Avaliação da capacidade funcional de idosos em tratamento fisioterapêutico

Autores

  • Laiz Helena de Castro Toledo Guimarães Fisioterapeuta, Professora do Curso de Fisioterapia – UNILAVRAS
  • Débora C. A. Galdino Aluno do Curso de Fisioterapia – UNILAVRAS
  • Fábio Luiz Mendonça Martins Aluno do Curso de Fisioterapia – UNILAVRAS
  • Simone R. Abreu Aluno do Curso de Fisioterapia – UNILAVRAS
  • Mary Lima Aluno do Curso de Fisioterapia – UNILAVRAS.
  • Débora Fernandes de Melo Vitorino Fisioterapeuta, Professora do Curso de Fisioterapia – UNILAVRAS

DOI:

https://doi.org/10.34024/rnc.2004.v12.8859

Palavras-chave:

Idosos, Capacidade funcional, Fisioterapia

Resumo

Com o avançar da idade as perdas funcionais tornam-se evidentes e o idoso deixa de realizar atividades básicas da vida diária, diminuindo assim sua capacidade funcional. A capacidade funcional é dimensionada em termos de habilidade e independência para realizar determinadas atividades, sendo esta um dos grandes componentes da saúde do idoso. Objetivo: identificar a capacidade funcional dos idosos em tratamento fisioterápico. Métodos: Foram avaliados 40 idosos que encontravam-se em tratamento fisioterápico na clínica escola do UNILAVRAS, nos setores de neurologia e ortopedia. Foi utilizado o Índice de Katz para avaliar a Capacidade Funcional. Resultados: Os resultados obtidos demonstram que houve diferença estatisticamente significativa entre os pacientes ortopédicos e neurológicos, sendo que os primeiros apresentaram um maior nível de independência (p=0,003) e nenhum deles apresentou-se totalmente dependente (p=0,007) na realização de suas atividades diárias. Conclusão: os idosos em tratamento fisioterápico por patologias neurológicas apresentam menor capacidade funcional e, conseqüentemente, uma maior dependência daqueles que apresentam patologias ortopédicas

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

. Fedrigo CRAM. Fisioterapia na Terceira Idade- O Futuro de Ontem é Realidade de Hoje. Rev Reabilitar 1999; 5: 18:26

. Chaimowicz F. A saúde dos idosos brasileiros às vésperas do século XXI: problemas, projeções e alternativas.1996. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo. Acesso em: 16 de setembro de 2002.

. Ramos LR. Fatores determinantes do envelhecimento saudável em idosos residentes em centro urbano: Projeto Epidoso, São Paulo. 2003. Disponível em: http://www.scielosp.org/scielo. Acesso em: 21 de junho de 2003.

. Souza JAG. Iglesias ACRG.Trauma no Idoso. Rev Associação Médica Brasileira 2002; 79-86.

. Cordeiro RC, Dias RC, Dias RC et al. Concordância entre observadores de um protocolo de avaliação fisioterapêutica em idosas institucionalizadas. Rev de Fisioter 2002; 9: 69-77.

. Santos LD, Salmela LFT, Lelis FO et al. Eficácia da Atividade Física na manutenção do desempenho funcional do idoso : revisão de literatura. Rev Fisioter Brasil 2001; 2 (3).

. Silvestre JA, Costa Neto MM. Abordagem do idoso em programas de saúde família. mai/jun., 2003. Disponível em: http://www.scielo.com.br. Acesso em: 16 de Agosto de 2003.

. Ramos MP. Apoio Social e saúde entre idosos. Jan-Jun 2002. Disponível em: http://www.scielosp.org/scielo.

. Chiovatto J. Reabilitação em Geriatria. In: PAPALÉO NETTO, M. A velhice e o envelhecimento em visão globalizada. São Paulo: Atheneu, cap.29, 324-330p., 2002.

Lima-Costa MF, Barreto SM, Giatti L. Condições de saúde, capacidade funcional, uso de serviços de saúde e gastos com medicamentos da população idosa brasileira:um estudo descritivo baseado na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios 2003 . http://www.scielo.br/scielo. Acesso em: 21 de junho de 2003.

Lucena NMG, Guerra RO, Lucena AB. et al. Análise da capacidade funcional em uma população geriátrica institucionalizada em João Pessoa. Fisioterapia Brasil, 2002; 3 (3).

Downloads

Publicado

2004-09-30

Como Citar

Guimarães, L. H. de C. T., Galdino, D. C. A., Martins, F. L. M., Abreu, S. R., Lima, M., & Vitorino, D. F. de M. (2004). Avaliação da capacidade funcional de idosos em tratamento fisioterapêutico. Revista Neurociências, 12(3), 130–133. https://doi.org/10.34024/rnc.2004.v12.8859

Edição

Seção

Artigos Originais
##plugins.generic.dates.received## 05/02/2019
##plugins.generic.dates.published## 30/09/2004

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.