Vertigem, reabilitação vestibular e demanda social

Autores

  • Lázaro Juliano Teixeira Fisioterapeuta, Mestre pela Universidade Federal de São Paulo Prefeitura Municipal de Balneário Camboriú – Balneário Camboriú-SC

DOI:

https://doi.org/10.34024/rnc.2009.v17.8563

Palavras-chave:

editorial

Resumo

.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Neuhauser HK. Epidemiology of vertigo. Curr Opin Neurol 2007;20:40-6.

Teixeira LJ, Machado JNP. Manobras para o tratamento da vertigem posicional paroxística benigna: revisão sistemática da literatura. Rev Bras Otorinolaringol 2006;72:130-9.

Fife TD, Iverson DJ, Lempert T, Furman JM, Baloh RW, Tusa RJ, et al. Practice Parameter: Therapies for benign paroxysmal positional vertigo (an evidence-based review): Report of the Quality Standards Subcommittee of the American Academy of Neurology. Neurology 2008:70:2067-74.

Mazzucato A, Borges APO. Influência da reabilitação vestibular em indivíduos com desequilíbrio postural. Rev Neurocienc 2009:17:183-8.

Teixeira LJ, Prado GF. Impacto da fisioterapia no tratamento da vertigem. Rev Neurocienc 2009;17:112-8.

Chang W-C, Yang Y-R, Hsu L-C, Chern C-M, Wang R-Y. Balance improvement in patients with benign paroxysmal positional vertigo. Clin Rehabil 2008:22:338-47

Downloads

Publicado

2009-06-30

Como Citar

Teixeira, L. J. (2009). Vertigem, reabilitação vestibular e demanda social. Revista Neurociências, 17(2), 102. https://doi.org/10.34024/rnc.2009.v17.8563

Edição

Seção

Editorial
Recebido em 2019-02-08
Publicado em 2009-06-30

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)