Orientalismo e depois: o impacto sobre a teoria feminista na Índia

Conteúdo do artigo principal

Tejaswini Niranjana
Leandra Yunis

Resumo

No presente ensaio a autora aborda a introdução e impacto do pensamento de Edward Said no cenário de emergência dos estudos feministas modernos na Índia. A crítica ao orientalismo aparece como vetor da reorganização dos estudos de gênero e da crítica literária naquele país, os quais até então profundamente influenciados por ideologias colonialistas e agendas nacionalistas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
NIRANJANA, T.; YUNIS, L. Orientalismo e depois: o impacto sobre a teoria feminista na Índia. EXILIUM Revista de Estudos da Contemporaneidade, [S. l.], v. 2, n. 1, p. 149–156, 2021. DOI: 10.34024/exilium.v2i1.12886. Disponível em: https://periodicos.unifesp.br/index.php/exilium/article/view/12886. Acesso em: 25 jan. 2022.
Seção
Oriente e Ocidente
Biografia do Autor

Tejaswini Niranjana, Universidade de Lingnan

Professora de Estudos Culturais e diretora do Inter-Asia Cultural Studies Society da Universidade de Lingnan, Hong Kong, cofundadora do Centre for the Study of Culture and Society de Bangalore e professora visitante na School of Arts and Science da Universidade de Ahmedabad, Índia.

Recebido em 2021-10-26
Publicado em 2021-11-29