Qualidade de vida dos cuidadores de amputados de membros inferiores

Autores

  • Marcos Henrique Dall´Aglio Foss Fisioterapeuta, Departamento de Ciências Neurológicas da Faculdade de Medicina de Rio Preto – FAMERP, São José do Rio Preto-SP, Brasil
  • Marielza R Ismael Martins Terapeuta Ocupacional, Doutora, Departamento de Ciências Neurológicas da Faculdade de Medicina de Rio Preto – FAMERP, São José do Rio Preto-SP, Brasil.
  • Mariana I Dias Martins Acadêmica de Medicina da Universidade do Vale do Sapucaí - UNIVAS, Pouso Alegre-MG, Brasil
  • José Maria Pereira Godoy

DOI:

https://doi.org/10.34024/rnc.2009.v17.8597

Palavras-chave:

Cuidadores, qualidade de vida, Amputação

Resumo

Introdução. A amputação de membros inferiores ainda é hoje um dos maiores problemas de saúde pública no Brasil. O longo período do processo de reabilitação faz com que a dependência desses pacientes exija quase que na totalidade de cuidadores. Objetivo. Avaliar a sobrecarga nos cuidadores de pacientes submetidos à amputação. Método. Avaliou-se em estudo prospectivo e aleatório 87 cuidadores de pacientes amputados no ambulatório de cirurgia vascular de um Hospital escola. Utilizou-se o Caregiver Burden Scale (CBE) para avaliação da sobrecarga do cuidador e uma entrevista semiestruturada para caracterização deste e do paciente. Resultados. Os cuidadores eram, em sua maioria, mulheres (83,3%), casadas (65,2%), média de idade de 40,5 anos, na condição de esposas (54,6%) e mães (32,1%) e moderadamente sobrecarregadas (CBE total=2,33). As variáveis tensão geral, isolamento e envolvimento emocional estavam abaixo da média em 41 cuidadores (47,5%) e decepção e ambiente, em 39 pacientes (45%). As variáveis tensão geral e isolamento versus emoção e emoção versus ambiente mostraram associação (p<0,05). Conclusão. Este estudo fornece subsídios à equipe multiprofissional mostrando que são necessárias políticas públicas efetivas, destinadas a oferecer uma rede de serviços de suporte para que melhore a qualidade de vida de todos.>

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Gamba MA, Gotlieb SLD, Bergamaschi DP, Vianna LAC. Amputações de extremidades inferiores por diabetes mellitus: estudo caso-controle. Rev Saúde Pub 2004;38(3):399-404

Buzato MAS, Tribulatto EC, Costa SM, Zorn WGW. Amputados de membros inferiores: a condição dos pacientes dois anos depois. Med Circ 2001; 128(4):111-9.

Chamlian TR, Masiero D. Perfil epidemiológico dos pacientes amputados tratados no Centro de Reabilitaçäo Lar Escola Säo Francisco. Acta Fisatr 1998;5(1):38-42.

Zarit SH, Todd P, Zarit J. Subjective burden of husbands and Wives as caregivers: a longitudinal study. Gerontol 1986;2:260-6.

Fink SV. The Influence of family resources and family demands on the strains and well being of caregiving families. Nurs Res 1995;44(3):139-46.

Holmes D, Terese J, Holmes M, Bergman S, King Y, Bentur N. Informal vesus formal supports for impaired elderly people: determinants of choice on Israli Kibbutzin. Gerontol 1989;29:195-202.

Freitas MC, Santana ME. Implementaçäo da estratégia de ensino-aprendizagem à família de paciente crônico. Rev Bras Enferm 2002;55(2): 146-50.

Belasco AGS. Qualidade de vida dos cuidadores de pacientes com insuficiência renal crônica em hemodiálise (Tese). São Paulo: UNIFESP, 2002, 84 p.

Albuquerque SMLA. Qualidade de vida: diferentes concepções. In: Albuquerque SMLA. Qualidade de vida do idoso. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2003, 53-64.

Amendola F. Qualidade de vida de cuidadores de familiares de pacientes com perdas funcionais e dependência atendidos pelo PSF(Dissertação). São Paulo: USP, 2007, 142p.

Medeiros MMC, Ferraz MB, Quaresma MR. The Caregiver Burden Scale: a Brazilian cultural adaptation and validation. Braz J Rheumatol 1998;38:193-9.

Watanabe HAW, Dernt AM. Cuidadores de idosos: uma experiência em UBS. Rev Mun Sau 2005;29(4):639-44.

Juarez G, Ferrell B, Uman G, Podnos Y, Wagman LD. Distress and quality of life concerns of family caregivers of patients undergoing palliative surgery. Cancer Nurs 2008;31(1):2-10.

Faro ACM. Cuidar do lesado medular em casa: a vivência singular do cuidado familiar (Dissertação). São Paulo: USP, 1999, 127p.

Bromberg MB. Assessing quality of life in ALS. J Clin Neuromuscul Dis 2007;9(2):318-25.

Sorrell JM. Caring for the caregivers.J Psychosoc Nurs Ment Health Serv 2007; 45(11):17-20.

Simonelli C, Tripodi F, Rossi R, Fabrizi A, Lembo D, Cosmi V, et al. The influence of caregiver burden on sexual intimacy and marital satisfaction in couples with an Alzheimer spouse. Int J Clin Pract 2007;62(1):47-52.

Duayer MF, Oliveira MAC. Cuidados domiciliarios no SUS: uma resposta as necessidades especiais de pessoas com perdas funcionais e dependência. Rev Saúde Deb 2003;12:23-8.

Downloads

Publicado

2009-03-31

Como Citar

Foss, M. H. D., Martins, M. R. I., Martins, M. I. D., & Godoy, J. M. P. (2009). Qualidade de vida dos cuidadores de amputados de membros inferiores. Revista Neurociências, 17(1), 8–13. https://doi.org/10.34024/rnc.2009.v17.8597

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.