Efeitos da telerreabilitação em paciente com Parkinson: estudo de caso

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34024/rnc.2022.v30.13007

Palavras-chave:

Doença de Parkinson, Telerreabilitação, Exerc´ício

Resumo

Objetivo. Analisar os efeitos físicos e funcionais da telerreabilitação fisioterapêutica em paciente com doença de Parkinson. Método. Foram convidados a participar do estudo 19 indivíduos com doença de Parkinson. Dos pacientes selecionados, apenas um paciente participou de todas as etapas da pesquisa. As avaliações foram: teste de coordenação (COO), teste de força e endurance de membros superiores (RESISFOR), Pegboard and Ring Test (PBRT) e Mini Best Test. As avaliações foram realizadas antes e após a telerreabilitação por meio de chamada de vídeo, sendo realizadas 12 sessões de 50 minutos, três vezes por semana, com exercícios ativos livres e resistidos para membros superiores e inferiores, equilíbrio estático e dinâmico, passo e passada com pista visual. Resultados. Paciente do sexo masculino, 78 anos, casado, com obesidade grau dois, Hoehn & Yahr grau 3. Os exercícios terapêuticos realizados durante a telerreabilitação levaram a efeitos positivos no domínio força, equilíbrio e capacidade funcional de membros superiores. Conclusão. Podemos concluir que atendimentos através da telerreabilitação, proporcionou melhora na força, coordenação, equilíbrio e capacidade funcional, melhorando assim a qualidade de vida do paciente com Parkinson.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Grimes D, Fitzpatrick M, Gordon J, Miyasaki J, Fon EA, Schlossmacher M, et al. Canadian guideline for Parkinson disease. CMAJ 2019;191:989-1004. https://doi.org/10.1503/cmaj.181504

Silva AK, Missias A, Rocha PS, Carmo A, Mendes FA. Efeitos de um programa de telerreabilitação sobre a qualidade de vida de pessoas com Doença de Parkinson, durante o isolamento social na pandemia da COVID-19. Thema 2020;18:156-69.

https://doi.org/10.15536/thema.V18.Especial.2020.156-169.1835

Cabreira V, Massano J. Doença de Parkinson: Revisão Clínica e Atualização. Acta Med Port 2019;32:661-70.

https://doi.org/10.20344/amp.11978

Junior HC. Parkinson's disease and atypical parkinsonism: the importance of magnetic resonance imaging as a potential biomarker. Radiol Bras 2017;50:5-6. https://doi.org/10.1590/0100-3984.2017.50.4e1

Correa TV, Paz TS, Allodi S, Britto VL, Correa CL, Progressive muscle-strength protocol for the functionality of upper limbs and quality of life in individuals with Parkinson’s disease: Pilot study. Complement Ther Med 2020;52:102-432.

https://doi.org/10.1016/j.ctim.2020.102432

Shen X, Wong-Yu IS, Mak MK. Effects of Exercise on Falls, Balance, and Gait Ability in Parkinson's Disease: A Meta-analysis. Neurorehabil Neural Repair 2016;30:512-27.

http://doi.org/10.1177/1545968315613447

Peretti A, Amenta F, Tayebati SK, Nittari G, Mahdi SS. Telerehabilitation: Review of the State-of-the-Art and Areas of Application. JMIR Rehabil Assist Technol 2017;21:4-7. https://doi.org/10.2196/rehab.7511

Brasil. Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional. Resolução Nº516, de 2020.

https://www.coffito.gov.br/nsite/?p=15825

Gandolfi M, Geroin C, Dimitrova E, Boldrini P, Waldner A, Bonadiman S, et al. Virtual Reality Telerehabilitation for Postural Instability in Parkinson's Disease: A Multicenter, Single-Blind, Randomized, Controlled Trial. Biomed Res Int 2017;2017:7962826. https://doi.org/10.1155 / 2017/7962826

Modestino EJ, Reinhofer A, Blum K, Amenechi C, O'Toole P. Hoehn and Yahr staging of Parkinson's disease in relation to neuropsychological measures. Front Biosci 2018;23:1370-9. https://doi.org/10.2741/4649

Jones CJ, Rikli RE, Beam WC. A 30-s chairstand test as a measure of lower body strength in community-residing older adults. Res Q Exerc Sport 1999;70:113-9.

https://doi.org/10.1080/02701367.1999.10608028

Benedetti TR, Mazo GZ, Gonçalves LH. Bateria de testes da AAHPERD: adaptação para idosos institucionalizados. Rev Bras Cineantropometr Desemp Hum 2014;16:1-14. https://doi.org/10.1590/1980-0037.2014v16n1p1

Maia AC, Rodrigues F, Magalhães LC, Teixeira RL. Cross-cultural adaptation and analysis of the psychometric properties of the Balance Evaluation Systems Test and MiniBESTest in the elderly and individuals with Parkinson's disease: application of the Rasch model. Braz J Phys Ther 2013;17:195-217. https://doi.org/10.1590/S1413-35552012005000085

Ramaswamy B, Jones J, Carroll C. Exercício para pessoas com Parkinson: uma abordagem prática. Pract Neurol 2018;18:399-406. http://dx.doi.org/10.1136/practneurol-2018-001930

Ramazzina I, Bernazzoli B, Costantino C. Revisão sistemática sobre o treinamento de força na doença de Parkinson: uma questão sem solução. Clin Interv Aging 2017;12:619-28.

https://doi.org/10.2147/CIA.S131903

Lima KP, Silva CN, Seixas NF, Maneschy MS, Lima BN, Junior GV, et al. Effect of resistance training on balance and postural control in people with Parkinson’s: A systematic review. Rev Cient Soc Esp Enferm Neurol 2021:in press.

https://doi.org/10.1016/j.sedeng.2021.05.002

Yitayeh A, Teshome A. A eficácia do tratamento fisioterapêutico na disfunção do equilíbrio e instabilidade postural em pessoas com doença de Parkinson: uma revisão sistemática e meta-análise. BMC Sports Sci Med Rehabi 2016;8:17. https://doi.org/10.1186/s13102-016-0042-0

Downloads

Publicado

2022-09-20

Como Citar

Rafaela de Novais Poleto, Ânela ., da Silva Oliveira, E. ., Brandão Pacito, M. ., de Souza Fortaleza Marques, A. C. ., & Ferreira, A. D. (2022). Efeitos da telerreabilitação em paciente com Parkinson: estudo de caso. Revista Neurociências, 30, 1–11. https://doi.org/10.34024/rnc.2022.v30.13007

Edição

Seção

Artigos Originais
Recebido: 2021-12-02
Aceito: 2022-08-19
Publicado: 2022-09-20

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)