Relação da Sobrecarga do Cuidador, Perfil Funcional e Qualidade de Vida em Crianças com Paralisia Cerebral

  • Ana Paula Machi Barbosa Fisioterapeuta, Centro Universitário Padre Anchieta, Jundiaí-SP, Brasil.
  • Tamires Nicoly Zampa Fisioterapeuta, Centro Universitário Padre Anchieta, Jundiaí-SP, Brasil.
  • Cristina Iwabe Fisioterapeuta, Doutora em Ciências Médicas Unicamp, Docente do Centro Universitário Padre An
  • Maria Angélica da Rocha Diz Fisioterapeuta, Docente do Curso de Fisioterapia – Faculdade Anhanguera Unidade Santa Bárbara d’Oeste, Santa Bárbara d’oeste-SP, Brasil.
Palavras-chave: Paralisia Cerebral, Qualidade de Vida, Cuidador

Resumo

Objetivo. Avaliar a influência do comprometimento motor na qua­lidade de vida de crianças com Paralisia Cerebral (PC) e a sobrecarga do seu cuidador. Método. Foram avaliadas 12 crianças, seis do gênero feminino e seis do masculino, com diagnóstico clínico de PC qua­driplégicos e diplégicos, na faixa de 5 a 12 anos de idade, através das escalas Avaliação de Qualidade de Vida (AUQEI), versão brasileira da Burden Interview (BI), e Gross Motor Function Classification System (GMFCS). Utilizou-se o coeficiente de correlação de Pearson para analisar a correlação entre as variáveis. Resultados. A classificação do GMFCS variou dos níveis II ao V, sendo mais freqüente o nível IV (50%); o escore da escala AUQEI apresentou média de 46,75 (má­ximo de 78); na BI verificou-se escore médio de 24,16 (máximo de 88). Observou-se correlação forte significativa somente entre o tipo de PC e o GMFCS; houve correlação significativa intermédia entre tipo de GMFCS e AUQEI; não houve correlações entre as demais variá­veis. Conclusão. O comprometimento motor da criança com PC não apresenta relação preditiva entre o estresse e a sobrecarga do cuidador; nem tão pouco com a qualidade de vida relatada por essas crianças.

Métricas

Carregando métricas...

Referências

Chagas PSC, Defilipo EC, Lemos RA, Mancini MC, Frônio JS, Caravalho RM. Classification of Motor Function and Functional Performance in Children with Cerebral Palsy. Rev Bras Fisiot 2008;12;409-16. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-35552008000500011

Rocha AP, Afonso DRV, Moraes LS. Relação Entre Desempenho Funcional de Crianças com Paralisia Cerebral e Qualidade de Vida Relacionada à Saúde de Seus Cuidadores. Fisioter Pesq 2008;15:292-7.

Christofoletti G, Hygashi F, Godoy ALR. Paralisia Cerebral: Uma análise do Comprometimento Motor Sobre a Qualidade de Vida. Fisioter Mov 2007;20:34-7.

Mancini MC, Alves ACM, Schaper C, Figueiredo EM, Sampaio RF, Coelho ZAC, et al. Gravidade da paralisia cerebral e desempenho funcional. Rev Bras Fisiot 2004;8(3):253-60.

Camargos ACR, Lacerda TTB, Viana AS, Pinto LRA, Fonseca MLS. Avaliação da sobrecarga do cuidador de crianças com paralisia cerebral através da escala Burden Interview. Rev Bras Saúde Matern Infant 2009;1(9):31-7. http://dx.doi.org/10.1590/S1519-38292009000100004

Assunção Junior FR, Kuczynski E, Sprovieri MH, Aranha EMG. Escala de avaliação de qualidade de vida (AUQEI). Validade e confiabilidade de uma escala para qualidade de vida em crianças de 4 a 12 anos. Arq Neuropsiquiatr 2000;58(1):119-27.

