Risco, medo e vulnerabilidade: uma análise narrativa sobre os profissionais de saúde durante a pandemia de Covid-19 no Brasil

Autores

  • Marcus Vinícius Martins Silva

DOI:

https://doi.org/10.34024/pensata.2021.v10.13024

Resumo

Desde o início da pandemia de Covid-19 no Brasil foi observado que os profissionais de saúde que atuam na linha de frente em unidades de saúde em todo o país tiveram impactos significativos em sua saúde e rotina (LOTTA; et al. 2021). Adicionado a esse cenário, a identidade desses profissionais é vista popularmente de maneira estigmatizada (GOFFMAN, 1963) por estarem cotidianamente lidando de perto com pacientes contaminados com o coronavírus (Sars-CoV-2). Com base nisso, buscamos analisar nessa pesquisa os impactos que tem intensificado cada vez mais a vida e rotina desses profissionais durante a pandemia, tais como ansiedade, depressão e estresse (CAMPOS; et al. 2021). Nesse cenário de vulnerabilidade, a contaminação e a morte, respectivamente, têm se tornado cada vez mais comuns em suas rotinas; ao passo que se vêem, quase sempre, sem alternativas para subverterem a situação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-04-19

Como Citar

Vinícius Martins Silva , M. . (2022). Risco, medo e vulnerabilidade: uma análise narrativa sobre os profissionais de saúde durante a pandemia de Covid-19 no Brasil. Pensata: Revista Dos Alunos Do Programa De Pós-Graduação Em Ciências Sociais Da UNIFESP, 10(2). https://doi.org/10.34024/pensata.2021.v10.13024

Edição

Seção

Dossiê
Recebido: 2021-12-07
Aceito: 2022-02-11
Publicado: 2022-04-19