Poliomielite e síndrome pós-polio pela medicina tradicional chinesa

da fisiopatologia ao diagnóstico

  • Gislaine Cristina Abe Neuropediatra, Especialista em Med Tradicional Chinesa, Unifesp, São PauloSP, Brasil
  • Paulo Eduardo Ramos Fisioterapeuta, Especialista em Med Tradicional Chinesa e em Reabilitação Neurológica, Unifesp, São Paulo-SP, Brasil
  • Sissy Veloso Fontes Fisioterapeuta, Doutora, Coordenadora do Curso de Especialização em Teorias e Técnicas para Cuidados Integrativos da Unifesp, São Paulo-SP, Brasil
  • Bruna Yonamine Fisioterapeuta, Especialista em Intervenções Fisioterapêuticas em Doenças Neuromusculares, Unifesp, São Paulo-SP, Brasil
  • Celso Antônio de Souza Mello Educador físico, Assistente do Ambulatório de Med Tradicional Chinesa, Unifesp, São Paulo-SP, Brasil
  • Abrahão Juviniano Quadros Fisioterapeuta, Mestre, Responsável pelo Ambulatório de Poliomielite e SPP da Unifesp, São Paulo-SP, Brasil
  • Wu Pi Chun Especialista em Dança Tradicional Chinesa, São Paulo-SP, Brasil
  • Jou Eel Jia Médico, Especialista em Med Tradicional Chinesa, São Paulo-SP, Brasil
  • Beny Schmidt .Professor Adjunto do Departamento de Anatomia Patológica e Chefe do Laboratório de Patologia Neuromuscular da Unifesp, São Paulo-SP, Brasil
  • Acary Souza Bulle Oliveira Neurologista, Doutor, Chefe do Setor de Doenças Neuromusculares da Unifesp, São Paulo-SP, Brasil
Palavras-chave: Medicina Tradiciona, Poliomielite, Síndrome PósPoliomielite, Fisiopatologia, Língua, Espiritualidade

Resumo

A poliomielite é caracterizada por disfunção neuromotora do tipo paralisia flácida dos membros e, a síndrome pós-poliomielite (SPP) consiste em novos sintomas (fraqueza, atrofia) ou piora dos sintomas residuais da pólio. A medicina tradicional chinesa (MTC) é uma prática de saúde oriental que avalia aspectos físico, mental, espiritual e ambiental do homem, bem como o seu processo de adoecimento, contém conhecimentos valiosos e pouco comuns para os profissionais de saúde do mundo ocidental. Na investigação diagnóstica, o interrogatório inclui questionamentos sobre espiritualidade, investigação da natureza e funcionamento dos órgãos e sistemas, associados aos exames peculiares da língua e do pulso radial, que são utilizados para elaboração dos programas de tratamento e, acompanhamento prognóstico. Objetiva-se apresentar atualizações sobre os fundamentos da MTC, visando uma interface com os conhecimentos da medicina ocidental, citando como exemplo, a poliomielite e SPP, em relação aos possíveis fatores causais, fisiopatológicos, características clínicas e diagnóstico. Como considerações finais inferese que a pólio e a SPP são manifestações nosológicas da chamada “síndrome Wei 痿” ou “síndrome atrófica”. Essa visão ampliada do tema pode incentivar futuras pesquisas, contribuindo para um melhor entendimento sobre processos de adoecimento e, também para uma assistência mais eficiente de pacientes do mundo ocidental.

Métricas

Carregando métricas...

Referências

Oliveira ASB, Quadros AAJ, Gabbai AA, Steiner AL, Viana CF, Barros DR, et al. Síndrome pós - poliomielite (SPP): orientações para profissionais de saúde. In: CCD/SES, editor.: SES/SP; 2008, p.126.

Windebank AJ, Litchy WJ, Daube JR, Iverson R. A lack of progression of neurologic deficit in survivors of paralytic polio. Neurology. 1996;46:80-4.

Bruno RL, Frick NM, Cohen MD. Polioencephalitis, stress and the etiology of post-polio sequelae. Orthopaedics 1991;14:1269-76.

Oliveira ASB, Maynard FM. Aspectos neurológicos da síndrome pós polio. Rev Neurocienc 2002;10:31-4.

Traditional Medicine Strategy. Genebra: WHO. (atualizado em: 11/2010; citado em: 12/2010). Disponível em http://apps.who.int/medicinedocs/en/d/Js2297e/

Kaptchuk TJ. Acupuncture: Theory, Efficacy, and Practice. Ann Intern Med 2002;136:374-82.

Organização Mundial de Saúde. International Standard Terminologies on Traditional Medicine in the Western Pacific Region. Philippines: WHO; 2007, p.356.

Lu AP, Jia HW, Xiao C, Lu QP. Theory of traditional Chinese medicine and therapeutic method of diseases. World J Gastroenterol 2004;10:1854-6.

Tang J-L, Liu B-Y, Ma K-W. Traditional Chinese Medicine. The Lancet 2008;372:1938-40. http://dx.doi.org/10.1016/S0140-6736(08)61354-9

Maciocia G. Os fundamentos da medicina chinesa. 6ª. ed. São Paulo: Roca; 1996, p.658.

Curvo J. Dieta do Yin e do Yang para gordos, magros e instáveis. 5ª. ed. Rio de Janeiro: Rocco; 2001, p.52-3.

Ross J. Zang Fu - sistemas de órgãos e vísceras da Medicina Tradicional Chinesa - inter relações e padrões de desarmonia na teoria e prática. São Paulo: Editora Roca Ltda; 1994, p.267.

Nakano MAY, Yamamura Y. Acupuntura em dermatologia e medicina estética. São Paulo: Livraria Médica Paulista; 2005, p.160.