Scazufca M. Brazilian version of the Burden Interview scale for the assessment of burden of care in carrers of people with mental illnesses. Rev Bras Psiquiatr 2002;24(1):12-7. http://dx.doi.org/10.1590/S151644462002000100006

Palisano R, Rosenbaum P, Walter S, Russell D, Wood E, Galuppi B. Development and reliability of a system to classify gross motor function in children with cerebral palsy. Dev Med Child Neurol 1997;39(4):214-23. http://dx.doi.org/10.1111/j.1469-8749.1997.tb07414.x

Cury VCR, Mancini MC, Melo AP, Fonseca ST, Sampaio RF, Tirado MGA. Efeitos do uso de órtese ma mobilidade funcional de crianças com paralisia cerebral. Rev Bras Fisioter 2006;10(1):67-74. http://dx.doi.org/10.1590/S141335552006000100009

Ostensjo S, Carlberg EB, Vollestad NK. Motor impairments in young children with cerebral palsy: relationship to gross motor function and everyday activities. Dev Med Child Neurol 2004;46(9):580-9. http://dx.doi.org/10.1111/j.1469-8749.2004.tb01021.x http://dx.doi.org/10.1017/S0012162204000994

Wood E, Rosenbaum PL. O Gross Motor Function Classification System para a paralisia cerebral: Um estudo de confiabilidade no tempo. Dev Med Child Neurol 2000;42:292-6. http://dx.doi.org/10.1017/S0012162200000529 http://dx.doi.org/10.1111/j.1469-8749.2000.tb00093.x

Rosenbaum PL, Walter SD, Hanna SE, Palisano RJ, Russell DJ, Raina P, et al. O prognóstico para a função motora na paralisia cerebral. Criação de curvas de desenvolvimento motor. Jornal da Associação Médica Americana 2002;288:1357-63.

Morris C, Bartlett D. Gross Motor Function Classification System: Impacto e Atualidade. Dev Med Child Neurol. 2004;46:60-5. http://dx.doi.org/10.1111/j.1469-8749.2004.tb00436.x http://dx.doi.org/10.1017/S0012162204000751 http://dx.doi.org/10.1017/S0012162204000118

Freitas PM, Moreira PPCMS, Rezende LL, Haase VG. Qualidade de vida de mães de crianças com paralisia cerebral. Arquivos Brasileiros de Paralisia Cerebral 2006;2(5):35-9.

Freitas PM, Carvalho RCL, Leite MRSDT, Haase VG. Relação entre o stress materno e a inclusão escolar de crianças com Paralisia Cerebral. Arquivo Brasileiro Psicologia 2005;57(1-2):46-57.

Morris C, Kurinczuk JJ, Fitzpatrick R, Rosenbaum PL. Do the abilities of children with cerebral palsy explain their activities and participation? Dev Med Child Neurol 2006,48:954-61. http://dx.doi.org/10.1111/j.14698749.2006.tb01265.x http://dx.doi.org/10.1017/S0012162206002106

Morris C, Kurinczuk JJ, Fitzpatrick R, Rosenbaum PL. Reliability of the Manual Ability Classification System for children with cerebral palsy. Dev Med Child Neurol 2006;48:950-3. http://dx.doi.org/10.1017/S001216220600209X

Palisano R, Rosenbaum P, Walter S, Russell D, Wood E, Galuppi B. Gross Motor Function Classification System for Cerebral Palsy. Dev Med Child Neurol 1997;39:214-223. http://dx.doi.org/10.1111/j.1469-8749.1997.tb07414.x

Imm SC, Carlin J, Eliasson AC. Stability of caregiver-reported manual ability and gross motor function classifications of cerebral palsy. Dev Med Child Neurol 2009;52(2):153-9.

Morris C, Bartlett D. Gross Motor Function Classification System: impact and utility. Dev Med Child Neurol 2004,46:60-5. http://dx.doi.org/10.1111/j.1469-8749.2004.tb00436.x http://dx.doi.org/10.1017/S0012162204000118

Mugno D, Ruta L, D´Arrigo VG, Mazzone L. Impairment of quality of life in parents of children and adolecents with pervasive developmental disorder. Health Qual Life Outcomes 2007;27:5-22.

Publicado
2012-09-30
Como Citar
Barbosa, A. P. M., Zampa, T. N., Iwabe, C., & Diz, M. A. da R. (2012). Relação da Sobrecarga do Cuidador, Perfil Funcional e Qualidade de Vida em Crianças com Paralisia Cerebral. Revista Neurociências, 20(3), 367-371. https://doi.org/10.34024/rnc.2012.v20.8253
Seção
Artigos Originais