Síndrome das Pernas Inquietas

Há Quanto Tempo é Ignorada?

Autores

  • Gilmar Fernandes do Prado Professor-adjunto da EPM - Unifesp.

DOI:

https://doi.org/10.4181/RNC.2002.10.38

Palavras-chave:

Síndrome das pernas inquietas, historia da medicina

Resumo

A síndrome das pernas inquietas (SPI) é uma doença freqüente e muitas vezes debilitante, descrita há cerca de 330 anos. Thomas Willis, um dos mais famosos médicos da Londres do século XVII, deu detalhes do quadro clinico e foi o primeiro que se tem noticia a utilizar opioides para o tratamento dessa doença. Karl Axel Ekbom, após um longo período de dormência desse assunto na literatura médica, voltou a dar atenção à doença, tendo sido responsável pela sua descrição sob a moderna forma do pensar médico: a clínica. Ekbom trabalhou desde 1944 até o final de sua carreira fazendo observações sobre essa doença, tendo sido o responsável pelo alavancamento de pesquisas que hoje ocorrem envolvendo essa entidade. Apresentamos no corpo do artigo, os textos de Willis sobre a SPI, uma leitura não muito mas interessante, e também algumas palavras sobre a medicina pré-clinica.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Ekbom KA. Asthenia crurum paraesthetica (irritable legs). Acta Med Scandinav, 118:197-209, 1944

Ekbom KA. Restless legs. Acta Med Scandinav, 158(suppl):1-123, 1945. a

Ekbom KA. Restless legs syndrome. Neurology, 10:868-73, 1960.

Foucault M. 0 nascimento da clinica. Rio de Janeiro, Forense-Universitaria, 1980.

Vieira RM. A mente humana: uma aproximação filosófca no seu conhecimento. [Tese de Doutorado — Universidade Federal de Sao Paulo], 1985, Sao Paulo, SP, Brasil. R Willis T The London Practice of Physick. Basset T and Crooke W (eds.), ed., London, 1685, pp. 404-5.

Willis T. The London Practice of Physick. Basset T. Dring T, Harper C, and Crooke W (eds.), 20° ed., London, 1692, pp. 412-5.

Willis T. De Anime Brutorum. Wells and Scott. London, 1672, pp. 339-41.

Downloads

Publicado

2002-04-30

Como Citar

Prado, G. F. do. (2002). Síndrome das Pernas Inquietas: Há Quanto Tempo é Ignorada?. Revista Neurociências, 10(1), 38–43. https://doi.org/10.4181/RNC.2002.10.38

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 6 > >>