História da Esclerose Lateral Amiotrófica no Brasil

Autores

  • Abrahão Augusto Juviniano Quadros Fisioterapeuta, Mestre em Ciências da Saúde pela Universidade Federal de São Paulo – Escola Paulista de Medicina. Presidente da ABRELA – Associação Brasileira de esclerose Lateral Amiotrófica

DOI:

https://doi.org/10.34024/rnc.2006.v14.8766

Palavras-chave:

Suplemento

Resumo

.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Freitas CS. Sobre um caso de esclerose lateral amyotrophica. Brazil-Medico, anno XXIII, num 42, pag. 421-22, 8 de novembro de 1909. Publicado também no Arch Bras Psychiatr Neurol Med Legal 1910: 71.

Monteiro E. Um caso de esclerose lateral amyotrophica. Gazeta Clínica de São Paulo, 1913, p.144.

Castro A. Tractado de Semiótica Nervosa: Semiótica das formas exteriores e das desordens motoras. Rio de Janeiro: F. Briguiet & Cia., Livreiros –Editores, 1914.

Vianna G. A respeito de um caso de Mal de Charcot (Typo Mixto). Revista dos Cursos da Faculdade de Medicina de Porto Alegre, 1915.

Silva RM. Mal de Charcot (A Respeito de Um Caso de Início bulbar)” – These apresentada a Faculdade de Medicina de Porto Alegre/RS, em 2 de outubro de 1916.

Guedes L, Cabral N. Caso Clínico de Aspecto de E.L.A.”. Revista dos Cursos da Faculdade de Medicina de Porto Alegre, 1918.

Duarte OLP. Em torno de um caso de Esclerose Lateral Amyotophica (forma paraplegica)” These apresentada a Faculdade de Medicina de Porto Alegre/RS em Dezembro de 1919.

Trétiakoff C, Amorim MF. Um cas de sclérose latérale amyotrophique pseudo-polynevritique, observée chez une alienée, atteinte de turbérculose intestinale. Memórias do Hospício de Juquery, pp.259-266, São Paulo, 1924.

Vianna G. Em tôrno de dois casos de esclerose lateral amyotrophica (Molestia de Charcot). Clínica Neurológica, Porto Alegre: Editores Barcellos, Bertaso & CIA, 1a. Ed., 1925, pp 219-236.

Rezende CM. Contribuições ao estudo da esclerose lateral amyotrophica (Doença de Charcot) – These de docencia livre apresentada a Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, 1926.

Espozel F, Mendes T. Sobre um caso de esclerose lateral amyotrophica de início pseudopolyneurítico.

Brazil –Medico, anno XLI, num 44, pp. 1147-1149, outubro de 1927.

Longo PW. Contribuições ao estudo da esclerose lateral amyotrophica. These apresentada a Faculdade de Medicina de São Paulo,1927.

Pires WP, Marques A. Doença de Charcot. Arch Bras Med 1929:74-81.

Austregesilo A, Esposel F. Contribuições Brasileiras ao Estudo de esclerose Lateral Amyotrophica. Brasil-Medico anno XLII n.34, 1929, p.999-1006.

Austregesilo AM. (Austregésilo Filho). Alterações da sensibilidade na doença de Charcot. These de livre docencia apresentada a congregação da Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, 1930.

Castro A – SEMIOTICA NERVOSA. Semiótica das formas exteriores e das perturbações motoras. 2a. ed. revista e augmentada. Rio de Janeiro: F. Briguiet & Cia, 1935.

Lima JMB, Mesquita N, Duro LAA, Furtado AB. Epidemiological aspects of amyotrophic lateral sclerosis in Rio de Janeiro city. Rev bras Neurol 1983; 19(3):75-78.

Gomes MM. Envelhecimento e o aumento das doenças amiotróficas: epidemiologia das doenças (crônicas) das células do corno anterior da medula. Arq Bras Med 1991;65:589-594.19.Moraes L, Goldbaum M, Silva HCA, Callegaro D. Incidence rate of amyotrophic lateral sclerosis (ALS) in São Paulo city, Brazil, 1991 – 1997. Arq Neuropsiquiatr 1998; 58(Supl 1):343.

Castro-Costa CM, Oriá RB, Machado-Filho JA. Amyotrophic lateral sclerosis. Clinical analysis of 78 cases from Fortaleza (northeastern Brazil). Arq Neuropsiquiatr 1999; 57:761-774.

Andrade Filho AS, Lima JMB, Matos AES. Perfil clínico do paciente com Esclerose Lateral Amiotrófica na Bahia – BRASIL. Rev Bras Neurol Psiquiatr 2000; 4(3):81-85.

Werneck LC, Bezerra R, Silveira Neto O, Scola RH. Esclerose Lateral Amiotrófica. Estudo línicoepidemiológico de 226 casos. O Dendrito 2002; 8:7.

Dietrich-Neto F, Callegaro D, Tosta ED, Silva HCA, Balallai MEF, Lima JMB, et al. Amyotrophic Lateral Sclerosis in Brazil: 1998 National Survey. Arq Neuro-psiquiatr 2000; 58:607-615.

Downloads

Publicado

2006-10-31

Como Citar

Quadros, A. A. J. (2006). História da Esclerose Lateral Amiotrófica no Brasil. Revista Neurociências, 14, 14–23. https://doi.org/10.34024/rnc.2006.v14.8766
##plugins.generic.dates.received## 2019-02-28
##plugins.generic.dates.published## 2006-10-31

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)