Monitoramento a usuários pós-AVC na Atenção Primária: uma revisão sistemática

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34024/rnc.2021.v29.12022

Palavras-chave:

Acidente Vascular Cerebral, Atenção Primária à Saúde, Infarto Cerebral

Resumo

Introdução. Aproximadamente 60% dos pacientes ficam com sequelas motoras, cognitivas e distúrbios de comunicação. Objetivo. Apresentar evidências científicas com base em revisão sistemática da literatura achados referentes ao monitoramento de usuários pós-AVC na atenção primária. Método. Para a seleção dos estudos foi utilizada a combinação baseada no Medical Subject Heading Terms (MeSH). Foram utilizadas as bases de dados MEDLINE (Pubmed), LILACS, SciELO, SCOPUS, WEB OF SCIENCE e BIREME. Sem restrição de idioma, período e localização. Resultados. Foram identificados 88 artigos inicialmente, dos quais 25 foram para a avaliação de resumos. Desses, 22 foram excluídos por não responderem à pergunta norteadora. Procedeu-se a leitura na íntegra dos 2 artigos e após a aplicação dos critérios de elegibilidade, no qual foram inclusos na pesquisa. Conclusão. Os estudos mostraram uma evolução significativa dos pacientes que realizaram acompanhamento na atenção primária pós-AVC, demonstrando assim a sua importância de continuidade de intervenção após a alta hospitalar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Mello GAM, Bridi BPL, Oliveira DC, Jantsch LB. Prevalência de internações hospitalares por acidente vascular cerebral em crianças e adolescentes. Res Soc Dev 2020;9:e45297440. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i7.4404

Santos LB, Waters C. Perfil epidemiológico dos pacientes acometidos por acidente vascular cerebral: revisão integrativa. Braz J Dev 2020;6:2749-75. https://doi.org/10.34117/bjdv6n1-198

Ribeiro PW. O efeito da reperfusão cerebral na deglutição de indivíduos após Acidente Vascular Cerebral (Tese). Botucatu: Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, 2017, 30p.

Santana NM, Santos Figueiredo FW, Melo Lucena DM, Soares FM, Adami F, Cardoso LD, et al. The burden of stroke in Brazil in 2016: an analysis of the Global Burden of Disease study findings. BMC Res Notes 2018;11:1-5. https://doi.org/10.1186/s13104-018-3842-3

Sarikaya H, Ferro J, Arnold M. Stroke prevention--medical and lifestyle measures. Eur Neurol 2015;73:150-7. https://doi.org/10.1159/000367652

Anderle P, Rockenbach SP, Goulart BNGD. Reabilitação pós-AVC: identificação de sinais e sintomas fonoaudiológicos por enfermeiros e médicos da Atenção Primária à Saúde. CoDAS 2019;31. https://doi.org/10.1590/2317-1782/20182018015

Morais HCC, Gonzaga NC, Aquino PDS, Araujo TLD. Estratégias de autocuidado apoiado para pacientes com acidente vascular cerebral: revisão integrativa. Rev Esc Enferm USP 2015;49:136-43. https://doi.org/10.1590/S0080-623420150000100018

Moher D, Shamseer L, Clarke M. Preferred reporting items for systematic review and meta-analysis protocols (PRISMA-P) 2015 statement. Syst Rev 2015;4:1. https://doi.org/10.1186/2046-4053-4-1

Pithon MM, Santos ALI, Baião FC, Santos RL, Coqueiro RS, Maia LC. Assessment of the effectiveness of mouthwashes in reducing cariogenic biofilm in orthodontic patients: A systematic review. J Dent 2015;43:297-308. https://doi.org/10.1016/j.jdent.2014.12.010

Olaleye OA, Hamzat TK, Owolabi MO. Stroke rehabilitation: should physiotherapy intervention be provided at a primary health care centre or the patients’ place of domicile? Disabil Rehabilit 2014;36:49-54. https://doi.org/10.3109/09638288.2013.777804

Baseman S, Fisher K, Ward L, Bhattacharya A. The relationship of physical function to social integration after stroke. J Neurosci Nurs 2010;42:237-44. https://doi.org/10.1097/JNN.0b013e3181ecafea

Aziz AFA, Nordin NAM, Abd Aziz N, Abdullah S, Sulong S, Aljunid SM. Care for post-stroke patients at Malaysian public health centres: self-reported practices of family medicine specialists. BMC Fam Pract 2014;15:40. https://doi.org/10.1186/1471-2296-15-40

Dworzynski K, Ritchie G, Playford ED. Stroke rehabilitation: long-term rehabilitation after stroke. J Clin Med 2015;15:461. https://doi.org/10.7861/clinmedicine.15-5-461

Downloads

Publicado

2021-09-22

Como Citar

Faustino Gonçalves , L., de Paiva, K. M. ., & Haas, P. . (2021). Monitoramento a usuários pós-AVC na Atenção Primária: uma revisão sistemática: . Revista Neurociências, 29, 1–13. https://doi.org/10.34024/rnc.2021.v29.12022

Edição

Seção

Revisão Sistemática
Recebido em 2021-04-18
Aceito em 2021-08-25
Publicado em 2021-09-22

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)