Cérebro: Uma Biografia “Não-autorizada”, Uma Resenha Crítica

  • Carlos Eduardo Batista de Sousa Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)
  • Lília do Espirito Santo Azevedo Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)
  • Fernanda Santos Fernandes Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)
Palavras-chave: Neurociências, Cérebro social, Consciência, Natureza humana, Inteligência artificial

Resumo

Em Cérebro: Uma Biografia, David Eagleman propõe, de forma concisa, respostas a questões existenciais, usando evidências empíricas e experimentos neurocientíficos. Perguntas como “Quem sou eu?”, “O que é a realidade?”, Quem está no controle?”, “Como eu decido?”, “Eu preciso de você?” e “Quem vamos nos tornar?” nomeiam os capítulos e guiam as possíveis respostas. Eagleman explora cirurgias cerebrais, sociabilidade e empatia, genocídio e até a imortalidade, para concluir que o comportamento humano é criado pelo cérebro, cujo desenvolvimento resulta de fatores neurobiológicos alheios à vontade do indivíduo. O livro é informativo, mas tem contradições e corolários desconcertantes. Esta é um revisão crítica da obra.

Métricas

Carregando métricas...

Referências

Eagleman D. Cérebro: Uma Biografia. Ebook Kindle. Rio de Janeiro: Rocco Digital, 2017, 196p.

BBC. The Brain with David Eagleman. https://www.bbc.co.uk/programmes/b06yjrdp

Publicado
2020-10-05
Como Citar
Batista de Sousa, C. E., Azevedo, L. do E. S., & Fernandes, F. S. (2020). Cérebro: Uma Biografia “Não-autorizada”, Uma Resenha Crítica. Revista Neurociências, 28, 1-23. https://doi.org/10.34024/rnc.2020.v28.10909
Seção
Resenha