Efeito da Bandagem Funcional associada ou não à FES e vibração na dorsiflexão e descarga de peso pós-AVC

Autores

  • Sabrina da Silva Guimarães Acadêmicas do curso de Fisioterapia da Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG); Alfenas-MG, Brasil.
  • Daiane Marques Ferreira Acadêmicas do curso de Fisioterapia da Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG); Alfenas-MG, Brasil.
  • Andréia Maria Silva Fisioterapeuta, Doutora, Docente da Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL- MG); Alfenas-MG, Brasil. 3.Fisioterapeuta, Mestre, Docente
  • Adriana Teresa Silva Fisioterapeuta, Mestre, Docente da Universidade do Vale do Sapucaí (UNIVAS); Pouso Alegre-MG, Brasil.
  • Adriana Teresa Silva Fisioterapeuta, Mestre, Docente da Universidade do Vale do Sapucaí (UNIVAS); Pouso Alegre-MG, Brasil.
  • Carolina Kosour Fisioterapeuta, Doutora, Docente da Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL- MG); Alfenas-MG, Brasil.
  • Luciana Maria dos Reis Fisioterapeuta, Mestre, Docente da Universidade do Vale do Sapucaí (UNIVAS); Pouso Alegre-MG, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.34024/rnc.2015.v23.8002

Palavras-chave:

AVC,, Fisioterapia, Hemiplegia, Vibração, Estimulação Elétrica

Resumo

Objetivo. Verificar o efeito da Bandagem Funcional (BF) associada ou não à Estimulação Elétrica Funcional (FES) e Terapia Vibrató­ria (TV) na dorsiflexão e descarga de peso em pacientes pós-AVC. Método. Estudo realizado com 7 indivíduos, pós-AVC crônico, com padrão espástico equino-varo de tornozelo, ambos os sexos, idade en­tre 40 e 70 anos. Foram realizados três protocolos: aplicação da BF no músculo tibial anterior; associação da BF e FES; BF associada à TV. As intervenções foram realizadas duas vezes por semana, um mês em cada etapa, com intervalo de duas semanas entre elas. Os indivíduos foram avaliados e reavaliados por baropodometria e eletromiografia do músculo tibial anterior. Os dados que não apresentaram norma­lidade foram submetidos ao teste Wilcoxon e Kruskal-Wallis e os que apresentaram, Teste t pareado e Anova One-way. Valores de p<0,05 foram considerados significantes. Resultado. Não foi observada dife­rença para os valores de RMSn e baropodometria intra e inter-grupos. Houve aumento de amplitude do sinal EMGn (PMáxn) e redução da frequência mediana para o protocolo BF (p=0,03), não sendo encon­trada diferença nos demais. Conclusão. A BF aplicada isoladamente foi capaz de aumentar a atividade muscular. Contudo, quando asso­ciada a outras terapias seus efeitos não foram evidenciados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Olney SJ, Richards C. Hemiparetic gait following stroke. Part I: Characteristics. Gait & Posture 1996;4:136-48.

Yeom H, Chang YH. Autogenic EMG-controlled functional electrical stimulation for ankle dorsiflexion control. J Neurosci Meth 2010;193:118-25. http://dx.doi.org/10.1016/j.jneumeth.2010.08.011

Reiter F, Danni M, Lagalla G, Ceravolo G, Provinciali L. Low-dose botulinum toxin with ankle taping for the treatment of spastic equinovarus foot after stroke. Arch Phys Med Rehabil 1998;79:532-5. http://dx.doi.org/10.1016/S0003-9993(98)90068-5

Amorim BJ, Santos AO, Oberg TD, Romanato J, Anjos DA, Lima MCL, et al. Functional electrical stimulation improves brain perfusion in cranial trauma patients. Arq Neuropsiquiatr 2011;69:682-6. http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2011000500020

Gramage JM, Segarra MI, Ridaura AL, Peñalver MM, Gil FJT. Efecto inmediato del kinesio tape sobre la respuesta refleja del vasto interno ante la utilización de dos técnicas diferentes de aplicación: facilitación e inhibición muscular. Fisiot 2011;33:13-8. http://dx.doi.org/10.1016/j.ft.2010.12.001

Jordan MJ, Norris SR, Smith DJ, Herzog W. Vibration Training: a overview of the area, training consequences, and future considerations. J Strength Cond Res 2005;19:459-66.http://dx.doi.org/10.1519/13293.1

