ABORDAGEM COMPARATIVA SOBRE ÓBITOS DA COVID-19 NO BRASIL E NA ITÁLIA E PLANEJAMENTO DE AÇÕES NA GESTÃO PÚBLICA

Autores

  • Dra. Heloisa Candia Hollnagel Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP https://orcid.org/0000-0002-5360-6271
  • Msc. Alexandre Augusto Vitorino Universidade Federal de São Paulo

Resumo

O presente artigo trata de uma análise crítica dos resultados sobre o efeito da Covid-19 provocada pelo vírus Sar-CoV-2 considerando as estratégias de enfrentamento na Alemanha e Itália na tentativa de dar apoio para reduzir a mortalidade no Brasil. Utilizando a comparação entre as mortes por estados e por idade com dados obtidos junto ao IBGE e no site Transparência Registro Civil foram comparando os anos de 2019 e 2020 pretende-se avaliar o impacto da doença em relação ao número de mortes por localidades e faixas etárias aos moldes das mensurações realizadas pelo Istituto Nazionale di Statistica (ISTAT). Os resultados poderão   contribuir para decisões sobre redução do isolamento social levando-se em conta o comportamento dos grupos de risco e demais discussões de Políticas Públicas que sejam efetivas em uma abordagem epidemiológica e atuarial para nortear as ações governamentais baseado em fatos e experiências da Alemanha e Itália.

Palavras-chave: COVI-19; Políticas Públicas; Estratégias de Enfrentamento de Pandemias; Mortalidade e faixa etária; Gestão Pública e Saúde

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-12-31

Como Citar

Candia Hollnagel, H., & Vitorino, A. A. (2020). ABORDAGEM COMPARATIVA SOBRE ÓBITOS DA COVID-19 NO BRASIL E NA ITÁLIA E PLANEJAMENTO DE AÇÕES NA GESTÃO PÚBLICA. Revista Internacional De Debates Da Administração &Amp; Públicas - RIDAP, 5(1), 1–18. Recuperado de https://periodicos.unifesp.br/index.php/RIDAP/article/view/10561