Mobilização Precoce Pós Acidente Vascular Cerebral: Revisão Integrativa

Palavras-chave: Acidente vascular cerebral, Neurologia, Mobilização precoce, Sequelas, revisão

Resumo

Introdução. Um programa de reabilitação precoce após AVC, onde são utilizadas estratégias e intervenções com a finalidade de favorecer a capacidade de realizar tarefas é de fundamental importância para acelerar a recuperação, além de prevenir complicações secundárias e reduzir os custos da hospitalização.  Objetivo. Revisar as publicações sobre mobilização precoce e seus efeitos quando aplicada em pacientes com diagnóstico de Acidente Vascular Cerebral na fase aguda da doença. Método. Trata-se de uma revisão integrativa da literatura, através das bases de dados eletrônicas Scientific Electronic Library Online (SciELO) e literatura internacional em Ciências da Saúde (MEDLINE). O período de abrangência foi entre janeiro de 2015 a janeiro de 2020. Resultados. Dentre os estudos incluídos nesta revisão, 01 realizou estudo de grupo único, comparando achados antes e após a mobilização precoce, 01 foi uma revisão da literatura, 01 foi uma revisão sistemática da literatura, 01 estudo de coorte com pacientes com diagnóstico de AVC isquêmico submetidos a Trombólise, 07 foram ensaios clínicos. Conclusões. A mobilização precoce pode aperfeiçoar acelerar a recuperação, além de ajudar a prevenir complicações secundárias, reduzir os custos da hospitalização, sendo também segura e eficaz, porém quando comparada aos cuidados usuais, não demonstrou superioridade.

Biografia do Autor

Laíse Costa Oliveira , Hospital Geral Roberto Santos

Discente do programa de residência em fisioterapia em reabilitação neurofuncional

Lilian Rodrigues Ribeiro Lopes, Hospital Geral Roberto Santos

Preceptora do programa de residencia em fisioterapia neutofuncional.

André Rodrigues Durães, Universidade Federal da Bahia, Salvador-BA, Brasil.

Docente do programa de pos graduação strictu-sensu em medicina e saúde da Universidade Federal da Bahia - UFBA.

Referências

Marzolini S, Robertson AD, Oh P, Goodman JM, Corbett D, Du X, et al. Aerobic Training and Mobilization Early Post-stroke: Cautions and Considerations. Front Neurol 2019;10:1187.

https://doi.org/10.3389/fneur.2019.01187

Teixeira AS, Menezes CES, Carvalho JJF, Lima FO. Depressão pós-AVC isquêmico e alterações nas funções executivas. Rev Bras Psicol 2017;3:77-88. https://periodicos.ufba.br/index.php/revbraspsicol/issue/viewIssue/1842/487

Serra ACM. Fisioterapia aplicada à paciente vítima de acidente vascular cerebral isquêmico: estudo de caso. Rev Interdis 2018;11:107-11. https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=7019261

Lacerda ID, Brito JS, Souza DL, Costa-Junior WL, Faria TA. AVE isquêmico em paciente jovem sem fatores de risco: relato de caso. Rev Med 2018;97:361-7. https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v97i3p361-367

Aquim EE, Bernardo WM, Buzzini RF, Azeredo NSG, Cunha LS, Damasceno MCP, et al. Brazilian Guidelines for Early Mobilization in Intensive Care Unit. Diretrizes Brasileiras de Mobilização Precoce em Unidade de Terapia Intensiva. Rev Bras Ter Intensiva 2019;31:434-43. https://doi.org/10.5935/0103-507X.20190084

Mateus AP, Ruivo EAB, Brito WA, Lamari NM, Cavenaghi S. Mobilização precoce intra-hospitalar em pacientes após acidente vascular cerebral: revisão sistemática. Arq Cienc Saúde 2017;24:8-13. https://doi.org/10.17696/2318-3691.24.3.2017.662 7.Souza MT, Silva MD, Carvalho R. Revisão integrativa: o que é e como fazer. Einstein 2010;8:102-6. http://dx.doi.org/10.1590/s1679-45082010rw1134

Alamri MS, Waked IS, Amin FM, Al-Quliti KW, Manzar MD. Effectiveness of an early mobility protocol for stroke patients in Intensive Care Unit. Neurosciences 2019;24:81-8. https://doi.org/10.17712/nsj.2019.2.20180004

Ferreira FS, França NM, Lima RA, Ferreira JR, Sales KNA. Physiotherapy in the acute hospital phase of strokes: A bibliographic review. Rev Hosp Univer Pedro Ernesto (HUPE) 2019;18:47-54. https://pdfs.semanticscholar.org/cc89/3ac414ef6cb780068ffb3faa2b4137820399.pdf

Momosaki R, Yasunaga H, Kakuda W, Matsui H, Fushimi K, Abo M. Very Early versus Delayed Rehabilitation for Acute Ischemic Stroke Patients with Intravenous Recombinant Tissue Plasminogen Activator: A Nationwide Retrospective Cohort Study. Cerebrovasc Dis 2016;42:41-8. https://doi.org/10.1159/000444720

Langhorne P, Wu O, Rodgers H, Ashburn A, Bernhardt J. A Very Early Rehabilitation Trial after stroke (AVERT): a Phase III, multicentre, randomised controlled trial. Health Technol Assess 2017;21:1-120. https://doi.org/10.3310/hta21540

Cumming TB, Bernhardt J, Lowe D, Collier J, Dewey H, Langhorne P, et al. Early Mobilization After Stroke Is Not Associated With Cognitive Outcome. Stroke 2018;49:2147-54.

https://doi.org/10.1161/STROKEAHA.118.022217

Gao L, Sheppard L, Wu O, Churilov L, Mohebbi M, Collier J, et al. Economic evaluation of a phase III international randomised controlled trial of very early mobilisation after stroke (AVERT). BMJ Open 2019;9:e026230. https://doi.org/10.1136/bmjopen-2018-026230

AVERT Trial Collaboration group. Efficacy and safety of very early mobilisation within 24 h of stroke onset (AVERT): a randomised controlled trial [published correction appears in Lancet 2015;386:30] [published correction appears in Lancet 2017;389:1884]. Lancet 2015;386:46-55. https://doi.org/10.1016/S0140-6736(15)60690-0

Tong Y, Cheng Z, Rajah GB, Duan H, Cai L, Zhang N, et al. High Intensity Physical Rehabilitation Later Than 24 h Post Stroke Is Beneficial in Patients: A Pilot Randomized Controlled Trial (RCT) Study in Mild to Moderate Ischemic Stroke. Front Neurol 2019;10:113. https://doi.org/10.3389/fneur.2019.00113

Chippala P, Sharma R. Effect of very early mobilisation on functional status in patients with acute stroke: a single-blind, randomized controlled trail. Clin Rehabil 2016;30:669-75. https://doi.org/10.1177/0269215515596054

Rahayu UB, Wibowo S, Setyopranoto I. The Effectiveness of Early Mobilization Time on Balance and Functional Ability after Ischemic Stroke. Open Access Maced J Med Sci 2019;7:1088-92. https://doi.org/10.3889/oamjms.2019.269

Publicado
2021-03-08
Como Citar
Motta dos Anjos, J. L., Costa Oliveira , L., Rodrigues Ribeiro Lopes, L., & Rodrigues Durães, A. (2021). Mobilização Precoce Pós Acidente Vascular Cerebral: Revisão Integrativa . Revista Neurociências, 29, 1-18. https://doi.org/10.34024/rnc.2021.v29.11225
Seção
Artigos de Revisão