, T. A. . (2022). Modernização esquecida, construindo pontes e estradas no Brasil Imperial: engenheiros e artífices em uma região exportadora em Minas Gerais (1850-1875). Almanack, (6). https://doi.org/10.1590/2236-463320130609

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Obs .: Este plugin requer que pelo menos um plugin de estatísticas / relatório esteja ativado. Se seus plugins de estatísticas fornecerem mais de uma métrica, selecione também uma métrica principal na página de configurações do site do administrador e / ou nas páginas de configurações do gerente da revista.