Escola das Américas:

treinamento militar e ideológico no Canal do Panamá

  • Henrique Sena Guimarães Lopes Graduado em História pela Universidade Federal de Minas Gerais.
Palavras-chave: Escola das Américas, Relações militares EUA-América Latina, Doutrina de Segurança Nacional

Resumo

O presente artigo apresenta a discussão sobre o treinamento militar fornecido pelos Estados Unidos como instrumento para consolidar e/ou capacitar ações relacionadas à Doutrina de Segurança Nacional. Treinamento esse, ofertado na Escola das Américas que se situava no Canal do Panamá, através de manuais com instruções de interrogatório, contra inteligência, manejo de fontes e outros de caráter doutrinário.

Referências

AYERBE, Luiz Fernando. Estados Unidos e America Latina: a construção da hegemonia. São Paulo: UNESP, 2002.

BRANDÃO, Priscila Carlos. Serviços secretos e democracia no Cone Sul: premissas para uma convivência legítima, eficiente e profissional. Niterói, RJ: Impetus, 2010.

COMBLIN, Joseph. A ideologia da segurança nacional: o poder militar na América Latina. Rio de Janeiro: Ed. Civilização Brasileira, 1978.

DUARTE-PLON, Leneide. A tortura como arma de guerra. Da Argélia ao Brasil: como os militares franceses exportaram os esquadrões da morte e o terrorismo de Estado. 1º ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2016.

GILL, Lesley. Escuela das Américas: Entrenamiento militar, violencia política e impunidad en las Américas.1º Ed. Santiago: Lom, 2005.

MATTOS, Dias Dionysious de. A infame academia: A história da escola das Américas sob a doutrina de segurança nacional na América Latina (1959-1989). Monografia de Graduação em História, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2013.

PADRÓS, Enrique Serra. "A ditadura civil-militar uruguaia doutrina e segurança nacional". Varia Historia, Vol. 28, Nº 48, Belo Horizonte, jul/dez 2012, p.495-517.

_____. Como el Uruguay no hay...: Terror de estado e Segurança Nacional, Uruguai (1968-1985): Do Pachecato à ditadura civil militar. Tese de Doutorado. Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2005.

POLLAK, Michael. "Memória, esquecimento, silêncio". Revista Estudos Históricos, V.2 Nº 3, p 3-15, 1989.

QUADRAT, Samantha. "A preparação dos agentes de informação e a ditadura civil-militar no Brasil (1964-1985)". Varia Historia, Vol. 28, Nº 47, Belo Horizonte, jan/jun 2012, p. 19-41.

SCHILLING,Voltaire. Estados Unidos x América Latina: as etapas da dominação. 3º ed. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1989.SCHOULTZ, Lars. Estados Unidos: poder e submissão, uma história da política norte-americana em relação à America Latina. Bauru, SP: Edusc, 2000.

TOTA, Antônio Pedro. O imperialismo sedutor. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

Publicado
2019-03-25
Como Citar
Lopes, H. S. G. (2019). Escola das Américas:. Revista Hydra: Revista Discente De História Da UNIFESP, 1(2), 186-200. https://doi.org/10.34024/hydra.2016.v1.9131
Seção
Artigos Livres