A neurose profissional

um antigo problema atual

Autores

  • Marcia Maiumi Fukujima Neurologista, Doutora em ciências, Gerente da qualidade no Hospital Estadual de Diadema, Disciplina de Medicina de Urgência e Medicina baseada em Evidência – Unifesp, São Paulo-SP, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.34024/rnc.2010.v18.8476

Palavras-chave:

Transtornos Neuróticos, Depressão, Transtorno Depressivo

Resumo

Queixas orgânicas decorrentes de causas psíquicas são comuns em atendimentos nos serviços de urgência clínicos e neurológicos. É apresentada uma resenha do texto “Neurose Professional” da autora Nicole Aubert. A autora classifica em 3 categorias as neuroses profissionais: a neurose profissional traumática (caracterizada por latência, e síndrome da repetição da situação traumatizante), a psiconeurose profissional (caracterizada pela sobreposição de um contexto com elementos relacionados ao ambiente institucional e relações interpessoais conturbadas a características pessoais) e a neurose da excelência (também conhecida como doença da idealização, decorre do esforço para atingir os ideais de excelência, cada vez mais exigentes; o indivíduo desenvolve uma imagem semelhante aos padrões de excelência da instituição, em detrimento de sua personalidade, que culmina em sintomas depressivos e astenia). O reconhecimento e encaminhamento adequado de portadores dessas condições patológicas da saúde mental geralmente não ocorrem nos serviços de saúde em que atuam indivíduos igualmente doentes.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Aubert N. A neurose profissional. In: Chanlat, JF. O indivíduo na organização – dimensões esquecidas. São Paulo: Ed. Atlas, 2001, vol. III, p.163-93.

Le Guillant L, Begoin J. La névrose des mecanographes. Bulletin de Pshychologie 1957;10:500.

Dejours C. Loucura do trabalho. 5ª. ed. Oboré: Editora Cortez, 1992, 168p.

Dejours C. L’évaluation du travail à l’épreuve du réél - critique des fondements de l’évaluation. Paris: Inra, 2003, 82p.

Chanlat A, Bédard R. Palavras: a ferramenta do executivo. In: Chanlat, JF. O indivíduo na organização – dimensões esquecidas. São Paulo: Ed. Atlas, 2001, vol. I, p.125-48.

Downloads

Publicado

2010-09-30

Como Citar

Fukujima, M. M. (2010). A neurose profissional: um antigo problema atual. Revista Neurociências, 18(3), 411–414. https://doi.org/10.34024/rnc.2010.v18.8476

Edição

Seção

Resenha
##plugins.generic.dates.received## 2019-02-19
##plugins.generic.dates.published## 2010-09-30

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

<< < 1 2 3 

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.