O O conceito de aristocracia operária em Lênin e Hobsbawm e os trabalhadores gráficos brasileiros nas décadas de 20 e 30

  • Lucas Andreto Unesp - Marília

Resumo

O presente artigo busca evidenciar as diferenças entre o conceito de “aristocracia operária” em Vladimir Lênin e em Eric Hobsbawm com o objetivo de debater a tese levantada pelo autor E. Gualberto a respeito dos trabalhadores gráficos brasileiros na década de 20 e 30. Gualberto, fundamentado em Hobsbawm e Lênin defende que os gráficos não constituíam uma “aristocracia operária”. De nossa parte, buscamos mostrar que sob o ponto de vista de Hobsbawm, os gráficos constituíam uma “aristocracia operária” e, justamente por isso, tinham condições de desempenhar um papel de vanguarda no movimento operário brasileiro.

Publicado
2020-07-28
Como Citar
Andreto, L. (2020). O O conceito de aristocracia operária em Lênin e Hobsbawm e os trabalhadores gráficos brasileiros nas décadas de 20 e 30. Pensata: Revista Dos Alunos Do Programa De Pós-Graduação Em Ciências Sociais Da UNIFESP, 9(1). https://doi.org/10.34024/pensata.2020.v9.10442