Soriano JG, Vicén JA, García CA, Lázaro PL, Martínez CS, Esteban EB, et al. The effects of Kinesio taping on muscle tone in healthy subjects: Adouble-blind, placebo-controlled crossover trial. Man Ther 2013;19:131-6.http://dx.doi.org/10.1016/j.math.2013.09.002

Oliveira VMA, Batista LSP, Pitangui ACR, Araújo RC. Efeito do Kinesio Taping na dor e discinesia escapular em atletas com síndrome do impactodo ombro. Rev Dor 2013;14:27-30. http://dx.doi.org/10.1590/S1806- 00132013000100007

Bohórquez IJR, Souza MN, Pino AV. Influência de parâmetros da estimulação elétrica funcional na contração concêntrica do quadríceps. Rev Bras Eng Biomed 2013;29):153-65. http://dx.doi.org/10.4322/rbeb.2013.012

Schuster RC, Sant CR, Dalbosco V. Efeitos da estimulação elétrica funcional (FES) sobre o padrão de marcha de um paciente hemiparético. Acta Fisiatr 2007;14:82-6.

Kim JH, Chung Y, Kim Y, Hwang S. Functional electrical stimulation applied to gluteus medius and tibialis anterior corresponding gait cycle for stroke. Gait Posture 2012;36:65-7. http://dx.doi.org/10.1016/j.gaitpost.2012.01.006

Cardinale M, Bosco C. The use of vibration as an exercise intervention. Exerc Sport Sci Rev 2003;31:3-7.

Batista MAB, Wallerstein L, Dias RM, Silva RG, Ugrinowitsch C, Tricoli V. Efeitos do Treinamento com Plataformas Vibratórias. Rev Bras Ci e Mov 2007;15:103-13.

Lourenço RA, Veras PR. Mini-exame do Estado Mental: Características psicométricas em idosos ambulatoriais. Rev Saúde Públ 2006;40:712-9. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102006000500023

Roelants M, Verschueren SM, Delecluse C, Levin O, Stijnen V. Whole- -body vibration induced increase in leg muscle activity during different squat exercises. J Strength Cond Res 2006;20:124-9.

Bankoff ADL, Ciol P, Zamai CA, Schmidt A, Barros DD. Estudo do equilíbrio corporal postural através do sistema de baropodometria eletrônica. Conexões 2004;2:87-103.

Kase K, Wallis J, Kase T. Clinical therapeutic applications of the kinesio taping method. Tokyo: Ken Ikai Co. Ltd., 2003 252p.

Guyton AC, Hall JE. Funções motoras da medula espinhal; os reflexos medulares. In: Guyton AC, Hall JE. Tratado De Fisiologia Médica. 12ed. Rio de Janeiro: Ed. Guanabara Koogan, 2002, p 621-31.

Torvinen S, Kannu P, Sievanen H, Jarvinen TA, Pasanen M, Kontulainen S, et al. Effect of a vibration exposure on muscular performance and body balance. Randomized cross-over study. Clin Physiol Funct Imaging 2002;22:145- 52. http://dx.doi.org/10.1046/j.1365-2281.2002.00410.x

Torvinen S, Kannu P, Sievanen H, Jarvinen TA, Pasanen M, Kannus P. Effect of 4-min vertical whole body vibration on muscle performance and body balance: a randomized cross-over study. Int J Sports Med 2002;23:374-9. http://dx.doi.org/10.1055/s-2002-33148

Bautmans I, Van Hees E, Lemper JC, Mets T. The feasibility of Whole Body Vibration in institutionalised elderly persons and its influence on muscle performance, balance and mobility: a randomised controlled trial [ISRCTN62535013]. BMC Geriatr 2005;5:17. http://dx.doi.org/10.1186/1471-2318-5-17

Polese JC, Mazzola D, Schuster RC. Eletroestimulação neuromuscular na pressão plantar, simetria e funcionalidade de hemiparéticos. Acta Fisiatr 2009;16:200-2.

Downloads

Publicado

2015-09-30

Como Citar

Guimarães, S. da S., Ferreira, D. M., Silva, A. M., Silva, A. T., Silva, A. T., Kosour, C., & Reis, L. M. dos. (2015). Efeito da Bandagem Funcional associada ou não à FES e vibração na dorsiflexão e descarga de peso pós-AVC. Revista Neurociências, 23(3), 383–389. https://doi.org/10.34024/rnc.2015.v23.8002

Edição

Seção

Artigos Originais
Recebido em 2019-02-12
Publicado em 2015-09-30

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>