A POLÍTICA DE CONTEÚDO LOCAL DOS GOVERNOS PETISTAS (2003-2016): DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO COM GERAÇÃO DE EMPREGO?

ECONOMIC DEVELOPMENT WITH JOB GENERATION?

Autores

  • JULIA GOMES E SOUZA Horizonte Formação e Pesquisa (HFP)

Resumo

Resumo: O presente artigo apresenta os resultados de pesquisa exploratória sobre a Política de Conteúdo Local, política que prioriza a aquisição, por parte do Governo Federal e pelas empresas e autarquias federais, de produtos e serviços produzidos por empresas instaladas no país. O objetivo geral da pesquisa é contribuir para a análise de políticas públicas voltadas para o desenvolvimento econômico e para geração de empregos. O objetivo específico é levantar dados que permitam avaliar o impacto de uma política específica na ativação de setores econômicos e na ampliação no número de trabalhadores empregados. A escolha do período que abrange os governos petistas deve-se ao fato de que nesses governos houve o aprofundamento dessa política, impactando especialmente os setores vinculados ao fornecimento de máquinas, equipamentos e serviços para a exploração de petróleo. Os dados levantados indicam que a implementação da política de Conteúdo Local foi resultado de reivindicações de setores do empresariado brasileiro, visando garantir espaço no mercado nacional,  e trouxe efeitos positivos na geração de empregos e na ativação de setores econômicos. 

Palavras-chave: Conteúdo Local; Políticas Públicas; Neodesenvolvimentismo

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-12-31

Como Citar

GOMES E SOUZA, . J. . (2020). A POLÍTICA DE CONTEÚDO LOCAL DOS GOVERNOS PETISTAS (2003-2016): DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO COM GERAÇÃO DE EMPREGO? ECONOMIC DEVELOPMENT WITH JOB GENERATION?. Revista Internacional De Debates Da Administração &Amp; Públicas - RIDAP, 5(1), 256–277. Recuperado de https://periodicos.unifesp.br/index.php/RIDAP/article/view/12175