Design Centrado no Usuário: Análise de Sistemas de Apoio para Comunicação Alternativa

Autores

  • Eleida Pereira de Camargo FMU

DOI:

https://doi.org/10.34024/rnc.2019.v27.10174

Palavras-chave:

comunicação, comunicação alternativa ampliada, tecnologia assistiva

Resumo

Introdução. A comunicação é uma das bases das relações interpessoais e é fundamental para o desenvolvimento e expressão humana. Porém, existem hoje no Brasil, cerca de 9,7 milhões de deficientes que apresentam limitações em sua comunicação, oral ou escrita. “Comunicação Alternativa Ampliada” (CAA) é o termo empregado para designar tecnologias assistivas e procedimentos, que visam auxiliar indivíduos que apresentam distúrbios de comunicação. Objetivo. O objetivo deste artigo é fazer um levantamento bibliográfico dos principais sistemas utilizados na CAA, tendo como especial foco de análise de sua programação visual e os métodos aplicados ao seu desenvolvimento. Método. Para tanto realizamos levantamentos em artigos científicos que trazem experiências recentes e os resultados destas práticas junto ao público ao qual se destinam. Resultados. Podemos analisar os três sistemas de CAA: Blissymbolics (Bliss), Pictogram Ideogram Communication (PIC) e a Picture Communication Symbols (PCS), quanto à cromática e abstração das imagens desenvolvidas (icônicas e simbólicas) além de buscar subsídios para o desenvolvimento de similares.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

1.Bersch R. Introdução à tecnologia assistiva. Porto Alegre: CDI, 2013.
2.Garbin TR, Dainese CA. AmCARA – Ambiente e Comunicação Alternativo com Realidade Aumentada: O acesso do deficiente motor severo a softwares e web. In: Anais do Simpósio Brasileiro de Informática na Educação. Florianópolis, 2009.
3.Secretaria Especial de Educação. Portal de ajudas técnicas para educação: equipamento e material pedagógico para educação, capacitação e recreação da pessoa com deficiência física: recursos para comunicação alternativa. 2004.
4.Tetzchner SV, Jesen MH. Augmentative and alternative communication: European perspectives. Londres: Whurr Plublishers, 1997.
5.Deliberato D, Manzini EJ. Comunicação alternativa e aumentativa: delineamento inicial para implementação do Picture Communication System (PCS). Boletim do Coe 1997;2:29-30.
6.Brasil. Decreto No 6.949, de 25 de agosto de 2009.
7.Brasil. Resolução no 4, de 2 de outubro de 2009. Institui Diretrizes Operacionais para o Atendimento Educacional Especializado na Educação Básica, modalidade Educação Especial. Diário Oficial da União, 5 de outubro de 2009, Seção 1.
8.Galvão Filho T, Damasceo LL. Tecnologia Assistiva nas escolas: recursos básicos de acessibilidade sócio-digital para pessoas com deficiência. Instituto de Tecnologia Social (ITS Brasil)- Microsoft| Educação, 2008.
9.Brasil. Lei da Inclusão. LEI No 13.146, de 6 de julho de 2015. Dispõe sobre a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência.
10.Cook AM, Polgar JM. Assistive Technologies-E-Book: Principles and Practice. Elsevier Health Sciences. 2014.
11.Anais do VII Congresso Brasileiro de Comunicação Alternativa ISAAC - Brasil. Anais de Congresso. Marília: ABPEE, 2017, 294p.
12.Chun RYS. Comunicação suplementar e/ou alternativa: abrangência e peculiaridades dos termos e conceitos em uso no Brasil. Pró-Fono Rev Atualiz Cien 2009;21:69-74.
13.Golinkoff RM. The transition from prelinguistic to linguistic communication. Psychology Press, 2013.
14.Limongi SCO, Limongi SCO. A construção da linguagem na criança paralítica cerebral. Paralisia cerebral 2000;119-42.
15.Luria AR. The making of mind: A personal account of Soviet psychology. 1979.
16.Darley FL, Aronson AE, Brown JR. Alteraciones motrices del habla. Editorial Médica Panamericana. 1978.
17.Tetzchner SV, Martinsen H. Augmentative and Alternative Communication. IN.: Sign teaching & the use of communication aids. Londres: Whurr Publishers, 1992.
18.Bliss CK. Semantography (blissymbolics): a simple system of 100 logical pictorial symbols, which can be operated and read like 1+2. Semantography (Blissymbolics) Publications.1965.
19.Maharaj SC. Pictogram ideogram communication. George Reed Foundation for the Handicapped, 1980.
20.Johnson RM, Watt SM. The picture communication symbols. California: Mayer Johnson Company, 1981.
21.Deliberato D, Manzini EJ. Análise de processos comunicativos utilizados por uma criança com paralisia cerebral espástica. In: Manzini EJ. Educação Especial: temas atuais. Marília: Unesp, 2000, p.35-45.
22.Deliberato D, Manzini EJ, Sameshima FS. Avaliação do vocabulário funcional de dois alunos deficientes mentais para a implementação de recursos alternativos e suplementares de comunicação. In: Marquezine MC, Almeida MA, Tanaka EDO. Avaliação. Londrina: Editora da Universidade Estadual da Londrina, 2003, p.129-40.
23.Tomasello M. Constructing a language: A usage-based theory of language acquisition. Harvard University Press, 2009.
24.Banajee M, Dicarlo C, Stricklin S. Core Vocabulary Determination for Toddlers. Augment Altern Comm 2003;19:67–73.
25.Robillard M, Mayer-Crittenden C, Minor-Corriveau M, Bélanger R. Monolingual and bilingual children with and without primary language impairment: core vocabulary comparison. Augmen Altern Comm 2014;30:267–78.
26.Mendes A. A efetividade e aceitabilidade da comunicação alternativa e/ou aumetantiva em crianças com neuropatia crônica não progressiva – Rumo à inclusão. In: IV Seminário Internacional Sociedade Inclusiva. Belo Horizonte: PUC Minas Gerais, 2006.
27.Deliberato D. Seleção, adequação e implementação de recursos alternativos e/ou suplementares de comunicação. Núcleo de ensino 1, 2005, p.505-19.

Downloads

Publicado

2019-12-27

Como Citar

Camargo, E. P. de. (2019). Design Centrado no Usuário: Análise de Sistemas de Apoio para Comunicação Alternativa. Revista Neurociências, 27, 1–17. https://doi.org/10.34024/rnc.2019.v27.10174

Edição

Seção

Artigos de Revisão

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)