Considerações sobre a avaliação da qualidade de vida em grupo de pacientes com Acidente Vascular Cerebral

Autores

  • Ana Laura Maciel Almeida Neurologista (UFJF), Psicóloga (Centro de Ensino Superior de JF) com Especialização em Neuropsicologia pela Unifesp, Juiz de Fora-MG, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.34024/rnc.2010.v18.8492

Palavras-chave:

revisão aberta

Resumo

O artigo citado faz uma análise dos aspectos sócio-demográficos, cognitivos, emocionais e físicos na qualidade de vida de um grupo de pacientes pós-AVC, utilizando um questionário com dados sócio-demográficos, o Mini-Exame do Estado Mental (MEEM) para triagem cognitiva e o SF-36 (The Medical Outcomes Study 36-item short-form health survey) para avaliação da qualidade de vida; instrumentos reconhecidos e amplamente utilizados. Apesar do curto espaço de tempo e do pequeno número de pacientes avaliados, o estudo evidencia as principais causas de AVC na população e descreve um perfil de comprometimento nesses pacientes. Os critérios de inclusão foram: diagnóstico de AVC e o fato do paciente estar em atendimento no serviço. Os autores observaram que os aspectos físicos e a capacidade funcional foram os domínios mais comprometidos no SF-36 e que o tempo maior de instalação e o acompanhamento regular no serviço influenciaram positivamente nos domínios estado geral de saúde e saúde mental. Foram observados baixos escores no

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Scalzo PL, Souza ES, Moreira AGO, Vieira AF. Qualidade de vida em pacientes com acidente vascular encefálico: Centro Clínica PUC-Minas Betim. Rev Neurocienc 2010;18:139-44.

Silva GS, Gomes DL, Massaro AR. Tratamento da Fase Aguda do Acidente Vascular Cerebral Isquêmico. Rev Neurocienc 2005;13:039-49.

Ciconelli RM, Ferraz MB, Santos W, Meinão I, Quaresma MR. Tradução para a língua portuguesa e validação do questionário genérico de avaliação de qualidade de vida SF-36 (Brasil SF-36). Rev Bras Reumatol 1999;39:143-50.

Folstein MF, Folstein SE, McHugh PR. “Mini Mental state”. A practical method for grading the cognitive state of patients for the clinician. J Psychiatr Res 1975;12:189-98.

Chaves MLF. Testes de avaliação cognitiva: Mini-Exame do Estado Mental (Endereço na Intenet). São Paulo: Academia Brasileira de Neurologia (atualizado em: 06/10; acessado em: 06/10). Disponível em: http//www.cadastro.abneuro.org/site/arquivos_cont/8.pdf

Kochhann R, Varela JS, Lisboa C SM, Chaves MLF. The mini mental state examination: review of cutoff points adjusted to schooling in a large Southern Brazilian sample / Mini exame do estado mental: revisão de pontos de corte ajustados para a escolaridade em uma grande amostra do sul do Brasil. Dement Neuropsychol 2010;4:35-41.

Downloads

Publicado

2010-06-30

Como Citar

Almeida, A. L. M. (2010). Considerações sobre a avaliação da qualidade de vida em grupo de pacientes com Acidente Vascular Cerebral. Revista Neurociências, 18(2), 147–149. https://doi.org/10.34024/rnc.2010.v18.8492

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)