Fadiga na Esclerose Múltipla

Autores

  • Maria Fernanda Mendes Professora Doutora Assistente da Disciplina de Neurologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.34024/rnc.2007.v15.8683

Palavras-chave:

.

Resumo

.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Mendes MF. Avaliação Neuropsicológica na Esclerose Múltipla: Interferência na Fadiga e principais correlações. Tese de Doutoramento. UNIFESP, 2001.

Mendes MF, Tilbery CP, Balsimelli S, Felipe E, Moreira MA, Cruz AMB. Fadiga na forma remitente recorrente da esclerose múltipla. Arq Neuropsiquiatr 2000;58(2b):471-5.

Mendes MF, Tilbery CP, Felipe E. Fadiga e esclerose múltipla: Estudo preliminar de 15 casos através de escalas de auto avaliação. Arq Neuropsiquiatr 2000;58(2b):467-70.

Pavan K, Schimidt K, Ariça TA, Mendes MF, Tilbery CP, Lianza S. Avaliação da Fatigabilidade em pacientes com esclerose múltipla através do dinamômetro manual. Arq Neuropsiquiatr 2006;64(2-A):283-6.

Lebre AT, Mendes MF, Tilbery CP, Almeida AL, Scatolini-Neto A. Relação entre fadiga e distúrbios autonômicos na Esclerose Múltipla. Arq Neuropsiquiatr 2007;65:663-8.

Downloads

Publicado

2007-09-30

Como Citar

Mendes, M. F. (2007). Fadiga na Esclerose Múltipla. Revista Neurociências, 15(3), 181. https://doi.org/10.34024/rnc.2007.v15.8683

Edição

Seção

Editorial
##plugins.generic.dates.received## 2019-03-01
##plugins.generic.dates.published## 2007-09-30