Hidrocinesioterapia para pacientes com Esclerose Lateral Amiotrófica (Ela)

relato de caso

Autores

  • Esclerose Lateral Amiotrófica Fisioterapeuta, Especialista em Hidroterapia em Doenças Neuromusculares pela UNIFESP, São Paulo-SP, Brasil
  • Tatiana Mesquita e Silva Fisioterapeuta, Especialista em Hidroterapia em Doenças Neuromusculares pela UNIFESP, São Paulo-SP, Brasil
  • Rita Helena Duarte Dias Labronici Fisioterapeuta, Mestre em Neurociência pela UNIFESP, São Paulo-SP, Brasil
  • Márcia Cristina Bauer Cunha Fisioterapeuta, Doutora em Neurociência pela UNIFESP, São Paulo-SP, Brasil.
  • Acary Souza Bulle Oliveira Neurologista, Doutor, Chefe do Setor de Doenças Neuromusculares da UNIFESP, São Paulo-SP, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.34024/rnc.2010.v18.8520

Palavras-chave:

Esclerose Lateral Amiotrófica, hidrocinesioterapia, reabilitação aquática

Resumo

Objetivo. Demonstrar a importância da reabilitação aquática como recurso terapêutico para tratamento dos pacientes com Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA). Método. Foram avaliados dois pacientes com diagnóstico de ELA definida. O programa de hidrocinesioterapia durou 16 semanas, com sessões de 45 minutos, duas vezes por semana em piscina aquecida a 33ºC. Foram avaliadas, no início e término do estudo: qualidade de vida; funcionalidade; força muscular; fadiga e dor. Resultado. Os pacientes não apresentaram alteração na funcionalidade após o tratamento; o paciente 1 diminui o escore de dor de 3 para 1 e o paciente 2 diminui de 5 para 1; o paciente 1 manteve o escore mínimo de 9 de fadiga e o paciente 2 diminuiu o escore de 44 para 32; os pacientes tiveram alteração apenas no domínio comunicação de “Raramente apresenta dificuldade” para “Não apresenta dificuldade” e mantiveram a qualidade de vida igual nos demais domínios. Conclusão. Considerando-se que a ELA é uma doença degenerativa incurável com características de rápida progressão, constatamos neste estudo que a hidrocinesioterapia obteve bons resultados na qualidade de vida, funcionalidade, força muscular, fadiga e dor, pode ser um bom recurso terapêutico para o tratamento dos pacientes com ELA.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Oliveira ASB, Gabbai AA. Doenças Neuromusculares. In: Prado FCD,Ramos J, Valle, JRD Atualização Terapêutica. 20ªed, São Paulo: Artes Medicas, 2001, p.815.

Dal Bello-Haas VD, Kloss AD, Mitsumoto H. Physical Therapy for a Patient Through Six Stages of Amyotrophic Lateral Sclerosis. Phy Therp 1998;78:1312-24.

Hayashi MCB. Estudo da Aminofilina Endovenosa nos Respiratórios de Pacientes com Esclerose Lateral Amiotrófica (Dissertação de Mestrado). São Paulo: Universidade Federal de São Paulo, 2000, 81p.

Johnson CR. Aquatic therapy for the ALS patient. Am J Occup Therp 1988;45:115-20.

Bates A, Hanson N. Exercícios Aquáticos Terapêuticos. São Paulo: Editora Manole, 1998, p.30-45.

El Escorial World Federation of Neurology criteria for the Diagnosis Amyotrophic Lateral Sclerosis. J Neurol Sci 1994;124:96-107.

Jenkinson C, Fitzpatrick R, Brennan C, Swash M, et al. Evidence for the validity and reliability of the ALS assessment questionnaire: the ALSAQ-40. ALS Mot Neuron Disord 1999;1:33-40.

The ALS Ciliary Neurotrophic Factor Treatment Study (ACTS) Phase I-II Study Group. The amyotrophic lateral sclerosis functional rating scale: assessment of activities of daily living in patients with amyotrophic lateral sclerosis. Arch Neurol 1996;53:141-7.

Florence PK, McCreary EK, Provance PG, Rodgers MM, Romani WA. Muscles: Testing and Function. 5. Lippincott, Williams and Wilkins, Baltimore; 2005, p.7-11.

Krupp LB, LaRocca NG, Muir-Narsh J, Steinberg AD . The fatigue severity scale: application to patients with multiple sclerosis and systemic lupus erythematosus. Arch Neurol 1989;46:1121-3.

Francis K, Bach JR, Delisa, JA. Evoluacionand Rehabilitation of Patients with Adult motor Neuron Disease. Arch Phys Med Reabil1999:80:951-63.

Bohannon RW. Results of Resistance Exercise on a Patient with Amyotrophic Lateral Sclerosis. Phys Therap 1983;63:965-8.

Sinaki M, Mulder DW. Rehabilitation techniques for patients with amyotrophic lateral sclerosis. Mayo Clin Proc 1978;53:173-8.

Chan CW, Sinaki M. Rehabilitation management of the ALS patient. In: Belsh JM, Schiffman PL, eds. Amyotrophic lateral sclerosis: diagnosis and management for the clinician. Armonk, NY: Futura Publishing, 1996: 315-31.

Brooke A. Physiotherapy in the Management of patients with motor neurone disease. Report to the motor neurone disease association, 1989. In: Stokes M. Neurologia para Fisioterapeutas. São Paulo: Editora Premier, 2000, p.215-22.

Gregory TC. Rehabilitation Management in Neuromuscular Disease. J Neurol Rehab 1997;11:69-80.

Skinner AT, Thomson AM. Duffield: Exercícios na Água. São Paulo: Editora Manole, 1985, p.129-56.

White MD. Exercícios na Água. São Paulo: Editora Manole, 1998, p.178.

Morris DM. Reabilitação Aquática do Paciente com Prejuízo Neurológico. In: Ruoti RG, Morris DM, Cole AJ. Reabilitação Aquática. São Paulo: Editora Manole, 2000, p.117-39.

Campion MR. Hidroterapia: Princípios e Pratica. São Paulo: Editora Manole, 2000, p.334.

Cunha MCB, Labronici RHDD, Oliveira ASB, Gabbai AA. Relaxamento Aquático, em Piscina Aquecida, Realizada pelo Método Ai Chi: uma Nova Abordagem Hidroterapêutica para Pacientes Portadores de Doenças

Neuromusculares. Rev. Neurocienc 2000 ;8:46-9.

Bello-Haas VD, Florence JM, Kloos AD, Scheirbecker J, Lopate G,Hayes SM, et al. A randomized controlled trial of resistance exercise in individuals with ALS. Neurology 2007;68:2003-7

Drory VE, Goltsman E, Reznik JG, Moseka A, Korczyn AD. The value of muscle exercise in patients with amyotrophic lateral sclerosis. J Neurol Sci 2001;191:133-7.

Downloads

Publicado

2010-03-31

Como Citar

Amiotrófica, E. L., e Silva, T. M., Labronici, R. H. D. D., Cunha, M. C. B., & Oliveira, A. S. B. (2010). Hidrocinesioterapia para pacientes com Esclerose Lateral Amiotrófica (Ela): relato de caso. Revista Neurociências, 18(1), 55–59. https://doi.org/10.34024/rnc.2010.v18.8520

Edição

Seção

Relato de Caso

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 > >>