Resenha do livro “Alucinações musicais: relatos sobre a música e o cérebro”

Musicophilia Tales of Music and Brain

Autores

  • Idonézia Collodel Benetti Pianista, Psicóloga e Professora Msc da Universidade para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí, Alto Vale do Itajaí-SP, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.34024/rnc.2009.v17.8559

Palavras-chave:

Fisioterapia (especialidade), Otorrinolaringopatias, Reabilitação, Vertigem

Resumo

Na obra “Alucinações musicais” Oliver Sacks, professor de neurologia Clínica na Columbia University, New York, relata casos de homens e mulheres que, em condições neurológicas raras, reagem à música de forma incomum: alguns não conseguem ouvi-la, e outros simplesmente ouvem música todo o tempo, mesmo sem nenhuma melodia tocando. Há descrição de casos em que, após um acidente, a pessoa desenvolve um talento musical que antes não existia. O livro oferece uma fascinante coletânea de fenômenos interligando neurologia, fisiologia e música, mostrando que a música pode sobreviver a danos cerebrais devastadores. Unitermos. Encéfalo, Música, Fisiologia, Dano Encefálico. Citação. Benetti IC. Resenha do livro “Alucinações musicais: relatos sobre a música e o cérebro”.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Sacks O. Alucinações Musicais. São Paulo: Companhia das Letras, 2007, 360 p

Downloads

Publicado

2009-09-30

Como Citar

Benetti, I. C. (2009). Resenha do livro “Alucinações musicais: relatos sobre a música e o cérebro”: Musicophilia Tales of Music and Brain. Revista Neurociências, 17(3), 301–303. https://doi.org/10.34024/rnc.2009.v17.8559

Edição

Seção

Resenha

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.