Etnopsicanálise no Brasil: revisando literaturas e contextualizando subjetividades

Autores

  • João Paulo Siqueira Universidade de Brasília
  • Luiz Otávio Vieira Universidade de Brasília
  • Emilly Lima Universidade de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.34024/pensata.2021.v10.11047

Resumo

Este trabalho se interessou pela constituição histórica da etnopsicanálise, por sua concepção e recepção no Brasil e pelas potencialidades de intersecção entre a antropologia e a psicanálise na compreensão de subjetividades constituídas nas realidades pós-coloniais. Para isso, foi realizada uma revisão de literatura sobre esse tema em 6 bases de dados: Scielo, Banco de Teses e Dissertações (BDTD), PePsic, LILACS, Periódicos da CAPES e Google Acadêmico, com recorte temporal de 2010 a 2019. Após análise de elegibilidade, incluímos 6 trabalhos de diferentes naturezas, entre articulações teóricas, relatos clínicos e teses de doutorado. Percebemos um baixo número de produções nacionais sobre a etnopsicanálise e também sobre uma prática psicanalítica transcultural.Esperamos que em breve seja possível enveredar sobre várias produções que nos permitam falar a respeito de uma etnopsicanálise à brasileira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-08-25

Como Citar

Siqueira, J. P., Vieira, L. O., & Lima, E. (2021). Etnopsicanálise no Brasil: revisando literaturas e contextualizando subjetividades. Pensata: Revista Dos Alunos Do Programa De Pós-Graduação Em Ciências Sociais Da UNIFESP, 10(1). https://doi.org/10.34024/pensata.2021.v10.11047
Recebido em 2020-08-07
Aceito em 2021-06-01
Publicado em 2021-08-25