Os benefícios da gameterapia na reabilitação de idosos com diagnóstico de Acidente Vascular Cerebral

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34024/rnc.2021.v29.12274

Palavras-chave:

Reabilitação, Realidade Virtual, Vídeo Game, Idoso, Acidente Vascular Cerebral

Resumo

Introdução. Uma das abordagens mais recentes para o tratamento do Acidente Vascular Cerebral (AVC) é a Reabilitação Virtual. Objetivo. Analisar a efetividade da utilização de um vídeo game como recurso tecnológico para reabilitação de pacientes com diagnóstico de AVC. Método. Participaram desta pesquisa, cinco pacientes idosos, do Centro de Reabilitação do Município de Santo André-SP. Foi aplicado a Escala de Berg e a Escala de Medida de Independência Funcional (MIF), sendo a primeira avaliação realizada quando iniciado o grupo e reavaliados após 8 meses de tratamento. Resultados. Notou-se uma melhora, na pontuação da Escala de Equilíbrio de BERG (p<0,01) e na Medida de Independência Funcional (p<0,05), ou seja, melhora em transferências, mudança na postura e independência. Conclusão. Os resultados apontados foram positivos, mostrando pelas avaliações de BERG e MIF, que houve diminuição no risco de quedas, melhora na mobilidade, mudanças de postura e maior independência nas atividades de vida diária, melhorando consideravelmente a qualidade de vida dos pacientes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Adams HP, del Zoppo G, Alberts MJ, Bhatt DL, Brass L, Furlan A, et al. Guidelines for the Early Management of Adults With Ischemic Stroke. Circulation 2007;115:e478-534. https://doi.org/10.1161/CIRCULATIONAHA.107.181486

Feigin VL, Krishnamurthi RV, Parmar P, Norrving B, Mensah GA, Bennett DA, et al. Update on the global burden of ischemic and hemorrhagic stroke in 1990-2013: The GBD 2013 study. Neuroepidemiology 2015;45:161-76. https://doi.org/10.1159/000441085

Laver KE, Lange B, George S, Deutsch JE, Saposnik G, Crotty M. Virtual reality for stroke rehabilitation. Cochrane Database Syst Rev 2017;2017:CD008349. https://doi.org/10.1002/14651858.CD008349.pub4

Schmid AA, Van Puymbroeck M, Altenburger PA, Miller KK, Combs SA, Page SJ. Balance is associated with quality of life in chronic stroke. Top Stroke Rehabil 2013;20:340-6. https://doi.org/10.1310/tsr2004-340

Itaquy RB, Favero SR, Ribeiro MC, Barea LM, Almeida ST, Mancopes R. Disfagia e acidente vascular cerebral: relação entre o grau de severidade e o nível de comprometimento neurológico. J Soc Bras Fonoaudiol 2011;23:385-9. https://doi.org/10.1590/S2179-64912011000400016

Santos AMB, Oliveira TP, Piemonte MEP. Elaboração de um manual ilustrado de exercícios domiciliares para pacientes com hemiparesia secundária ao acidente vascular encefálico (AVE). Fisioter Pesqui 2012;19:2-7. https://doi.org/10.1590/S1809-29502012000100002

Braun A, Herber V, Michaelsen SM. Relação entre nível de atividade física, equilíbrio e qualidade de vida em indivíduos com hemiparesia. Rev Bras Med Esp 2012;18:30-4. https://doi.org/10.1590/S1517-86922012000100006

Ovando AC, Michaelsen SM, Dias JA, Herber V. Treinamento de marcha, cardiorrespiratório e muscular após acidente vascular encefálico: estratégias, dosagens e desfechos. Fisioter Mov 2010;23:253-69. https://doi.org/10.1590/S0103-51502010000200009

Saposnik G, Levin M. Virtual reality in stroke rehabilitation: A meta-analysis and implications for clinicians. Stroke 2011;42:1380-6. https://doi.org/10.1161/STROKEAHA.110.605451

Lee MM, Lee KJ, Song CH. Game-based virtual reality canoe paddling training to improve postural balance and upper extremity function: A preliminary randomized controlled study of 30 patients with subacute stroke. Med Sci Monit 2018;24:2590-8. https://doi.org/10.12659/MSM.906451

Liepert J, Miltner WHR, Bauder H, Sommer M, Dettmers C, Taub E, et al. Motor cortex plasticity during constraint,induced movement therapy in stroke patients. Neurosci Lett 1998;250:5-8. https://doi.org/10.1016/s0304-3940(98)00386-3

Kim JH, Jang SH, Kim CS, Jung JH, You JH. Use of virtual reality to enhance balance and ambulation in chronic stroke: A double-blind, randomized controlled study. Am J Phys Med Rehabil 2016;88:693-701. https://doi.org/10.1097/PHM.0b013e3181b33350

You SH, Jang SH, Kim YH, Kwon YH, Barrow I, Hallett M. Cortical reorganization induced by virtual reality therapy in a child with hemiparetic cerebral palsy. Dev Med Child Neurol 2005;47:628-35. https://doi.org/10.1111/j.1469-8749.2005.tb01216.x

Ribeiro RF, Batiston AP, Santos MLM, Medeiros A. Evaluation of dynamic balance in active and sedentary elderly. Fisioter Bras 2013;14:382-7. https://doi.org/10.33233/fb.v14i5.422

Shumway-Cook A, Woollacott MH. Controle motor: Teoria e aplicações práticas. 3a Edição. São Paulo: Editora Manole; 2010.

Aramaki AL, Sampaio RF, Reis ACS, Cavalcanti A, Dutra FCMS. Virtual reality in the rehabilitation of patients with stroke: an integrative review. Arq Neuropsiquiatr 2019;77:268-78. https://doi.org/10.1590/0004-282X20190025

Dos Santos FAM, Arduini L, Botelho A, Da Cruz MB, Santos-Couto-Paz CC, Pompeu SMAA, et al. Pacientes com a Doença de Parkinson são capazes de melhorar seu desempenho em tarefas virtuais do Xbox Kinect®: “Uma série de casos.” Motricidade 2015;11:68-80. https://doi.org/10.6063/motricidade.3805

Pompeu JE, Alonso TH, Masson IB, Pompeu SMAA, Torriani-Pasin C. Os efeitos da realidade virtual na reabilitac¸ão do acidente vascular encefálico: Uma revisão sistemática. Motricidade 2014;10:106-17. http://dx.doi.org/10.6063/motricidade.10

Esposto DS, Verri ED, Fabrin S, Regalo SCH, Fioco EM, Zanella CAB. Benefícios da realidade virtual no processo de reabilitação de indivíduos Pós-AVE : revisão sistemática da literatura. Ling Acadêmica, Batatais 2017;7:41-52 https://www.researchgate.net/publication/330601329

Ho TH, Yang FC, Lin RC, Chien WC, Chung CH, Chiang SL, et al. Impact of virtual reality-based rehabilitation on functional outcomes in patients with acute stroke: a retrospective case-matched study. J Neurol 2019;266:589-97. https://doi.org/10.1007/s00415-018-09171-2

Downloads

Publicado

2021-10-20

Como Citar

Belle, F., Machado, K. M., & Botareli, F. G. (2021). Os benefícios da gameterapia na reabilitação de idosos com diagnóstico de Acidente Vascular Cerebral. Revista Neurociências, 29, 1–15. https://doi.org/10.34024/rnc.2021.v29.12274

Edição

Seção

Artigos Originais
Recebido em 2021-06-08
Aceito em 2021-09-14
Publicado em 2021-10-20