A Independência e uma cultura de história no Brasil

Autores

  • João Paulo Pimenta Universidade de São Paulo
  • César Augusto Atti Universidade de São Paulo
  • Sheila Virginia Castro Universidade de São Paulo
  • Nadiesda Dimambro Universidade de São Paulo
  • Beatriz Duarte Lanna Universidade de São Paulo
  • Marina Pupo Universidade de São Paulo
  • Luís Otávio Vieira Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.1590/2236-463320140801

Palavras-chave:

Independência, cultura de História, história pública, ensino de história

Resumo

O objetivo deste artigo é propor uma análise preliminar de atitudes e
valores que os brasileiros da atualidade nutrem diante de um fato histórico
específico – a Independência do Brasil – bem como refletir acerca das
relações de tais valores e atitudes com condições acadêmicas de formulação
intelectual em torno do fato histórico. A investigação está baseada em livros
didáticos, best-sellers, vídeos, filmes e magazines de história, bem como
em uma pesquisa de opinião pública. Por fim, o artigo discute a noção de
“cultura de história”, e como a mesma pode eventualmente pautar valores
sociais dos brasileiros em relação ao passado.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-01-03

Como Citar

Pimenta, J. P. ., Atti, C. A. ., Castro, S. V. ., Dimambro, N. ., Duarte Lanna, B. ., Pupo, M., & Vieira, L. O. . (2022). A Independência e uma cultura de história no Brasil. Almanack, (8). https://doi.org/10.1590/2236-463320140801

Edição

Seção

Artigos