Avaliação da Interação Multissensorial na “Ilusão da Mão de Borracha”

Autores

  • Morgana Menezes Novaes
  • Gabriela Lopes Gama
  • Jamille Taveira Rocha Vieira de Melo
  • Doralúcia Pedrosa de Araújo
  • Carlúcia Ithamar Fernandes Franco

DOI:

https://doi.org/10.34024/rnc.2011.v19.10373

Palavras-chave:

Conflito, Sensação, Visão, Tato, Nocicepção e Propriocepção

Resumo

O conhecimento do mundo é construído através dos vários estímulos sensoriais, associados ou em situações conflitantes. Objetivo. Avaliar a percepção sensorial produzida diante de informações multisensoriais conflitantes entre propriocepção, visão e estímulos tátil e doloroso, comparando a ilusão após estimulação tátil com a ilusão após estímulo doloroso em ordens diferentes. Método. Estudo experimental com 22 alunos saudáveis, divididos em dois grupos: A – recebeu primeiro estímulo tátil e depois doloroso e B – primeiro estímulo doloroso e depois estímulo tátil. Materiais do experimento: caixa, mão de borracha, pincéis e palitos de madeira. Escalas de ilusão: questionário adaptado de Botivinick e Escala Visual Analógica. Resultados. Através do questionário identificou-se ilusão após estímulo tátil e doloroso. Quando comparada a ilusão após os estímulos, o doloroso apresentou maior ilusão que o tátil, para alguns itens, no grupo A e no grupo A + B. Através da escala
visual analógica, o grupo A mostrou maior ilusão após estímulo doloroso que após estímulo tátil. Conclusão. Houve ilusão quando interagiu visão, propriocepção e tato e na interação entre visão, propriocepção e dor, com o estímulo doloroso proporcionando maior ilusão em alguns itens do questionário e na escala analógica, no grupo A.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

1.Douglas CR. Tratado de fisiologia em Fisioterapia. 2ª. ed. Ribeirão Preto, SP: Tecmedd, 2004, 970p.
2.Coren S. Sensation and Perception. In: Nezu CM, Nezu AM, Geller PA (ed). Handbook of Psychology, Health Psychology. Canada: Copyright,
2003, 668p.
3.Ekman LL. Neurociência. Fundamentos para Reabilitação. 2ª. ed. Rio de Janeiro, RJ: Elsevier, 2004, 477p.
4.Graziano MSA, Botvinick MM. How the brain represents the body: insights from neurophysiology and psychology. In: Prinz W, Hommel B (eds).
Common mechanisms in perception and action, attention and performance, Oxford: Oxford UP 2001;1:136-57.
5.Kandel ER, Schwartz JH, Jessel TM. Princípios da Neurociência. 4ª. ed. São Paulo, SP: Manole, 2002, 1430p.
6.Baldo MVC, Haddad H. Ilusões: o olho mágico da percepção. Rev Bras Psiquiatr, 2003;25:6-11.
7.Botvinick M, Cohen J. Rubber Hands “Feel” Touch That Eyes See. Nature 1998;391:756.
8.Oldfield RC. The assessment and analysis of handedness: the Edinburgh Inventory. Neuropsychologia 1971;9:97-113.
9.Ramachandran VS, Blakeslee S. Phantoms in the brain. New York: Quill, 1998, 328p.
10.Ehrsson HH, Spence C, Passinghan RE. That’s my hand! Activity in premotor córtex reflects feeling of ownership of a limb. Science 2004;305:875-7.
11.Capelari EDP. Avaliação da interação cerebral entre a visão, o tato, a propriocepção e a dor na “ilusão da mão de borracha” (Dissertação). Brasília: UNB, 2005, 42 p.
12.Hills JM, Ernst MO, Banks MS, Landy MS. Combining sensory information: mandatory fusion within, but not between, senses. Science
2002;298:1627-30.
13.Beers RJ, Wolpert DM, Haggard P. When feeling is more important than seeing in sensoriomotor adaptation. Current Biology 2002;12:834-7.
14.Ramachandran VS, Rogers-Ramachandran D. Synaesthesia in phantom Limbs Induced With Mirror. Proc. R. Soc. Lond 1996;263:377-86.

Downloads

Publicado

2011-03-31

Como Citar

Novaes, M. M., Gama, G. L., Melo, J. T. R. V. de, Araújo, D. P. de, & Franco, C. I. F. (2011). Avaliação da Interação Multissensorial na “Ilusão da Mão de Borracha”. Revista Neurociências, 19(1), 26–33. https://doi.org/10.34024/rnc.2011.v19.10373

Edição

Seção

Artigos Originais
##plugins.generic.dates.received## 2020-03-02
##plugins.generic.dates.published## 2011-03-31

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.