Jia JE. Ch’an Tao - Conceitos básicos: medicina tradicional chinesa, Lien Ch’i e meditação. São Paulo: Ícone Editora; 2004, p.303.

唐 王. 黄帝内經素問靈樞. 台南大孚書局有限公司; 1992. 第 44篇.

Carneiro NM. Fundamentos da acupuntura médica. Florianópolis: Sistema; 2001, p.113-4.

Filshie J, White AF. Acupuntura médica - um enfoque científico do ponto de vista ocidental. Editora Roca Ltda, 2002, p.4-8.

Clavey S. Fisiologia e patologia dos fluidos na medicina tradicional chinesa. São Paulo: Editora Roca Ltda, 2000, p.18-56.

Wong M. Ling-Shu - base da acupuntura tradicional chinesa. São Paulo: Organização Andrei Editora Ltda, 1995, p.560.

Cleary T. Meditação taoísta – métodos para cultivar a saúde da Mente e do Corpo (compilação). Brasília – DF: Editora Teosófica; 2001, p.18-52.

Cherng WJ. Iniciação ao taoísmo. 2ª. ed. Rio de Janeiro: Editora Mauad 2000, p.75-82.

China: Tortoise-Pigeon-Dog. New York: Time Magazine. (atualizado em: 12/2010; citado em: 12/2010). Disponível: http://www.time.com/time/magazine/article/0,9171,745510,00.html

Li Ching-Yun dead. New York: The New York Times. (atualizado em: 12/2010 ; citado em: 12/2010). Disponível em: http://select.nytimes.com/gst/abstract.htmles=FA0915FE3E5C16738DDDAF0894DD405B838FF1D3&scp=3&sq=Li%20Ching-Yun&st=cse

Chia M. Chi Kung da camisa de ferro. São Paulo: Editora Cultrix 2005, p.38-9.25.Yamamura Y. Acupuntura tradicional: A arte de inserir. 2ª. ed. São Paulo: Editora Roca Ltda, 2004, p.627.

Jiang W-Y. Therapeutic wisdom in traditional Chinese medicine: a perspective from modern science. Pharmacol Sci 2005;26:559-63.

Abe GC. Medicina Tradicional Chinesa. Rev Neurociênc 2006;14:80-5.

Balick MJ, Gezelle JMD, Arvigo R. Feeling the pulse in Maya medicine: An endangered traditional tool for diagnosis, therapy and tracking patients’ progress. Explore 2007;4:113-9. http://dx.doi.org/10.1016/j.explore.2007.12.002

Ze-lin C. Brief history of tongue inspection. Chin Med J 1987;100:38-44.

Laskin DM, Giglio JA, Rippert ET. Differential diagnosis of tongue lesions. Quintessence Int 2003;3:331-42.

Usiglio EP, Leite CA. Língua lapidada na síndrome de Steele-um novo sinal físico. J bras med 1993;64:44-6.

Eliaz I, Drucker Y. Teeth marks on the tongue: the oriental point of view. J Am Acad Dermatol 1989;21:817. http://dx.doi.org/10.1016/S0190-9622(89)80296-8

Zhang D, Pang B, Wang K, Zhang H. Computerized diagnosis from tongue appearance using quantitative feature classification. Am J Chin Med 2005;33:859-66. http://dx.doi.org/10.1142/S0192415X05003235 http://dx.doi.org/10.1142/S0192415X05003466

Maciocia G. Diagnóstico pela língua na medicina chinesa. São Paulo: Roca, 2003, p.224.

Takeichi M, Sato T. Studies on the psychosomatic functioning of illhealth according to eastern and western medicine. Visual observation of the sublingual vein for early detection of vital energy stagnation and blood stasis. Am J Chin Med 1999;XXVII:43-51. http://dx.doi.org/10.1142/S0192415X99000070

Ze-lin C, Qing-fu H. Recent development in research on tongue inspection. Chin Med J 1986;99:444-56.

Cheng TO. Medicine in China[letter; comment]. The Lancet 1996;347:774. http://dx.doi.org/10.1016/S01406736(96)90135-X

King E, Walsh S, Cobbin D. The testing of classical pulse concepts in chinese medicine: left and right - hand pulse strength discrepancy between males and females and its clinical implications. J Altern Complement Med 2006;12:445-50. http://dx.doi.org/10.1089/acm.2006.12.445

Síndrome Wei. Espanha: Carles Rodrìguez. (atualizado em: 03/2009; citado em: 12/2010). Disponivel: http://crd-psicologiaacupuntura.blogspot.com/.

Maciocia G. A Prática da Medicina Chinesa Tratamento de Doenças com Acupuntura e Ervas Chinesas. São Paulo: Editora Roca; 1996, p.932.

呂少杰 . 神經疾病針灸療法. 台北市: 文光圖書有限公司, 2000. 第 97-99 頁.

Poliovírus/Poliomielite. São Paulo: Centro de Vigilância Sanitária. (atualizado em: 03/2009; citado em: 12/2010). Disponível: htt://www.cve.saude. sp.gov.br. 2000.

Wang Q, Yao S. Molecular basis for cold-intolerant yang-deficient constitution of traditional Chinese medicine. Am J Chin Med 2008;36:827-34. http://dx.doi.org/10.1142/S0192415X08006272

Publicado
2011-06-30
Como Citar
Abe, G. C., Ramos, P. E., Fontes, S. V., Yonamine, B., Mello, C. A. de S., Quadros, A. J., Chun, W. P., Jia, J. E., Schmidt, B., & Oliveira, A. S. B. (2011). Poliomielite e síndrome pós-polio pela medicina tradicional chinesa. Revista Neurociências, 19(2), 365-381. https://doi.org/10.34024/rnc.2011.v19.8379
Seção
Revisão de Literatura