Estratégias para modificar hábitos de sono, alimentação e atividade física no combate à obesidade infantil

  • Mariana Bezerra Rocha Figueiredo Unifesp
  • Márcio Moysés de Oliveira UFMA
  • Cristiane Fiqueni Conti UFMA
  • João Eduardo Coin-Carvalho UNIP
  • Lucila Bizari Fernandes do Prado Unifesp
  • Gilmar Fernandes do Prado Unifesp
  • Luciane Bizari Coin de Carvalho Unifesp

Resumo

Introdução. A obesidade é um problema de saúde pública e, portanto, a intervenção para reduzir essa epidemia se torna uma necessidade primordial. O objetivo deste estudo foi determinar a eficácia de estratégias para modificar hábitos de sono, alimentação e atividade física no combate à obesidade infantil em crianças em idade escolar. Método. Trata-se de uma revisão sistemática de estudos randomizados, com crianças de 6 a 10 anos, sobre intervenções para redução de peso, melhora da atividade física e sono, com os desfechos de Índice de Massa Corporal (IMC) e circunferência da cintura (CC). Resultados. Sete artigos foram incluídos. O programa Girls’ health Enrichment Multi-site Studies (GEMS) - 12 semanas apresentou: o IMC (p=0,28) e a CC (p <0,001) foram menores para o grupo intervenção em relação ao grupo controle. O programa de Intervenção Comportamental apresentou: IMC menor (p=0,44) para o grupo intervenção em relação ao grupo controle. O GEMS – 24 meses não apresentou diferenças entre os grupos. Os desfechos apresentaram heterogeneidade devido à amostra pequena e viés metodológico. Conclusão. O Programa GEMS – 12 semanas possibilitou diminuição da Circunferência da Cintura, com uma fraca qualidade de evidência. Há necessidade de mais ensaios clínicos randomizados para estratégias escolares de prevenção da obesidade, com base nas necessidades das crianças, incluindo a família e o sono, com ampliação dos desfechos estudados e tamanho da amostra.

Publicado
2019-11-05
Como Citar
Figueiredo, M. B. R., Oliveira, M. M. de, Conti, C. F., Coin-Carvalho, J. E., Prado, L. B. F. do, Prado, G. F. do, & Carvalho, L. B. C. de. (2019). Estratégias para modificar hábitos de sono, alimentação e atividade física no combate à obesidade infantil. Revista Neurociências, 24, 1-19. Recuperado de https://periodicos.unifesp.br/index.php/neurociencias/article/view/9953
Seção
Revisão Sistemática

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##